RSS

Arquivo da Categoria: Salamanca

Salamanca

O nosso último destino da viagem foi a cidade de Salamanca. Assim como Segóvia, os trens partem da estação Chamartin em Madri, só que nesse caso levam 2h45 até o destino final. Os bilhetes custam €19,90 (cada trecho) e podem ser adquiridos no site da Renfe ou na própria estação, lembrando sempre daquela recomendação de chegar cedo ou comprar de véspera para não correr o risco de perder a viagem. Para Salamanca não existem trens com preços diferentes, como acontece com Segóvia, portanto é só escolher o melhor horário e partir. Os trens também são rápidos e modernos, só que infelizmente a cidade é longe mesmo! Em virtude do longo tempo de viagem, o bate-volta acaba sendo cansativo.


No caminho até Salamanca o trem também passa por Ávila, que é uma cidade murada bem interessante, mas que infelizmente não tivemos tempo para visitar dessa vez. Do trem é possível ver o muro ao longe e ter um gostinho.


Chegando à Salamanca, o trem para em 2 estações, portanto isso gera uma certa confusão! Eu não sabia disso e na hora ficamos em dúvida em qual saltar. Consultando o fiscal do trem, ele nos indicou saltar na estação Salamanca Alamedilla, que é mais próxima do centro, e foi o que fizemos. Apesar de ser realmente mais próxima, ela é meio secundária e você acaba saindo em um local escondido na Av. Parque de la Alamedilla. Demorei um pouco para entender como chegar ao centro, pois lá não passa táxi e não tem nenhuma placa, mas depois de perguntar para alguns pedestres, conseguimos nos entender e vimos que era bem fácil. Dá para ir andando até o centro sem problemas. Na volta, fomos até a estação central mesmo, que é bem mais estruturada e muito bonita, tendo inclusive uma praça de alimentação bem grande e com várias lojas. Na estação tem também uma filial da Cervecería 100 Montaditos, que eu mencionei nos posts de Madri e tem sanduíches bem gostosos. Ótima opção para matar a fome depois de um dia inteiro de passeio, ou comprar um lanche para comer no trem.


Salamanca é uma cidade universitária bem vibrante e você já sente isso logo na chegada. Ela é bem maior do que Segóvia, com muito mais comércio e vida. O público na rua também é bastante jovem e achei a cidade bem agradável para se passear. Da estação de trem seguimos pela Calle del Toro, que é uma rua comercial bem movimentada, até a famosa Plaza Mayor. A praça é um dos cartões postais e lembra muito a sua homônima em Madri. Muito bonita e um ótimo local para se sentar e apreciar!


Da praça até as outras atrações, não deixe de passear um pouco pelas ruelas e apreciar a arquitetura da cidade. Uma das mais famosas é Calle de Rua Mayor, mas não achei a mais bonita.


Outra grande atração da cidade é a Universidade de Salamanca, que tem prédios bastante suntuosos e bonitos. Alguns prédios estão espalhados, como o da Biblioteca Universitária o de Filosofia, que fica bem em frente a Catedral.


Visitamos também a Casa de las Conchas com seu belo pátio interno bem em frente à Universidade. Identificá-la é bem fácil, pois a fachada é toda repleta de conchas.


Seguindo mais adiante você se depara com a imensa Catedral de Salamanca, que teve sua construção iniciada em 1513 nos estilos barroco e gótico. Na fachada existem várias figuras esculpidas, sendo que uma delas é de um astronauta, que ficou famoso e é procurado por todos que passam por ali. Você deve estar pensando: “o que um astronauta está fazendo na fachada de uma catedral histórica?”. A explicação é bem simples. Durante uma reforma recente na catedral, realizada em 1993, os restauradores resolveram seguir uma tradição e adicionar uma figura contemporânea a fachada, daí o astronauta! No entanto, ele é tão pequeno que você nem percebe se não souber.


O interior da catedral é imenso e muito bonito também. A visita definitivamente vale a pena!


Para terminar o passeio, fomos visitar o Convento de San Esteban, que fica em uma região mais baixa da cidade. O convento realmente nos surpreendeu com sua beleza.


Se não bastasse a fachada bem trabalhada, seu interior também impressiona. O pátio interno é charmoso e a igreja é lindíssima.




Leia também:

Madri: Informações Práticas
Uma volta por Madri
Madri: Onde comer
Segóvia
Barcelona

Anúncios
 
18 Comentários

Publicado por em Fevereiro 8, 2011 em Espanha, Salamanca

 

Etiquetas: , ,