RSS

Arquivo de etiquetas: Atrações

Sevilha: um passeio pela cidade – parte 2

Continuando nosso passeio pela bela cidade de Sevilha (clique aqui para ver a 1º parte desse passeio) resolvemos explorar algumas atrações um pouco mais distantes do nosso apartamento, mas que mesmo assim são relativamente pertos, portanto dá para ir andando. Para quem não quer andar muito tem a opção do bonde, mas caminhando é mais gostoso e você vai parando para observar tudo pelo caminho.

Seguindo a Avenida de La Constitución em direção a Calle San Fernando, nossa primeira parada foi no clássico Hotel Alfonso XIII, que é muito bonito por fora e por dentro. A arquitetura da fachada segue um estilo clássico elegante, mas seu interior me impressionou mais pela riqueza dos detalhes no lobby. Apesar de o hotel ter um portão de entrada que inibe um pouco a entrada de visitantes, entramos sem problemas para observar e tirar fotos, o que percebemos, poucos turistas fazem.

Sevilha-  Hotel Alfonso XIII

Sevilha-  Hotel Alfonso XIII

Seguindo pela Calle San Fernando, bem ao lado do hotel se encontra a Universidade de Sevilha. Ela não é tão grande assim, mas achamos bem interessante atravessá-la para observar sua arquitetura e o clima jovial dos estudantes que se aglomeravam pelos corredores e pátios.

Sevilha_universidade

Sevilha_universidade_2

Também vizinha a universidade chegamos a magnífica Plaza de España, que em minha opinião é a atração mais bonita e imponente de Sevilha. A Catedral e o Alcazar são lindos também, mas a Plaza de España foi a que nos encantou mais. Também não é para menos, essa imponente e original praça, que faz parte do Parque Maria Luisa, foi criada especialmente para a Exposição Iberoamericana de 1929 e acabou virando um dos símbolos da cidade. Seu formato em semicírculo com um canal ao redor lembra muito algumas paisagens de Veneza, mas é a beleza desse conjunto com a combinação de cores dos azulejos, mármores e cerâmicas que a tornam mais impressionante e bonita. A luz do sol também ajuda a deixar tudo mais bonito, portanto o ideal é visitá-la no final da tarde quando a luz dourada do sol se pondo reflete nas edificações.

Sevilha Praca Espana

Seville Plaza de Espana

Seville Plaza de Espana

Seville Plaza de Espana

Seville Plaza de Espana

Hoje a praça abriga alguns órgãos do governo, portanto é comum ver algumas filas de espanhóis esperando atendimento. Para quem está viajando com crianças, ou apenas queira se distrair um pouquinho e curtir a beleza da praça de outro ângulo, recomendo fazer o passeio de barquinho a remo pelo canal que circunda a praça. Não me recordo do preço exato, mas acho que pagamos em torno de 5 euros por 40 minutos e meu filho se divertiu bastante remando o barquinho e passando por debaixo das pontes.

Seville Plaza de Espana

Seville Plaza de Espana

Seville Plaza de Espana

Não deixe de atravessar também as pontes para tirar algumas belas fotos e observar com cuidado os quadros de cerâmica que enfeitam os bancos ao redor da praça, pois cada um é diferente do outro e retratam fatos históricos das regiões do país.

Seville Plaza de Espana

Seville Plaza de Espana

Seville Plaza de Espana

Voltando pela Paseo de Cristóbal Colón as margens do rio Guadalquivir, você vai poder observar a famosa Torre del Oro, que hoje abriga um Museu Marítimo. Não entramos, mas é possível pagar para subir até o seu topo e observar a vista.

Sevilha_torre_del_oro

Ainda junto ao rio fica a famosa Plaza de Toros de la Real Maestranza, que é uma das praças de touros mais famosas da Espanha e que até hoje abriga touradas, ao contrário de outras praças no país que foram desativadas e modificadas para abrigar outras atrações, como a de Barcelona que virou um shopping. Para quem nunca viu uma tourada, pode ser um programa interessante, mas nós já tínhamos assistido a uma em Madri alguns atrás e não gostamos muito, portanto não assistimos dessa vez.

Plaza de Toros

Foto: Wikipedia


Para encerrar nosso passeio por Sevilha, um dos programas noturnos mais famosos na cidade é assistir a um show de flamenco, que é uma dança típica da região. Existem várias opções na cidade, algumas mais ou menos turísticas, mas nós optamos pela casa Tablao El Arenal, que é bastante tradicional e nos foi indicada por amigos. Além disso, ficava bem próximo do nosso apartamento, facilitando o nosso deslocamento. Infelizmente não é permitido tirar fotos do show, mas no geral gostamos do show, apesar ter começado bem devagar com cantos típicos, melhorando na segunda parte que é mais dançante.

Tablao_el_arenal

Tablao_el_arenal

Além da grande quantidade de atrações interessantes, recomendo passear sem rumo pelas ruas do centro histórico da cidade, pois a cidade é bem vibrante e o clima é bem bacana, com muita gente e comércio. Além das atrações em si, Sevilha conta com excelentes restaurantes e pudemos experimentar alguns durante a nossa estadia, mas isso é assunto para o próximo post. Até lá!

Acompanhe e curta também o Wazari no Facebook

Leia também:

Sevilha: onde ficar e como se deslocar
Sevilha: um passeio pela cidade – parte 1

Anúncios
 
4 Comentários

Publicado por em Março 20, 2015 em Espanha, Sevilha

 

Etiquetas: , , , ,

Sevilha: um passeio pela cidade – parte 1

Sevilha é uma cidade muito agradável e cheia de atrações interessantes. Para conhecê-la bem, recomendo pelo menos 2 a 3 dias inteiros, mas com mais tempo você ainda pode curtir com mais calma o clima da cidade. Também recomendo usá-la como base para conhecer outras cidades próximas, como Córdoba, portanto acabamos passando várias noites por lá e curtimos bastante. Devido ao grande número de atrações, vou dividir o relato em dois posts para não ficar muito pesado.

Nosso primeiro dia infelizmente foi debaixo de chuva, mas isso não diminuiu a beleza das atrações. Começamos logo pela Catedral de Sevilha, pois ficava bem ao lado do nosso apartamento. Considerada patrimônio da humanidade pela Unesco, ela é imensa e sua fachada impressiona! Ocupa um quarteirão inteiro do centro e é considerada a maior da Espanha e uma das maiores do mundo. A entrada custava 8 euros em janeiro de 2015, sendo que menores de 16 anos não pagam se acompanhados de adultos.

Sevilha_Catedral_1

Sevilha_Catedral_1

O interior da Catedral realmente impressiona pela sua beleza e grandiosidade! Sugiro você seguir o guia entregue na bilheteria para ir contemplando todas as salas, capelas e estruturas. Para qualquer lado que você olha fica encantado, portanto é um passeio imperdível para quem passa pela cidade. Destaque para o bonito túmulo de navegador Cristóvão Colombo, apesar de existirem controvérsias sobre seu real paradeiro, já que a República Dominicana alega também possuir os restos do famoso navegador. Gostamos bastante!

Sevilha Catedral

Sevilha Catedral

Sevilha Catedral

Sevilha Catedral

Sevilha Catedral

Sevilha Catedral

Faz parte da catedral a subida a Torre Giralda, um dos símbolos da cidade, mas resolvemos não encarar as rampas até o topo. Na parte de traz fica o Patio de los Naranjos com várias laranjeiras bonitas, mas que infelizmente não pudemos curtir tanto devido a chuva.

Sevilha_Patio_Naranjos

Bem ao lado da catedral fica outra atração famosa: o Real Alcazar de Sevilha. Também considerado patrimônio da humanidade, esse palácio real retrata bem o período que a cidade passou pelo domínio mouro e sua arquitetura é diferente de tudo que já vi na Europa, lembrando mais um palácio que poderia ser facilmente encontrado em Marrocos. Os detalhes mouros são muito bonitos e toda arquitetura da construção impressiona! A entrada custava 9,50 euros, sendo que menores de 16 anos não pagam se acompanhados de adultos.

Sevilha Real Alcazar

Sevilha Real Alcazar

Sevilha Real Alcazar

Sevilha Real Alcazar

Sevilha Real Alcazar

Os jardins também são bem bonitos e suntuosos, mas mais uma vez não pudermos aproveitar tanto devido a chuva.

Sevilha_Real_Alcazar_Jardim

Sevilha_Real_Alcazar_Jardim

Bem ao lado do Alcazar e Catedral fica o Arquivo Geral das Indias, que conta com diversos documentos sobre a história colonial da Espanha, inclusive o famoso Tratado de Tordesilhas.

Sevilha_Archivo_Geral_Indias

No período da tarde aproveitamos a folga da chuva para passear pelo agradável bairro de Santa Cruz, com suas ruazinhas que formam uma espécie de labirinto. Bem bonito, mas como acabamos pegando o horário da siesta, não estava tão movimentado como deveria. Portanto o ideal é passear por essa região pela manhã ou depois das 17h.

Sevilçha_Santa_Cruz_1

Sevilçha_Santa_Cruz

Fomos caminhando na direção norte até o Metropol Parasol, que é uma construção futurística inaugurada em 2011 e muito questionada pelos moradores devido ao seu design, que lembra cogumelos gigantes e contrasta totalmente com arquitetura ao redor do centro antigo. Apesar de não ser do agrado de muitos locais, nós gostamos bastante e achamos bem interessante. Se você desejar, é possível subir até o topo para ver a paisagem da cidade, mas nós não fomos.

Sevilha_Metrosol_Parasol

No caminho de volta aproveitamos que a siesta tinha terminado para passear pelas Calle Sierpes e Calle Velazquez, que são as ruas mais comerciais do centro antigo e onde ficam todas as grandes marcas, como Zara, H&M, Mango, Bershka, etc.. Nos meses de janeiro e julho são realizadas as promoções gerais, também conhecida na Espanha com “rebajas”, portanto é um ótimo momento para comprar excelentes produtos com descontos muito bons.

Sevilha_Calle_Sierpes

Sevilha_Calle_Velazquez

Para terminar esse primeiro post, recomendo também visitar a Plaza Nueva e apreciar a bonita Prefeitura de Sevilha, que a noite fica toda iluminada, assim como grande parte das atrações da cidade.

Sevilha_Plaza_Nueva_1

Sevilha_Plaza_Nueva_1

Acompanhe e curta também o Wazari no Facebook

Leia também:

Sevilha: onde ficar e como se deslocar

 
2 Comentários

Publicado por em Março 11, 2015 em Espanha, Sevilha

 

Etiquetas: , , , ,

Barcelona: bairro gótico e outras atrações

Além das belas atrações de Gaudí que mencionei nesse post, Barcelona tem muito mais a oferecer aos milhares visitantes que visitam a cidade todas as semanas. Vou dar uma rápida passada pelas principais atrações que visitamos nessa última passagem pela cidade, incluindo fotos mais atualizadas, mas é bom lembrar que existem outras tantas atrações para conhecer.

O Bairro Gótico, bem no centro da cidade, é um dos locais mais agradáveis para se caminhar e apreciar a arquitetura. Além do Palau de La Musica, que mencionei no outro post, o bairro conta com diversas ruas e praças interessantes, como as Plaças Sant Jaume e Reial.

Barcelona Bairro Gótico

Barcelona Bairro Gótico

Barcelona Bairro Gótico

Barcelona Bairro Gótico

Barcelona Plaça Reial

Outra atração importante no bairro é a imponente Catedral de Barcelona, que é muito bonita por dentro e por fora! Ela fecha durante um período da tarde, portanto quem pretende visitar tem que ficar atento aos horários para não perder a viagem.

Barcelona Catedral

Barcelona Catedral

Barcelona Catedral

Barcelona Catedral

Bem ao lado do Bairro Gótico se encontra o Born, um bairro da moda que cresceu muito nos últimos anos e que hoje é um dos melhores locais para se passear. Suas ruazinhas estreitas são bem charmosas e para mim foi uma grande surpresa, já que quando estive em Barcelona pela primeira vez essa região era bem mais pobre e nada turística, portanto a transformação foi surpreendente.

Barcelona Born

Barcelona Born

Barcelona Born

Barcelona Born

Barcelona Born

Outro programa imperdível, principalmente no verão, é visitar a Playa de Sant Sebastià no antigo bairro de Barceloneta. Vale muito a pena caminhar pelo calçadão e apreciar a bela paisagem, além de ver como os locais curtem a praia, mesmo que você não tenha intenção de mergulhar ou curtir a praia propriamente dita. A arquitetura do Hotel W Barcelona ao fundo dá um toque especial ao cenário.

Barcelona Playa Sant Sebastia

Barcelona Playa Sant Sebastia

Barcelona Playa Sant Sebastia

Barcelona Playa Sant Sebastia

Barcelona Hotel W

Outro local agradável e bonito para se caminhar é a região do porto, concentrada entre Barceloneta e o Bairro Gótico e ao final da famosa rua Las Ramblas. O visual também é muito bonito e nessa região você encontra o monumento em homenagem a Cristóvão Colombo, além do Aquário de Barcelona e o Shopping Maremagnum.

Barcelona porto

Barcelona_porto_2

Barcelona_porto_3

Barcelona porto

Barcelona_Shopping_Maremagnum

Para encerrar, quem curte futebol, ou está viajando com crianças que curtem, não pode deixar de visitar o Estádio de Futebol do Barcelona FC, mais conhecido como Camp Nou. Famoso mundialmente, o clube é referência no mundo do futebol. A visita não é barata, mas inclui um tour pelas dependências do estádio, como arquibancada, vestiário, campo, banco de reservas, cabine de imprensa e também um belo museu com todos os troféus, camisas e referências aos principais conquistas e jogadores que vestiram a camisa do clube. Isso inclui diversos craques brasileiros, como Romário, Ronaldo, Rivaldo, Ronaldinho Gaúcho e agora Neymar, por isso existe uma ligação forte do clube com o Brasil. Meu filho adorou e um dos locais bacanas do museu é uma mesa interativa, que na verdade é uma grande tela touch screen, onde você pode selecionar e arrastar para assistir a um dos diversos gols históricos do clube. Na saída você ainda pode comprar alguma recordação na loja do clube. Programa imperdível para quem gosta de futebol!

Estádio do Barcelona

Estádio do Barcelona

Estádio do Barcelona

Estádio do Barcelona

Estádio do Barcelona

Estádio do Barcelona

Para encerrar essa série sobre Barcelona, no próximo post eu dou algumas dicas sobre onde comer bem na cidade, incluindo as famosas tapas espanholas. Aguardem!

Acompanhe e curta também o Wazari no Facebook

Leia também:

Barcelona: atrações
Barcelona: as belas atrações de Antoni Gaudí
Barcelona: onde se hospedar

 
2 Comentários

Publicado por em Julho 1, 2014 em Barcelona, Espanha

 

Etiquetas: , , ,