RSS

Arquivo da Categoria: Mont Saint-Michel

Mont Saint-Michel

Mont-Saint-Michel_1

Aproveitamos nossa viagem do ano passado para conhecer um dos pontos mais visitados de toda a França e uma das atrações mais peculiares do país, que é o Mont Saint-Michel, declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 1979. Ele fica no noroeste da França, mais precisamente na divisa das regiões da Normandia e Bretanha, não sendo portanto de tão fácil acesso para quem visita Paris, já que a viagem leva em torno de 4h. Mesmo assim existem vários tours que fazem o passeio a partir da cidade luz, ou você pode simplesmente pegar um trem até Rennes e depois um ônibus, já que não existe estação de trem próxima. Como estávamos em Nantes, optamos por alugar um carro e levamos em torno de 2 horas para chegar, o que nos permitiu fazer um bate-volta com mais tranquilidade.


O Mont Saint-Michel nada mais é que uma pequena cidade medieval murada na encosta de um morro no meio do nada, daí o nome “Mont”, e com uma grande a chamativa abadia no topo, o faz com que a cidade seja toda na vertical e chame a atenção pela sua imponência mesmo de longe. Só isso já seria suficiente para torná-la um destino interessante, mas a natureza ainda nos reservou uma pequena surpresa que deixa tudo ainda mais interessante. Na época das marés altas, o mar, invisível durante boa parte do dia mesmo para quem olha o horizonte, de repente começa a ganhar forma com uma rapidez impressionante na subida da maré e em menos de 1 hora o monte vira uma ilha com o alagamento da planície ao redor. Infelizmente não pudemos assistir a esse espetáculo na época em que estivemos por lá, mas observando a paisagem já deu para imaginar como seria esse acontecimento inusitado!


Mont-Saint-Michel_2

Mont-Saint-Michel_3

O primeiro desafio para visitar o Mont Saint-Michel é chegar lá. No final do caminho existe só uma pequena estrada que leva as portas da cidade e os estacionamentos oficiais, mas no verão, como foi o nosso caso, costuma ficar muito cheio. Quando chegamos lá os estacionamentos já estavam lotados e os guardas estavam bloqueando a entrada para a via, portanto tivemos que seguir por uma estrada de terra paralela e secundária. Tivemos que estacionar na própria estrada, como a maioria dos turistas estava fazendo, correndo sempre o risco de ser multado, mas infelizmente nada aconteceu. É muito importante ficar de olho no local onde estaciona e nos horários das marés reportados nas placas, pois algumas regiões alagam e não são seguras para estacionar. Depois tivemos que andar de volta até a estrada principal, que possui um ônibus gratuito que te leva até as portas da cidade. Para quem para nos estacionamentos principais esse ônibus tem um ponto bem na porta, portanto é bem prático. É possível ir andando também, mas a distância é razoável e recomendo guardar as pernas para as ladeiras e escadas da própria cidade.


Mont-Saint-Michel_Bus

Ao descer do ônibus e entrar na cidade você percebe o quanto ela é bonita por dentro também! É apenas uma ruazinha subindo em direção ao topo com várias lojas e bares interessantes, cenário bem típico em cidades medievais francesas. O ideal é ir subindo com calma e apreciando o comércio sem pressa para sentir o clima da cidade.


Mont-Saint-Michel_4

Mont-Saint-Michel_5

Uma das especialidades da cidade é o omelete de la Mère Poulard, mas é bem caro e acabamos não experimentando.

Mont-Saint-Michel_La_Mere_Poulard_1

Mont-Saint-Michel_La_Mere_Poulard_2

Um pouco antes de chegar ao topo você pode observar algumas vistas interessantes do entorno da cidade e se tiver na época da maré baixa no horário correto poderá observar a água chegando.


Mont-Saint-Michel_6

Mont-Saint-Michel_7

No topo da cidade fica a atração mais aguardada, a Abadia do arcanjo São Miguel. A entrada é paga, mas vale muita a pena. Atualmente a entrada custa 9 euros e a abadia fica aberta entre 9h e 19h no verão (maio-agosto) e 9h30 as 18h no restante do ano. A abadia é bem interessante, apesar de não ter nenhum luxo por dentro, mas você pode caminhar por várias partes e andares da mesma. Só prepare suas pernas para encarar as escadas até sua entrada e na parte interna! Além disso, a partir da Abadia é possível observar as melhores vistas da planície ao redor.


Mont-Saint-Michel_Abadia_1

Mont-Saint-Michel_Abadia_2

Mont-Saint-Michel_Abadia_3

Mont-Saint-Michel_Abadia_4

Mont-Saint-Michel_Abadia_5

Mont-Saint-Michel_Abadia_6

Mont-Saint-Michel_Abadia_7

O passeio valeu muito a pena pela beleza dessa cidade medieval inusitada! Apesar de uma certa dificuldade de acesso, principalmente no verão lotado, gostamos bastante de ter conhecido o Mont Saint-Michel e recomendo!



Acompanhe e curta também o Wazari no Facebook

Leia também:

Paris – Informações Úteis
Paris – Fotoblog
Paris – La Défense
Restaurantes em Paris
Delícias de Paris
Nice: onde se hospedar
Nice: um passeio pela cidade
Nice: onde comer
Èze
Mônaco
Saint-Paul-de-Vence
Saint-Tropez
Marseille
Les Baux-de-Provence
Strasbourg
Restaurante em Strasbourg

Anúncios
 
 

Etiquetas: ,