RSS

Arquivo da Categoria: Nova York

Nova York: onde comprar

Assim como no quesito restaurantes, Nova York é uma cidade com várias opções para os amantes das compras, ou para aqueles que simplesmente desejam fazer umas comprinhas básicas. Além dos grandes shoppings de outlet, que ficam fora da cidade, Nova York conta com infinitas lojas espalhadas por todos os bairros. Isso é bem legal, pois você consegue facilmente misturar passeios com compras, ou seja, o útil ao agradável. Outro grande diferencial é que Nova York é um dos poucos locais onde você consegue encontrar lojas especializadas nos mais diversos ramos, portanto é o lugar ideal para você comprar aquele item que sempre procura, mas que nunca encontra em lugar nenhum. Pense em qualquer coisa, que com certeza você encontrará alguma loja vendendo!

Para quem deseja fazer muitas compras, uma opção é passar o dia em algum outlet da região. O mais famoso é o Woodbury Common Premium Outlet, que fica a mais ou menos 1 hora e meia de distância de Manhattan. Ele é da mesma cadeia dos premium outlets que você encontra nos mais diversos cantos do país, como os de Orlando (eu menciono aqui nesse post), portanto ele segue a mesma linha. São várias lojas outlet das marcas mais famosas nos EUA, portanto um local onde você encontra de tudo a um preço promocional. Para chegar lá, existem ônibus que partem do terminal rodoviário Port Authority e cobram em torno de US$40 ida e volta por pessoa. Se o grupo for grande, compensa mais alugar um carro, ou simplesmente procurar uma das muitas empresas especializadas que oferecem esse tipo de serviço para os brasileiros.


O outro mall é o Jersey Gardens, que apesar de ficar no estado de New Jersey, é mais perto do que o primeiro. Essa é uma das grandes vantagens, pois você leva em torno de meia hora e o ônibus de Port Authority é bem mais barato (em torno de US$5 por pessoa). Para quem vai chegar ou sair pelo aeroporto de Newark, ele fica bem próximo, podendo portanto ser combinado com o voo. O imposto no estado New Jersey também é menor, sendo essa mais uma vantagem. No entanto, ele é menor que o Woodbury e não tem tantas lojas, por isso não é o preferido dos brasileiros, mas tem algumas lojas exclusivas que não existem no primeiro, como a Hollister e Victoria´s Secret.


Uma das regiões mais frequentadas pelos turistas brasileiros, e que na alta temporada chega a ficar insuportável de tanta gente, é a Times Square. Nas ruas ao redor tem muito comércio e várias lojas conhecidas, sendo a maioria bem grandes e com vários andares. Os destaques para as crianças são a Toys´r´us e a Disney Store. A primeira é a maior loja da rede em todos os EUA e tem até um mini parque de diversões dentro. As crianças ficam malucas!


No quesito roupas as que se destacam são a Forever 21 e a Aeropostale. A primeira é gigantesca, com vários andares para se perder. A segunda também é bem grande, com 3 andares bem de frente para o burburinho de Times Square. No segundo andar tem até uma área com janelas de vidro e música para descansar e com uma excelente vista do movimento lá embaixo!

Visual do segundo andar da Aeropostale


Outro ótimo local para bater perna e fazer compras é a 5º Avenida. A cada esquina você se depara com as principais marcas, como Zara, Sephora, Gap, Banana Republic, Hollister, Abercrombie, Lego, Best Buy, e mais algumas lojas exclusivas de Nova York. Um dos ícones nessa região é a gigante Macy´s, que é uma loja de departamentos com tudo que você imagina e fica lotada de brasileiros. Perto de Central Park estão a Apple Store e a FAO, que eu mencionei nesse outro post.


A loja da Apple faz a festa dos applemaníacos, mas para quem procura eletrônicos em geral as melhores opções são a Best Buy da 5º avenida, que é bem grande e oferece bastante variedade, e a B&H Photo, que é uma excelente loja especializada em máquinas fotográficas, mas que também vende outros tipos de eletrônicos.

Agora se você procura realmente barganhas, mas sem abrir mão da qualidade, então seu destino é a Century 21, que é mais uma loja gigantesca próxima ao marco zero. Ela vende produtos de grandes marcas a preços inimagináveis, mas demanda paciência e tempo de quem está comprando, pois está tudo misturado e bagunçado e o cliente é que tem que se virar para encontrar o que deseja. O esforço compensa, pois você realmente encontra vários produtos de extrema qualidade a preços baixíssimos. Outras lojas que seguem a mesma linha de vender marcas de grife por preços baixos é a T.J. Maxx e Marshalls, que possuem um filial na 6º avenida entre a 18th e 19th. Essas lojas são menores, mas tem a vantagem de serem bem mais vazias do que a Century 21.


Esse é o último post dessa mini série sobre Nova York.

Leia também:

Nova York: informações básicas
Nova York: um passeio por Midtown
Nova York: um passeio por Chelsea
Nova York: onde comer

Compras em Orlando
Boston
Chicago
Washinton D.C.

Anúncios
 
8 Comentários

Publicado por em Dezembro 29, 2011 em EUA, Nova York

 

Etiquetas: , ,

Nova York: onde comer

Nova York é uma cidade com muitas, mas muitas mesmo, opções para se comer, portanto nem sempre é fácil escolher. Você sempre fica com aquele receio de estar deixando de experimentar algum restaurante imperdível, mas o negócio é relaxar e aproveitar, pois por mais que você escolha, é impossível curtir tudo. Infelizmente o nosso tempo foi curto, portanto postarei aqui algumas poucas dicas.

A primeira é o Eataly, que mencionei no post anterior. Achei uma ótima opção para fazer um lanche e experimentar algumas delícias italianas, mas não gostei muito do restaurante em si. O panini estava bom! Também é um ótimo local para comprar excelentes produtos para preparar uma bela refeição no apartamento alugado ou hotel, caso o seu tenha cozinha.


Resolvemos também experimentar o famoso Carmine´s, que fica na 44th bem pertinho da Times Square. É uma verdadeira cantina italiana tradicional e não tem nenhum requinte especial, valendo mesmo pela excelente comida e simpatia no atendimento. O curioso é que não existe um cardápio em papel e todas as opções ficam expostas em um quadro na parede. Os pratos e porções são enormes e servem tranquilamente umas 3 a 4 pessoas, portanto cuidado para não exagerar no pedido. Tinha um casal do nosso lado que tinha pedido uma salada, uma porção de entrada e mais um prato, mas depois ficaram assustados sem saber o que fazer com tanta comida! Comida muito gostosa e tipicamente italiana, portanto totalmente aprovado! O local está sempre lotado a qualquer hora do dia ou da noite, portanto invariavelmente você terá que esperar por uma mesa, mas a espera compensa! Como sua localização é bem ao lado dos principais teatros, a dica é chegar para jantar antes que as peças terminem, senão a fila fica impraticável.


Outro local muito bom para quem está viajando com crianças é o Red Lobster, que é uma grande cadeia americana de frutos do mar e que tem uma única filial em Nova York na esquina da 41st com a 7º avenida, também bem ao lado da Times Square e não muito longe do nosso hotel. Essa é uma cadeia que adoramos e já até mencionei em outros posts de Orlando e Califórnia. Eu sei que com tantas opções originais em Nova York, um restaurante de cadeia não deveria estar entre as prioridades, mas a comida é muito boa e barata e o meu filho também adora o restaurante, portanto é garantia de sucesso e aprovação. O pãozinho de alho de entrada é uma das coisas mais sensacionais e ainda não encontrei nenhum igual. Os pratos também são sempre bem servidos, com várias opções de lagosta, camarões e peixes. O restaurante tem 3 andares e é bem grande, mas mesmo assim vive lotado devido a sua localização privilegiada, portanto é quase certo que você terá que esperar por uma mesa.


Para encerrar essa série sobre Nova York, no próximo post eu dou algumas dicas sobre compras. Até lá!

Leia também:

Nova York: informações básicas
Nova York: um passeio por Midtown
Nova York: um passeio por Chelsea
Nova York: onde comprar

Boston
Chicago
Washinton D.C.
Las Vegas: Os espetáculos que são um show
Las Vegas by Night
Las Vegas: um passeio pelos hotéis – parte 2
Las Vegas: um passeio pelos hotéis – parte 1
Las Vegas – Dicas de hospedagem
Los Angeles-Las Vegas: uma estrada diferente
Pacific Coast Highway (US1)
Chegando a San Diego
San Diego – Balboa Park e Old Town
San Diego – Centro e Praias

 
6 Comentários

Publicado por em Dezembro 15, 2011 em EUA, Nova York, Restaurantes

 

Etiquetas: , ,

Nova York: um passeio por Chelsea

Diante de tantas opções para escolher em tão pouco tempo, optamos por conhecer uma das regiões mais badaladas nos últimos tempos na cidade e totalmente nova para nós: Chelsea. O bairro foi ganhando fama nos últimos anos, mas mesmo assim permanece com um clima totalmente provinciano e não lembra em nada com aquele burburinho de Midtown, o que é uma grande vantagem. A verdade é que até parece que você mudou de cidade e se você não soubesse, nunca diria que essas duas regiões são tão próximas. Você vê muitos poucos turistas e predominam as lojas pequenas e charmosas, além de cafés e restaurantes locais. É uma ótima oportunidade para conhecer algo além das grandes redes comerciais e produtos tipicamente nova-iorquinos.

Segundo dicas desse ótimo post do Ricardo Freire do Viaje na Viagem, descemos na estação de metrô 23st (linhas A, C ou E), que fica na esquina com 8ª avenida, e seguimos passeando pelas belas ruas do bairro. Caminhamos um pouco pelas 8ª e 9ª avenida na direção sul para conhecer o comércio da região e aproveitamos para comer um cupcake na famosa Billy’s Bakery. Apesar de a loja ser bem bonitinha e cheirosa, confesso que esperava bem mais, pois já comi cupcakes bem melhores. Achei mais bonito do que gostoso! Definitivamente não é algo que considere imperdível, mas se você estiver passando em frente, não custa experimentar, pois posso ter dado azar.


No entanto, a parte que achei mais interessante do bairro foram as ruas transversais, que são basicamente residenciais e muito tranquilas. Todas os prédios nessas ruas têm uma arquitetura tipicamente nova-iorquina, com aquelas escadinhas na frente. As ruas são todas muito arborizadas e passam um clima muito gostoso! Definitivamente é um local muito agradável e bonito para se morar!


Em seguida rumamos para uma das novas atrações na cidade: O High line Park. Em mais uma ideia ousada, dessa cidade que não para de reinventar, essa antiga linha de trem suspensa abandonada foi totalmente revitalizada e transformada em parque, se tornando em um dos pontos preferidos de lazer dos moradores próximos. Ele fica praticamente sobre a 10ª avenida, mas nem todas as esquinas têm escada para subir, portanto é importante consultar o mapa antes para não ter que andar à toa. Se você está com carrinho de criança, ou não tem condições de subir toda aquela escadaria (a subida é bem razoável), nas esquinas da 16th e 14th existem elevadores. O parque é bem bonito, com bancos de madeira estilosos e belas flores. A vista lá de cima também é bem bonita e esse é um ótimo local para descansar um pouquinho e curtir o movimento. Tem muita gente que aproveita o local para ler, estudar ou apenas conversar com os amigos.


Após descer do High Line, fomos conhecer o Chelsea Market, que fica na 9ª avenida, bem na esquina com a 15th. Essa galeria é bem bonita e um ótimo passeio para se refrescar do calor, caso você esteja viajando no verão, como era o nosso caso. Tem algumas lojas interessantes, mas principalmente muitas padarias, docerias e cafés onde você pode fazer uma boquinha. Não provamos nada, mas tudo era bem bonito!


Para terminar o passeio, você pode andar um pouquinho até o Eataly, que também é uma das novidades da cidade na 5ª avenida com a 23th. É uma espécie de mercado com os mais diversos produtos italianos, principalmente os gastronômicos. Cada seção é especializada em um algum tipo de comida da velha bota e você pode comprar para levar para casa ou comer ali mesmo. As opções são bastante variadas. Comemos um panini que estava bem gostoso!


Optamos por comer no restaurante de massas do Eataly (existem outros), que obviamente é o mais cheio. Esperamos bastante e a comida estava apenas razoável. O atendimento também deixou a desejar. Sinceramente achei as cantinas italianas mais simples melhores!


No próximo post eu dou mais algumas opções gastronômicas em Nova York. Até lá!

Leia também:

Nova York: informações básicas
Nova York: um passeio por Midtown
Nova York: onde comer
Nova York: onde comprar

Boston
Chicago
Washinton D.C.
Las Vegas: Os espetáculos que são um show
Las Vegas by Night
Las Vegas: um passeio pelos hotéis – parte 2
Las Vegas: um passeio pelos hotéis – parte 1
Las Vegas – Dicas de hospedagem
Los Angeles-Las Vegas: uma estrada diferente
Pacific Coast Highway (US1)
Chegando a San Diego
San Diego – Balboa Park e Old Town
San Diego – Centro e Praias

 
5 Comentários

Publicado por em Dezembro 12, 2011 em EUA, Nova York

 

Etiquetas: , , ,