RSS

Arquivo da Categoria: Grécia

Grécia: Índice

IMG_3440IMG_3722IMG_3825

Depois de 2 meses de narrativa, finalmente cheguei ao fim da série da Grécia. Foi muito bom escrever sobre esse país que nos encantou tanto e com certeza merece a visita de todos. O objetivo desse post é resumir minhas impressões e reunir em um local só um índice com os posts da viagem e alguns links de sites ou blogs indicados, facilitando assim a consulta para aqueles que desejam viajar para a Grécia.

Um dos pontos mais interessantes do país é a sua diversidade, o que acabou nos proporcionando 3 viagens totalmente diferentes em uma só:

Atenas é uma metrópole com ar de cidade pequena, onde você caminha por ruas estreitas e gostosas do bairro de Plaka e vivencia de perto toda a história da humanidade através de suas ruínas e museus. Lembra muito Roma, com um povo alegre e que adora comer bem, e onde você esbarra o tempo todo com a história. Aqui você anda muito, fica cansado, e o principal objetivo absorver toda a cultura e beleza da cidade.

Mykonos já lembra muito as cidades litorâneas mais badaladas do Brasil, com muita praia bonita e uma vila cheia de lojas e restaurantes transados. Ao contrário de Atenas, aqui o contato é maior com a natureza e suas belezas naturais. Um dos principais objetivos é ficar descansando no clima gostoso de suas praias e por isso o passeio é bem menos cansativo. Ideal para relaxar depois da correria de Atenas!

Santorini é única e totalmente diferente de Atenas e Mykonos. Aqui você não curte praia ou ruínas históricas (com exceção de Akrotiri, que ainda está fechado). O grande barato é a beleza e charme de suas vilas debruçadas nas encostas e o visual deslumbrante da conjunção dessas com o mar, montanhas e a caldeira vulcânica que deu origem à ilha. Você anda bastante pela ilha, mas também descansa um bocado na piscina do hotel, sendo a escolha desse último de extrema importância para um melhor aproveitamento do que Santorini tem a oferecer. A dica aqui é não economizar no hotel, pois ele é uma atração por si só.

Se você gostou, veja abaixo o índice dos posts da viagem e links relacionados.

Planejamento da Viagem

Grécia: Agências de Viagem
Grécia: Como chegar nas ilhas

Atenas

Chegando a Atenas
Atenas – Passeando pela história
Atenas – Museu da Acrópole
Atenas – Estádio Olímpico
Atenas – Outros passeios
Restaurantes em Atenas

Mykonos

Chegando a Mykonos
Mykonos – As praias do sudoeste
Mykonos – As praias do norte
Mykonos – Chora

Santorini

Chegando a Santorini
Santorini – Oia
Santorini – Fira e outros passeios
Restaurantes em Santorini

Guias indicados

Guia da Grécia
Frommer´s
Condé Nast
Lonely Planet

Blogs indicados sobre a Grécia

Viaje na Viagem (Ricardo Freire)
A Turista Acidental (Emília)
Turomaquia (Patrícia)
Arquivo de Viagens (Luísa)

Anúncios
 
34 Comentários

Publicado por em Agosto 27, 2009 em Atenas, Grécia, Mykonos, Santorini

 

Etiquetas:

Restaurantes em Santorini

Para encerrar essa série da Grécia, vou comentar um pouco sobre os restaurantes em Santorini, que além da comida, normalmente oferecem um vista espetacular incluída no preço. Isso realmente é um diferencial em Santorini, pois existem os restaurantes “com vista” e os “sem vista” e a escolha é complicada. Muitos dos restaurantes com melhor comida não possuem vista e outros se baseiam no visual para cobrar caro por uma comida apenas razoável, assim como acontece nos locais mais turísticos do planeta. Bem, o melhor é procurar balancear os dois quesitos.

Como o nosso hotel já tinha uma vista espetacular, nós procuramos focar na qualidade da comida. Caso o restaurante também tivesse uma vista, vinha de brinde! 🙂

Os restaurantes em Santorini são um pouco mais caros que os de Atenas ou Mykonos, mas ainda sim mais baratos que o restante da Europa. A comida é semelhante ao restante da Grécia, muito baseada nas carnes de porco e cordeiro. No entanto, tive dificuldades em achar um local que vendesse o famoso Gyros (churrasquinho grego) sem ser em um restaurante, dificultando aquele lanchinho da tarde.

A minha lista de restaurantes indicados incluía alguns de renome, como 1800 e o Ambrosia-Nectar, mas infelizmente os achei muito caros para o meu orçamento. De qualquer forma eles são bem elogiados e indicados e fica aí a dica para quem estiver disposto a pagar um pouco mais. É importante lembrar de fazer reserva para garantir o seu lugar.

Em Oia fomos a 3 restaurantes. O que gostamos mais foi o Restaurante Papagalos, bem próximo ao extremo oeste da vila e de onde se observa o pôr-do-sol. Eu o recomendo para o jantar logo após o pôr-do-sol, pois a multidão ainda não lotou os restaurantes mais próximos e você ainda consegue um lugar na varanda. O tempero da comida é bastante requintado e ainda fomos atendidos por um garçom brasileiro (um paulista que foi passar férias em Santorini e acabou ficando de vez). Comemos costeletas de porco acompanhadas de batata e um gyros de porco no prato, ambos deliciosos, mas infelizmente não tenho as fotos dos pratos, pois acabou a bateria da minha máquina. 😡 Pagamos €42 (com gorjeta inclusa) e saímos bem satisfeitos.

Restaurante Papagalos

Restaurante Papagalos


No primeiro dia almoçamos no Restaurante Skala, próximo ao nosso hotel na rua Odos Nikolaos Nomikos. Esse restaurante é mais simples e sua comida é típica das tavernas gregas, mas tem um visual maravilhoso. Apesar de simples, sua comida é gostosa e bem barata para os padrões de Oia.

Entrada do Restaurante Skala

Entrada do Restaurante Skala

Restaurante Skala

Restaurante Skala


Iniciamos os trabalhos com o famoso queijo feta assado, que vem todo derretido e é ótimo para se comer com o pão.

Queijo feta assado

Queijo feta assado


Para os pratos principais pedimos novamente uma costeleta de porco com batata frita e um cordeiro ao molho de vinho tinto com arroz.

Costeleta de porco

Costeleta de porco

Cordeiro ao molho de vinho

Cordeiro ao molho de vinho


Tudo simples, mas gostoso. No final pagamos €41 (com gorjeta inclusa).

Também jantamos em um restaurante chamado Lotsa, mas não gostamos da comida e principalmente do atendimento. A localização é ótima e possui também um belo visual, mas os garçons e o dono são grossos e a comida não tem sabor nenhum. Pareceu ser um daqueles locais “pega-turista” e definitivamente não o recomendo.

No nosso passeio por Fira, almoçamos na Taverna Nikolas na rua Erythrou Stavrou, que é um pouco mais interna. Essa é uma típica taverna grega familiar, com um ambiente simples e sem visual. O Sr. Nikolas, dono da taverna, atende algumas mesas pessoalmente e é bem simpático e objetivo. A comida é simples e barata.

Entrada da Taverna Nikolas

Entrada da Taverna Nikolas

Taverna Nikolas

Taverna Nikolas


Pedimos novamente um queijo feta de entrada, só que dessa vez grelhado e com limão. Em seguida minha esposa pediu umas almôndegas ao molho de tomate e eu pedi um squirl ao molho de vinho tinto.

Queijo feta grelhado

Queijo feta grelhado

Almôndegas ao molho de tomate

Almôndegas ao molho de tomate

Squirl ao molho de vinho tinto

Squirl ao molho de vinho tinto


Eu particularmente não gostei muito do meu prato, mas o queijo feta e as almôndegas estavam bons. Pagamos €30, que é bem barato.

Para terminar, se você gosta de doce não deixe de passar na doceria Melévio em Oia ou uma doceria da rua principal de Fira, mas que infelizmente não me lembro o nome. Os doces são molhados e maravilhosos e são de deixar água na boca. Além dos doces tradicionais, procure experimentar os doces gregos, principalmente a Baklava e Kataifi. São a base de amêndoas e mel e uma delícia!!!

Doceria em Fira

Doceria em Fira

Doces gregos

Doces gregos


Outros posts da viagem a Grécia:
Grécia: Agências de Viagem
Grécia: Como chegar nas ilhas
Chegando a Atenas
Atenas – Passeando pela história
Atenas – Museu da Acrópole
Atenas – Estádio Olímpico
Atenas – Outros passeios
Restaurantes em Atenas
Chegando a Mykonos
Mykonos – As praias do sudoeste
Mykonos – As praias do norte
Mykonos – Chora
Chegando a Santorini
Santorini – Oia
Santorini – Fira e outros passeios

 
15 Comentários

Publicado por em Agosto 27, 2009 em Grécia, Restaurantes, Santorini

 

Etiquetas: , ,

Santorini – Fira e outros passeios

No segundo dia de viagem em Santorini partimos para conhecer o restante da ilha. Queríamos conhecer as principais atrações, mas tínhamos que primeiramente definir o melhor meio de transporte. Ao contrário de Mykonos, as distâncias em Santorini são bem maiores e já tínhamos percebido que provavelmente a moto não seria uma boa opção. Resolvemos alugar um carro econômico por €25 a diária + €10 de seguro na Drossos, que é uma das grandes companhias da ilha. O carro estava bem usado, mas como era por 1 dia só não foi um problema. Gastamos mais €10 com gasolina, que foi suficiente para rodar a ilha toda.

Carro alugado

Carro alugado


Acabou que o carro se provou a melhor opção, pois ir de Oia até o extremo sul da ilha são 16 km e seria bem puxado ir de moto ou quadricículo. O nosso primeiro destino foi a Red Beach, que como o próprio nome já indica, é toda vermelha e rodeada por uma linda falésia. É uma praia de pedras pouca propícia para o banho, mas linda para se observar. Você pega uma pequena trilha para chegar até a praia, que rendem bonitas fotos. Sua cor se deve ao fato de Santorini ser uma ilha de origem vulcânica, que faz com que todas as praias sejam formadas por pedras vermelhas ou pretas.

Red Beach

Red Beach

Red Beach

Red Beach


No sul da ilha fica também o sítio arqueológico de Akrotiri, que é um dos mais importantes da Grécia, mas que infelizmente está fechado para reformas desde 2005 devido a um acidente fatal com um turista e não existe previsão de reabertura.

Em seguida partimos para visitar a Praia de Kamari, que fica do lado oeste da ilha. De novo a distância é razoável e agradacemos novamente por estar de carro. A praia é toda preta, maior e mais cheia do que a anterior, mas o visual não é tão bonito. As pedras no chão ficam tão quente, que eles colocam umas tábuas de madeira para você caminhar até a água. Assim como na Red Beach, não nos sentimos compelidos a tomar banho ali e partimos para o nosso próximo destino, que era Fira.

Praia de Kamari

Praia de Kamari

Praia de Kamari

Praia de Kamari


Fira é a capital de Santorini e um dos seus desafios é achar um local para estacionar o carro na alta temporada. As vagas nos locais mais próximos da encosta são poucas e você acaba tendo que estacionar nos estacionamentos gratuitos um pouco mais afastados. Existe um bem próximo da esquina da Plateia Mitropoleos com Thiras-Mesarias. A distância não é grande, mas a ladeira dificulta a caminhada. Vencido esse obstáculo, chegamos finalmente na parte mais bonita de Fira e demos de cara com a catedral metropolitana ortodoxa. Ela foi construída em 1827 e depois reconstruída após o terremoto de 1956, possuindo no seu interior diversas pinturas de um artista local.

Catedral Metropolitana Ortodoxa

Catedral Metropolitana Ortodoxa

Catedral Metropolitana Ortodoxa

Catedral Metropolitana Ortodoxa

Catedral Metropolitana Ortodoxa

Catedral Metropolitana Ortodoxa


Seguimos caminhando pela sua encosta e os visuais daqui também são bem bonitos. Apesar de tudo, na minha opinião, Fira é muito inferior a Oia em termos de beleza. A vila é mais descuidada e não tem aquele charme todo. Isso não quer dizer que não seja bonita, mas depois que você já conhece Oia, Fira perde um pouco da graça.

Fira

Fira

Rua de Fira

Rua de Fira


Fira é uma vila bastante comercial e com ruas bem estreitas, devendo também ser conhecida com calma. É aqui que fica o porto aonde chegam e partem os barcos para as outras ilhas e continente, só que a subida do porto é bem íngreme. Existe uma imensa escada em zigue-zague que pode ser subida a pé ou com a ajuda de burrinhos, mas também existe uma opção mais moderna, que é um teleférico.

Porto de Fira

Porto de Fira


Caminhamos de uma ponta a outra de Fira e para mim a vista mais bonita foi do a centro de convenções Nomikos, que fica em um ponto mais alto na parte norte da vila, propiciando assim uma bela vista de toda a vila.

Fira

Fira

Fira

Fira


Almoçamos em Fira, mas vou falar mais sobre isso no próximo post. A tarde voltamos para o nosso hotel em Oia para curtir um pouco mais da piscina e do visual e terminamos o nosso dia por lá.

Outros posts da viagem a Grécia:
Grécia: Agências de Viagem
Grécia: Como chegar nas ilhas
Chegando a Atenas
Atenas – Passeando pela história
Atenas – Museu da Acrópole
Atenas – Estádio Olímpico
Atenas – Outros passeios
Restaurantes em Atenas
Chegando a Mykonos
Mykonos – As praias do sudoeste
Mykonos – As praias do norte
Mykonos – Chora
Chegando a Santorini
Santorini – Oia
Restaurantes em Santorini

 
44 Comentários

Publicado por em Agosto 25, 2009 em Grécia, Santorini

 

Etiquetas: , , , ,