RSS

Bariloche: onde comer

01 Out

Finalmente chegamos ao último post dessa série sobre Bariloche e como sempre vamos falar sobre as opções gastronômicas na cidade. Existem vários restaurantes interessantes e os preços não são caros para os brasileiros, portanto o ideal é aproveitar os dias de passeio pela cidade para comer bem e curtir as melhores carnes argentinas.

El Bolice de Alberto – Parrilla

Bariloche_Boliche_de_Alberto

Esse é um dos restaurantes mais famosos e tradicionais de Bariloche quando o assunto é carne argentina, ou seja, figura certa em qualquer guia ou reportagem sobre a cidade. Justamente por ser tão famoso, tínhamos receio de ser muito turístico e não tão bom quantos outros restaurantes de carne. Sim, ele é turístico e vive lotado, tanto que 10 minutos depois de abrir já não tinha mais mesa, mas posso afirmar que foi sem dúvida foi a melhor carne que comemos em toda a viagem. Você escolhe os cortes desejados e eles vêm todos quentinhos em uma tábua de madeira para a mesa. Além de ser muito macia, a carne vem com um gostinho de churrasco característico. Uma delícia!

Bariloche_Boliche_de_Alberto_2

Bariloche_Boliche_de_Alberto_3

Bariloche_Boliche_de_Alberto_4

El Bolice de Alberto – Massas

Bariloche_Boliche_de_Alberto_massas_1

Além de sua parrilla famosa, o El Boliche de Alberto conta também com uma filial só de massas e que fica bem ao lado das outras filiais. Além de ser uma ótima alternativa para variar um pouco a alimentação, esse restaurante é bem mais barato e um dos melhores custo-benefício que encontramos. Os pratos de massa são bem fartos e baratos, além de bastante saborosos. Outra vantagem é que fica bem mais vazia do que as outras filiais. Gostamos bastante também!

Bariloche_Boliche_de_Alberto_massas_2

Bariloche_Boliche_de_Alberto_massas_3

Bariloche_Boliche_de_Alberto_massas_4

Bariloche_Boliche_de_Alberto_massas_6

Don Molina (Av. San Martín, 605 – Centro)

Bariloche_Don_Molina_1

Bariloche_Don_Molina_2

Esse foi outro excelente restaurante de carne que experimentamos e muito recomendado. Não decepcionou! Seu ambiente é mais requintado e muito agradável. Não sei se foi pela sua localização ser um pouco mais afastada da Mitre, e portanto do centrão mais turístico, mas ele estava bem mais vazio e tranquilo que os outros restaurantes que frequentamos, o que pode ser uma grande vantagem para quem viaja na alta temporada. Apesar do ambiente tranquilo, a comida estava excelente. Eu resolvi experimentar o cordeiro patagônico, que é típico da região, e estava bem saboroso e diferente. O couvert de entrada também estava bem gostoso e as papas a la provenzal foram as melhores que experimentamos! Destaque também para o excelente atendimento!

Bariloche_Don_Molina_3

Bariloche_Don_Molina_4

Bariloche_Don_Molina_5

Bariloche_Don_Molina_6

Bariloche_Don_Molina_7

La Marmite (Mitre 329)

Bariloche_La_Marmite_1

Esse restaurante tem uma excelente localização na Mitre e ficava bem ao lado do nosso hotel, portanto foi nossa opção para a primeira noite, já que estávamos cansados da viagem. Ele é famoso por seus fondues, mas também conta com outros pratos, inclusive carne. Nós optamos pela especialidade da casa mesmo. O fondue estava gostoso, mas nada de excepcional, portanto não vá com grandes expectativas. Já comemos fondues bem melhores, mas foi uma boa opção para variar o cardápio.

Bariloche_La_Marmite_2

Bariloche_La_Marmite_4

Bariloche_La_Marmite_3

Familia Weiss

Bariloche_Familia_Weiss_1

Esse é mais um daqueles restaurantes tradicionais indicados em praticamente todos os guias sobre a cidade. Ele fica junto ao lago e aproveitamos para jantar lá em um dia de jogo da Argentina, já que o restaurante tinha uma televisão grande e várias famílias argentinas estavam torcendo pela sua seleção na Copa. Como nós também não queríamos perder o jogo, foi uma excelente opção para ver o jogo e ainda vivenciar um pouco como os argentinos torcem. Eles são bem parecidos com a gente e ao final do jogo ainda rolou uma carreata de comemoração pela cidade, apesar de ter sido só o primeiro jogo e a vitória ainda por cima não foi muito convincente, o que demonstra como eles são apaixonados por futebol.

Voltando ao restaurante em si, a comida estava boa, mas nada de excepcional também. O chorizo estava muito bom, mas o cordeiro deixou muito a desejar e estava um pouco borrachudo, portanto se você quer experimentar um, sugiro o Don Molina que citei mais acima. A entrada estava excelente, com uns pães bem macios e gostosos e uma pastinha de salmão muito boa!

Bariloche_Familia_Weiss_2

Bariloche_Familia_Weiss_3

Bariloche_Familia_Weiss_4

Bariloche_Familia_Weiss_5

Bariloche_Familia_Weiss_6

Cerveceria Bachmann (V.A.O Connor 1348)

Bariloche_Cerveceria_Bachmann_1

Descobrimos essa cervejaria por acaso, já que voltamos tarde de um passeio e queríamos algum local aberto para almoçar e ver o jogo da Copa. Entramos sem muita pretensão e com o único objetivo de matar a fome, mas saímos bem satisfeitos. As empanadas de entrada eram bem gostosas e a carne estava bem preparada e saborosa, assim como o salmão. A cerveja também era boa, como não poderia deixar de ser em uma cervejaria. Não é uma opção gourmet, mas atendeu bem as nossas necessidades.

Bariloche_Cerveceria_Bachmann_2

Bariloche_Cerveceria_Bachmann_3

Bariloche_Cerveceria_Bachmann_4

Bariloche_Cerveceria_Bachmann_5

Cerveceria Antares (Elflein 47)

Bariloche_Cerceceria_Antares_1

Bariloche_Cerceceria_Antares_2

Resolvemos experimentar essa cervejaria em uma das noites na cidade. O ambiente é descontraído e lembra os pubs espalhados mundo afora, com uma trilha sonora rock-pop tocando ao fundo. A comida estava fraca e serviu mesmo só para matar a fome. O destaque ficou por conta somente das cervejas, já que eles oferecem vários tipos e você ainda pode escolher 4 para experimentar em doses menores. Só recomendo essa cervejaria se você quiser realmente curtir uma boa cerveja e o clima de pub, já que para jantar existem melhores opções espalhadas pela cidade.

Bariloche_Cerceceria_Antares_3

Bariloche_Cerceceria_Antares_4

Bariloche_Cerceceria_Antares_6

Acompanhe e curta também o Wazari no Facebook

Leia também:

Bariloche: onde se hospedar
Bariloche: um passeio pelo Centro
Bariloche: Cerro Otto
Bariloche: Circuito Chico e Cerro Campanário
Bariloche: Cerro Catedral
Bariloche: Piedras Blancas
Villa La Angostura e Cerro Bayo
O que fazer em Buenos Aires – Centro
O que fazer em Buenos Aires – Outras regiões
Buenos Aires: Um show de tango
Buenos Aires: Onde comer
Buenos Aires com crianças

Anúncios
 
2 Comentários

Publicado por em Outubro 1, 2014 em Argentina, Bariloche, Restaurantes

 

Etiquetas: , ,

2 responses to “Bariloche: onde comer

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: