RSS

Arquivo da Categoria: Batalha

Mosteiro da Batalha

O Mosteiro da Batalha foi outra atração que nos surpreendeu muito positivamente. A cidade de Batalha é bem pequena e em termos turístico basicamente se resume ao mosteiro, mas não deixe isso te desanimar, pois ele merece muito ser visitado. Considerado um patrimônio mundial pela UNESCO e eleito uma das sete maravilhas de Portugal, suas credenciais já indicam que essa atração é imperdível!


Para quem chega de carro, é bem fácil estacionar próximo ao mosteiro, mesmo em julho, quando já é alta estação. A arquitetura gótica externa é um espetáculo e já impressiona logo na chegada, não só pela beleza, mas pelo tamanho da estrutura. A construção do mosteiro foi iniciada em 1386 por D. João I como uma forma de agradecimento à Virgem Maria pela vitória na Batalha de Aljubarrota. No entanto, sua estrutura ainda demoraria dois séculos para chegar ao estágio atual. A visita começa pela Nave Principal, que apesar de sua grandiosidade e importância, não é a parte mais bonita do mosteiro. Essa é a única parte gratuita do passeio, já que para as partes restantes é necessário pagar um ingresso.


Do lado direito ao fundo da nave principal fica a Capela do Fundador, que é na verdade uma bela sala acrescentada no século XV para abrigar o mausoléu do rei D. João I e sua esposa, além dos túmulos de diversos outros membros da família real.


Já pela porta do canto esquerdo da Nave Principal você tem acesso aos dois claustros do mosteiro: Real e D. Afonso V. Ambos têm suas peculiaridades, mas o Claustro Real é mais bonito, pois além de um jardim mais cuidado, tem a fachada da igreja ao fundo para compor um belo visual.


Seguindo as placas pela parte externa do mosteiro, você chega as Capelas Imperfeitas. Não deixe o nome te enganar, pois essa é para mim a parte mais bonita do mosteiro! O nome vem do fato que as obras para a construção dessas capelas nunca foram acabadas, deixando as mesmas sem a sua grande abóboda central. No entanto, é justamente o fato de não ter um teto que torna essas capelas tão especiais e diferentes, mas não é só isso. O acabamento das colunas e paredes é simplesmente espetacular!


Para programar sua visita, o mosteiro está aberto diariamente de 9h as 17h30 de outubro a março e de 9h as 18h30 de abril a setembro. A entrada custa €6, sendo que maiores de 65 anos e menores de 15 a 18 anos pagam meia. Menores que 15 não pagam. Se você for visitar também o Mosteiro de Alcobaça e o Convento de Cristo, eles ainda oferecem um bilhete único por €15, que representa uma economia de €3 sobre o preço que você pagaria na compra avulsa.

Como escolhemos Batalha para dormir, meramente por motivos logísticos, acabamos tendo o privilégio de ver o mosteiro todo iluminado a noite, o que também é um espetáculo! Pena que estava muito frio para ficar muito tempo ao ar livre curtindo o visual, mas como nosso hotel era vizinho ao mosteiro, bastava alguns passos para conseguir aproveitar.


O hotel escolhido foi o Hotel Mestre Afonso Domingues, que além de sua excelente localização, tem uma infra ótima, com instalações confortáveis e um bom café da manhã. Apesar da aparência externa simples, o hotel é muito bom e tudo novinho por dentro. Ele oferece estacionamento e Wi-Fi gratuitos e você pode ir andando até o mosteiro.


Outra vantagem desse hotel é o excelente Restaurante Vintage. Sinceramente nós não esperávamos um restaurante tão bom e gourmet em um hotel tão barato! O ambiente é agradável, o atendimento super prestativo e eficiente, mas o melhor é a comida mesmo. Até o prato infantil era bem feitinho. Foi sem dúvida a melhor refeição de toda a viagem e o prato de bacalhau com broa de milho estava fantástico!



Leia também:

Lisboa: Informações Básicas
Lisboa: Passeando por Belém
Lisboa: Parque das Nações
Lisboa: Passeando pelo centro
Onde comer em Lisboa
Porto: Informações Básicas
Porto: um passeio pela cidade – parte 1
Porto: um passeio pela cidade – parte 2
Porto: onde comer
Vai alugar carro em Lisboa? Então veja essas dicas
Sintra
Guimarães
Fátima

 
10 Comentários

Publicado por em Setembro 11, 2012 em Batalha, Portugal

 

Etiquetas: , , , , , , , ,