RSS

Arquivo da Categoria: Restaurantes

Verona: onde comer

Durante nossa passagem por Verona aproveitamos para curtir alguns restaurantes italianos. Não tínhamos nenhuma indicação específica, portanto acabamos escolhendo alguns pelo cardápio e aparência do ambiente e pratos. Deixo aqui portanto algumas indicações que aprovamos para quem for passear pela cidade.

Pizzeria&Risotteria Da Mario (Via Santa Maria in Chiavica, 5)


Verona_Ristorante_Da_Mario

Esse restaurante foi sem dúvida o melhor custo-benefício da viagem. Tem uma localização privilegiada, pois fica vizinho à Piazza dei Signori e próxima de todas das principais atrações turísticas, portanto ótimo para quem está passeando e deseja um local para descansar e comer bem sem ter que andar muito. É uma típica cantina italiana comandada por uma família, onde pai, mãe e filhas trabalham servindo e gerenciando tudo. Apesar do clima caseiro, a comida é excelente e o preço um dos mais baratos que pagamos na Itália, o que é surpreendente devido a sua localização central. Tanto o gnocchi ao pesto quanto o tagliolini ao ragú estavam excelentes e a massa bem encorpada. Como a comida era muito boa, resolvemos experimentar também um tiramisú de sobremesa e não nos arrependemos, pois também estava fantástico e dava até para dividir, pois era bem grande. Saímos de lá extremamente satisfeitos e com a certeza de ter encontrado um ótimo e barato restaurante em meio a uma das regiões mais turísticas da cidade, o que nem sempre é fácil.

Verona_Ristorante_Da_Mario

Verona_Ristorante_Da_Mario

Verona_Ristorante_Da_Mario

Restaurante Scaligero (Via Guglielmo Marconi, 7)

Esse restaurante também era barato, mas a comida era bem mais simples e menos gostosa do que o primeiro. Valeu mais por ser próximo do nosso apartamento e o preço ser bom, portanto ideal para quem não deseja gastar muito. Além das massas, pedimos também uma vitela a milanesa para meu filho, que é uma excelente opção para variar das massas. Uma vantagem é que ele fica localizado em uma rua com vários restaurantes, portanto se você não gostar da cara pode experimentar outras opções na vizinhança.

Verona Restaurante Scaligero

Verona Restaurante Scaligero

Verona Restaurante Scaligero

Recomendo dar uma olhada também na vizinha Pizzeria Bella Napoli, que estava sempre cheia e parecia também uma ótima opção, apesar de um pouco mais cara. Infelizmente não tivemos tempo para experimentá-la.

Para quem aluga apartamento, como nós fizemos, nessa rua também tem o ótimo Supermercado Eurospar com várias opções para comprar e fazer em casa, o que é excelente para economizar um dinheirinho nessa época de euro caro. O supermercado tem 2 andares e tudo o que você precisa para qualquer refeição, portanto também muito bom para economizar no café da manhã.



Acompanhe e curta também o Wazari no Facebook

Leia também:

Verona: a cidade de Romeu e Julieta
Veneza: como é se hospedar em Mestre
Veneza: uma volta pela cidade
Todos os posts da Itália

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em Outubro 23, 2015 em Itália, Restaurantes, Verona

 

Etiquetas: , ,

Sevilha: onde comer

Como ficamos hospedados em um apartamento durante nossa passada por Sevilha, acabamos aproveitando para comer alguns dias em casa e economizar um pouco, mas nem por isso deixamos de aproveitar a parte gastronômica da cidade. Seguem 2 indicações que adoramos e recomendamos para quem passar pela cidade.

Maccheroni @ Co – (Calle García de Vinuesa, 26)

Sevilha Restaurante Maccheroni

Esse restaurante italiano foi sem dúvida a nossa melhor experiência em toda a viagem. Gostamos tanto que voltamos outra vez para comprovar que ele realmente é muito bom e não foi apenas sorte. É um italiano gourmet, mas com um preço bem em conta e dentro dos padrões do país, portanto você come muito bem e paga a mesma quantia que pagaria em qualquer outro restaurante do centro da cidade. O ambiente também é requintado, o que melhora a experiência.

Sevilha Restaurante Maccheroni

Na primeira vez fomos na hora do jantar, mas o melhor foi quando voltamos na hora do almoço, pois é mais barato e você ainda tem a opção de escolher o menu executivo com entrada, prato principal e sobremesa, que não é oferecido a noite. Um prato de massa custava em janeiro de 2015 entre 10 a 13 euros e o menu executivo em torno de 15 euros. No jantar fomos de massa e uma pizza para as crianças.

Sevilha Restaurante Maccheroni

Sevilha Restaurante Maccheroni

Sevilha Restaurante Maccheroni

Sevilha Restaurante Maccheroni

Sevilha Restaurante Maccheroni

No segundo dia no almoço fomos de menu executivo, com uma excelente entrada de bruschettas, massas deliciosas e sobremesas fantásticas. Sensacional!

Sevilha Restaurante Maccheroni

Sevilha Restaurante Maccheroni

Sevilha Restaurante Maccheroni

Sevilha Restaurante Maccheroni

La Azotea – (Calle Mateos Gago, 8)

Restaurante La Azotea

Restaurante La Azotea

Como estávamos na Espanha, obviamente não poderíamos deixar de experimentar um restaurante de tapas. Pegamos a indicação do La Azotea no Tripadvisor e por coincidência ele também nos foi indicado pela dona do nosso apartamento quando chegamos, portanto tínhamos que experimentar. Fomos à filial do agradável bairro de Santa Cruz, mas existem outras 3 filiais espalhadas pela cidade. Não nos arrependemos, pois todas as porções eram muito gostosas e requintadas. O restaurante é bem pequeno e não é muito barato, mas valeu muito a pena, pois a comida é de excelente qualidade.

Restaurante La Azotea

Restaurante La Azotea

Restaurante La Azotea

Restaurante La Azotea

Restaurante La Azotea

Esse foi o último post sobre a cidade de Sevilha, que foi aprovada com louvor por toda a família. Na sequência vou contar sobre os outros destinos que visitamos nessa nossa passagem pela Andaluzia. Aguardem!

Acompanhe e curta também o Wazari no Facebook

Leia também:

Sevilha: onde ficar e como se deslocar
Sevilha: um passeio pela cidade – parte 1
Sevilha: um passeio pela cidade – parte 2

 
5 Comentários

Publicado por em Março 24, 2015 em Espanha, Restaurantes, Sevilha

 

Etiquetas: , ,

Bariloche: onde comer

Finalmente chegamos ao último post dessa série sobre Bariloche e como sempre vamos falar sobre as opções gastronômicas na cidade. Existem vários restaurantes interessantes e os preços não são caros para os brasileiros, portanto o ideal é aproveitar os dias de passeio pela cidade para comer bem e curtir as melhores carnes argentinas.

El Bolice de Alberto – Parrilla

Bariloche_Boliche_de_Alberto

Esse é um dos restaurantes mais famosos e tradicionais de Bariloche quando o assunto é carne argentina, ou seja, figura certa em qualquer guia ou reportagem sobre a cidade. Justamente por ser tão famoso, tínhamos receio de ser muito turístico e não tão bom quantos outros restaurantes de carne. Sim, ele é turístico e vive lotado, tanto que 10 minutos depois de abrir já não tinha mais mesa, mas posso afirmar que foi sem dúvida foi a melhor carne que comemos em toda a viagem. Você escolhe os cortes desejados e eles vêm todos quentinhos em uma tábua de madeira para a mesa. Além de ser muito macia, a carne vem com um gostinho de churrasco característico. Uma delícia!

Bariloche_Boliche_de_Alberto_2

Bariloche_Boliche_de_Alberto_3

Bariloche_Boliche_de_Alberto_4

El Bolice de Alberto – Massas

Bariloche_Boliche_de_Alberto_massas_1

Além de sua parrilla famosa, o El Boliche de Alberto conta também com uma filial só de massas e que fica bem ao lado das outras filiais. Além de ser uma ótima alternativa para variar um pouco a alimentação, esse restaurante é bem mais barato e um dos melhores custo-benefício que encontramos. Os pratos de massa são bem fartos e baratos, além de bastante saborosos. Outra vantagem é que fica bem mais vazia do que as outras filiais. Gostamos bastante também!

Bariloche_Boliche_de_Alberto_massas_2

Bariloche_Boliche_de_Alberto_massas_3

Bariloche_Boliche_de_Alberto_massas_4

Bariloche_Boliche_de_Alberto_massas_6

Don Molina (Av. San Martín, 605 – Centro)

Bariloche_Don_Molina_1

Bariloche_Don_Molina_2

Esse foi outro excelente restaurante de carne que experimentamos e muito recomendado. Não decepcionou! Seu ambiente é mais requintado e muito agradável. Não sei se foi pela sua localização ser um pouco mais afastada da Mitre, e portanto do centrão mais turístico, mas ele estava bem mais vazio e tranquilo que os outros restaurantes que frequentamos, o que pode ser uma grande vantagem para quem viaja na alta temporada. Apesar do ambiente tranquilo, a comida estava excelente. Eu resolvi experimentar o cordeiro patagônico, que é típico da região, e estava bem saboroso e diferente. O couvert de entrada também estava bem gostoso e as papas a la provenzal foram as melhores que experimentamos! Destaque também para o excelente atendimento!

Bariloche_Don_Molina_3

Bariloche_Don_Molina_4

Bariloche_Don_Molina_5

Bariloche_Don_Molina_6

Bariloche_Don_Molina_7

La Marmite (Mitre 329)

Bariloche_La_Marmite_1

Esse restaurante tem uma excelente localização na Mitre e ficava bem ao lado do nosso hotel, portanto foi nossa opção para a primeira noite, já que estávamos cansados da viagem. Ele é famoso por seus fondues, mas também conta com outros pratos, inclusive carne. Nós optamos pela especialidade da casa mesmo. O fondue estava gostoso, mas nada de excepcional, portanto não vá com grandes expectativas. Já comemos fondues bem melhores, mas foi uma boa opção para variar o cardápio.

Bariloche_La_Marmite_2

Bariloche_La_Marmite_4

Bariloche_La_Marmite_3

Familia Weiss

Bariloche_Familia_Weiss_1

Esse é mais um daqueles restaurantes tradicionais indicados em praticamente todos os guias sobre a cidade. Ele fica junto ao lago e aproveitamos para jantar lá em um dia de jogo da Argentina, já que o restaurante tinha uma televisão grande e várias famílias argentinas estavam torcendo pela sua seleção na Copa. Como nós também não queríamos perder o jogo, foi uma excelente opção para ver o jogo e ainda vivenciar um pouco como os argentinos torcem. Eles são bem parecidos com a gente e ao final do jogo ainda rolou uma carreata de comemoração pela cidade, apesar de ter sido só o primeiro jogo e a vitória ainda por cima não foi muito convincente, o que demonstra como eles são apaixonados por futebol.

Voltando ao restaurante em si, a comida estava boa, mas nada de excepcional também. O chorizo estava muito bom, mas o cordeiro deixou muito a desejar e estava um pouco borrachudo, portanto se você quer experimentar um, sugiro o Don Molina que citei mais acima. A entrada estava excelente, com uns pães bem macios e gostosos e uma pastinha de salmão muito boa!

Bariloche_Familia_Weiss_2

Bariloche_Familia_Weiss_3

Bariloche_Familia_Weiss_4

Bariloche_Familia_Weiss_5

Bariloche_Familia_Weiss_6

Cerveceria Bachmann (V.A.O Connor 1348)

Bariloche_Cerveceria_Bachmann_1

Descobrimos essa cervejaria por acaso, já que voltamos tarde de um passeio e queríamos algum local aberto para almoçar e ver o jogo da Copa. Entramos sem muita pretensão e com o único objetivo de matar a fome, mas saímos bem satisfeitos. As empanadas de entrada eram bem gostosas e a carne estava bem preparada e saborosa, assim como o salmão. A cerveja também era boa, como não poderia deixar de ser em uma cervejaria. Não é uma opção gourmet, mas atendeu bem as nossas necessidades.

Bariloche_Cerveceria_Bachmann_2

Bariloche_Cerveceria_Bachmann_3

Bariloche_Cerveceria_Bachmann_4

Bariloche_Cerveceria_Bachmann_5

Cerveceria Antares (Elflein 47)

Bariloche_Cerceceria_Antares_1

Bariloche_Cerceceria_Antares_2

Resolvemos experimentar essa cervejaria em uma das noites na cidade. O ambiente é descontraído e lembra os pubs espalhados mundo afora, com uma trilha sonora rock-pop tocando ao fundo. A comida estava fraca e serviu mesmo só para matar a fome. O destaque ficou por conta somente das cervejas, já que eles oferecem vários tipos e você ainda pode escolher 4 para experimentar em doses menores. Só recomendo essa cervejaria se você quiser realmente curtir uma boa cerveja e o clima de pub, já que para jantar existem melhores opções espalhadas pela cidade.

Bariloche_Cerceceria_Antares_3

Bariloche_Cerceceria_Antares_4

Bariloche_Cerceceria_Antares_6

Acompanhe e curta também o Wazari no Facebook

Leia também:

Bariloche: onde se hospedar
Bariloche: um passeio pelo Centro
Bariloche: Cerro Otto
Bariloche: Circuito Chico e Cerro Campanário
Bariloche: Cerro Catedral
Bariloche: Piedras Blancas
Villa La Angostura e Cerro Bayo
O que fazer em Buenos Aires – Centro
O que fazer em Buenos Aires – Outras regiões
Buenos Aires: Um show de tango
Buenos Aires: Onde comer
Buenos Aires com crianças

 
2 Comentários

Publicado por em Outubro 1, 2014 em Argentina, Bariloche, Restaurantes

 

Etiquetas: , ,