RSS

Arquivo de etiquetas: Praias

Maragogi: um passeio pelas praias do litoral norte de Alagoas

Ficando hospedado em Maragogi você tem a vantagem de poder conhecer com mais calma as praias do litoral norte do estado de Alagoas, já que a cidade fica bem próxima da divisa do estado com Pernambuco. Esse pedaço é bem cansativo de ser conhecido a partir de Maceió, Recife ou Porto de Galinhas, portanto o ideal é realmente se hospedar em algum dos hotéis da região. Enquanto o passeio mais famoso de mergulho nas piscinas naturais não me encantou muito, o passeio de buggy por esse pedacinho de litoral foi simplesmente fantástico! Imperdível e recomendo muito para todos que visitam a região.

Para fazer o passeio é bem fácil. Os bugueiros ficam estacionados no canto da própria praia dos hotéis e basta se dirigir até eles para perguntar o preço. Na nossa época custava R$ 220 por 3 horas de passeio em um buggy exclusivo para até 4 pessoas com 2 paradas para mergulho. Como não é demorado, você pode fazer a qualquer hora do dia, mas nós optamos por fazer logo pela manhã para voltar a tempo do almoço e ainda aproveitar o resort a tarde.

Maragogi_Buggy

No início ele passa apenas por um pedaço de estrada, mas o restante é na areia mesmo. O passeio todo é bem gostoso e todas as praias são lindas com aquele tom de água esverdeado e mar tranquilo. As paisagens também não ficam atrás! Na primeira parte ele passou pelas belas praias de Burgalhau, Dourado, Barra Grande, parando para um mergulho em Antunes, que é totalmente deserta. Um paraíso com areia branca e água clara e calma ideal para um mergulho! O bugueiro te passa um tempo previsto para a parada, mas se você quiser ficar um pouco mais não tem problema. Posso te dizer que nossa vontade era não sair mais daquela maravilha! 🙂

Alagoas_Praias_Litoral_norte

Alagoas_Praias_Litoral_norte

Alagoas_Praias_Litoral_norte

Alagoas_Praias_Litoral_norte

Alagoas_Praias_Litoral_norte

Alagoas_Praias_Litoral_norte

Em seguida ele segue viagem pelas praias de Xaréu, Ponta do Mangue e finalmente Peroba, que é a última antes da divisa com Pernambuco. Em Peroba ele para novamente para um mergulho, sendo que essa praia possui uma curiosidade. Durante a maré baixa, como a que pegamos durante nossa visita, aparecem bancos de areias imensos formando várias piscinas naturais rasinhas para mergulho e relaxamento. Ideal para quem está viajando com crianças ou até mesmo para quem deseja apenas se deitar na água e curtir. Bem diferente e nosso filho adorou!

Alagoas_Praias_Litoral_norte_7

Alagoas_Praia_Xareu

Alagoas_Praia_Peroba_1

Alagoas_Praia_Peroba_1

Resumindo, passeio imperdível para adultos e crianças! Esse é o último post da nossa viagem a Alagoas, onde curtimos bastante as praias e os resorts. No próximo post vou começar a contar sobre a nossa mais recente viagem nas férias de janeiro. Até lá!

Acompanhe e curta também o Wazari no Facebook

Leia também:

Salinas Maragogi
Maragogi: mergulho nas piscinas naturais
Salinas Maceió
Maceió: Praias do Gunga e Barra de São Miguel

 
2 Comentários

Publicado por em Fevereiro 2, 2015 em Brasil, Maragogi

 

Etiquetas: , , ,

San Diego – Centro e Praias

Continuando nosso passeio pela bela San Diego, um outro local muito bom para se passear a pé, desde que a temperatura esteja agradável, é a região de Embarcadero, que é na verdade a região costeira do centro da cidade banhada pela San Diego Bay. Ao longo da North Harbour Drive existe um calçadão e muitas vagas para estacionar. São vários navios ancorados e alguns disponibilizam passeios, mas não fizemos nenhum. Demos sorte de pegar um dia quente, o que nos permitiu caminhar com calma pelo calçadão.


Nessa avenida fica também o belo prédio da prefeitura de San Diego


Para comer, uma dica é o restaurante Anthony´s Fish Grotto, especializado em frutos do mar, que fica no próprio calçadão e tem uma bela vista da baía. Você pode experimentar o cardápio normal na parte interna do restaurante, ou se quiser ganhar tempo e economizar, experimentar as porções que são oferecidas na parte externa em um esquema fast food. Como o clima estava bom e não queríamos demorar muito, fomos na segunda opção e sentamos em uma mesa bem junto ao calçadão, que foi muito bacana para se observar o movimento.


Ao longo dessa mesma avenida fica outra atração famosa da cidade: o USS Midway Museum. O USS Midway é um porta-aviões aposentado da marinha americana, que acabou virando museu e hoje pode ser visitado. A escolha de San Diego para sediar esse museu não é a toa, já que a cidade é uma importante base naval dos EUA e onde vivem muitos militares. Para chegar lá, você pode estacionar em alguma vaga ao longo da Harbour Drive, que têm parquímetros, ou no próprio estacionamento pago do museu, que custa US$7. A entrada também não é barata e custa US$18 para os adultos e US$10 para crianças a partir de 6 anos. A vantagem é que é gratuito para crianças até 5 anos, que era o caso do meu filho. Apesar do preço, achei que valeu muito a pena, já que nunca tinha tido a experiência de entrar em um porta-aviões de verdade, ainda mais desse porte, e ainda é um ótimo passeio para as crianças.


Já está incluso no ingresso o áudio guia e basta você seguir a numeração das placas e mapas para fazer o tour. Impressionou-me bastante os dormitórios e todas as dependências dos marinheiros, pois apesar do tamanho do navio, é tudo muito apertado e claustrofóbico. Deve ser realmente muito difícil viver ali por tanto tempo no mar.


Na parte central fica um imenso galpão para acesso a todas as dependências do navio e também para expor alguns aviões. O legal aqui é que as crianças podem entrar na cabine de vários aviões e helicópteros, portanto é só diversão. Para quem se empolgar e quiser dar uma voltinha, eles também oferecem alguns simuladores bem reais, só que pagos a parte.


No entanto, a parte mais aguardada é o deck no navio, que é de onde decolam os aviões e fica a torre de comando. Ali ficam expostas mais uma grande quantidade de aeronaves e você pode visitar a cabine do comandante e de comando, que são bem mais agradáveis e espaçosas. 🙂 Além disso, você tem belos visuais da cidade.


Bem ao lado do porta-aviões fica a famosa estátua do marinheiro beijando uma enfermeira, que foi inspirada em uma foto tirada em Times Square na época da segunda guerra mundial, cuja cena ficou famosa mundialmente. A estátua e bem bonita e grande e sua localização ao lado USS Midway não poderia ter sido melhor escolhida.


Ainda no centro, você pode passear pelo Gaslamp Quarter, que já mencionei no post inicial, e é uma região super badalada, cheia de bares e restaurantes. É mais indicada para a noite, mas também é possível dar uma volta de dia para ver melhor a arquitetura das construções.


Para quem gosta de esportes, ali perto fica o estádio de beisebol do San Diego Padres, que é bem bonito. Eu não planejava visitar esse estádio, mas como passei do lado e vi que era possível conhecê-lo sem precisar entrar, logo parei para dar uma olhada e tirar umas fotos. É que existe uma abertura na arquibancada para a praça que fica ao lado, contendo alguns lugares especiais para o público, e de lá é possível ter a visão completa do estádio.


Saindo do centro, um passeio bastante indicado é atravessar a ponte em direção a Coronado, que é uma península situada bem defronte ao centro da cidade, que tem de um lado a baía de San Diego, e do outro o mar aberto. O recomendado é exatamente conhecer esses dois lados de Coronado. Da parte interna você tem todo o visual do belo skyline de San Diego e da baía, sendo muito agradável passar um tempo ali sentado só observando a paisagem. É tão bonito, que encontramos até um casal de noivos tirando suas fotos de casamento por ali. 🙂

Coronado

Noivos tirando fotos em Coronado


Do outro você pode conhecer uma das praias de San Diego, que obviamente no inverno fica vazia. No caminho você atravessa o centro de Coronado, que é todo residencial e cheio de casas interessantes.


Mas quando o assunto é praia, o local mais famoso é La Jolla. Suas praias são as mais badaladas de San Diego e ficam a uns 20 minutos ao norte do centro. Em uma delas é possível ver até leões marinhos. É uma região muito bonita e que merece uma visita!


Essa região é bem diferente do restante da cidade, já que é frequentada pelos ricos e famosos e tudo é muito requintado. A Prospect Street é a rua mais famosa e conta com um comércio interessante, cheio de lojas de grife e galerias de arte. É mais para olhar e apreciar do que comprar, já que os preços são muito caros para meros mortais, mas também é possível encontrar algumas lojas de lembrancinhas mais em conta. É um passeio interessante e que pode ser feito inclusive no caminho para Los Angeles, já que La Jolla fica na mesma direção e a estrada de acesso é a mesma: a I-5.


Esse post encerra os relatos sobre San Diego. Nos próximos, contarei sobre nossa passagem por Anaheim e Disney.


Leia também:

Chegando a San Diego
San Diego – Balboa Park e Old Town
Pacific Coast Highway (US1)
Boston
Washinton D.C.
Chicago

 
9 Comentários

Publicado por em Abril 6, 2011 em Califórnia, EUA, San Diego

 

Etiquetas: , , ,

Aruba: Sul da Ilha

A parte sul da ilha de Aruba é bem mais pobre do que a norte, o que pode ser constatado nas pequenas vilas de San Nicolas e Savaneta, mas tem a vantagem de contar com praias lindas e desertas. A melhor maneira de se chegar nessa região é alugando um carro, que não é muito caro (veja meu outro post). A estrada que liga as regiões hoteleiras no norte até essa parte da ilha é bem tranquila e asfaltada, só que a sinalização não é boa a partir de San Nicolas, quando você entra nas estradinhas secundárias para se chegar nas melhores praias. Mesmo assim dá para se virar.

No extremo sul está uma das mais bonitas praias de Aruba, junto com a Arashi Beach, que é a Baby Beach. Leva-se em torno de 40 minutos de Palm Beach até lá. Apesar da distância e dificuldade de acesso, ela é bem famosa entre os locais e turistas, sendo bastante indicada por todos. O motivo é que ela é na verdade quase uma piscina, já que os corais praticamente fecham sua passagem para o mar aberto, o que a tornou a preferida das crianças e famílias, daí o nome Baby Beach. Bem criativo né!!! 🙂 Infelizmente o dia estava nublado e as fotos não saíram muito boas. 😦

Aruba praias sul

Baby Beach

Aruba praias sul

Baby Beach

Aruba praias sul

Água transparente da Baby Beach


A praia é realmente uma delícia e bem sossegada, tendo até dois pequenos quiosques com infra, como cadeiras, guarda-sol e até alguns petiscos. O único problema é a horrorosa refinaria que fica bem próxima a praia e enfeia a paisagem. Não sei quem teve a infeliz ideia de colocar uma refinaria ao lado de um paraíso daqueles! O melhor é se sentar virado para o outro lado e fingir que ela não existe. 🙂

Aruba praias sul

Infra de Baby Beach (barracas e quiosques). (Foto: http://www.boblevy.org)

Aruba praias sul

Refinaria próxima a Baby Beach


Além da água transparente, calma e quente, o mais legal dessa praia é a possibilidade de se fazer um snorkel próximo aos corais. São muitos peixes dos mais diversos tamanhos e cores. É bem legal! O único problema é que você tem que levar seu próprio equipamento, pois eles não fornecem lá. Muitas pessoas levam pedaços de pão para chamar os peixes e eles vêm em grande quantidade. Além dos peixes, também existem muitos pássaros, e é bom tomar cuidado com a sua comida, senão eles dão rasantes! Aliás, levar comida e bebida é também uma dica para essa praia, já que ela fica bem distante.

Aruba praias sul

Baby Beach (corais ao fundo onde se mergulha)

Aruba praias sul

Pássaros dando rasante

Aruba praias sul

Local para mergulho


Ao lado da Baby Beach fica a também famosa Rodgers Beach, também muito bonita. Elas são bem próximas e você até confunde as duas quando chega, já que não existe nenhuma placa sinalizando. Na dúvida de qual é mais bonita, vá nas duas!

Aruba praias sul

Rodgers Beach (foto: http://www.boblevy.org)

Aruba praias sul

Rodgers Beach (foto: http://www.boblevy.org)


Dá para passar um dia inteiro curtindo essas duas praias. Como não tem restaurantes por perto, o ideal é tomar um café da manhã reforçado, levar algo para beliscar e na volta comer em um dos excelentes restaurantes de Oranjestad.

Links Relacionados:
Chegando a Aruba
Aruba: Norte da Ilha
Outros passeios em Aruba
Onde comer em Aruba
Aruba-EUA sem imigração (ou quase!)

 
4 Comentários

Publicado por em Maio 20, 2010 em Aruba

 

Etiquetas: , , ,