RSS

Arquivo de etiquetas: Resort

Playa del Carmen: Hotel Ibertostar Tucán

Na nossa viagem do início do ano, onde também visitamos Miami, cujos relatos você pode ler aqui, aproveitamos para voltar a Playa del Carmen, um destino que tínhamos adorado quando fizemos nossa viagem a Cancún alguns anos atrás. Gostamos tanto, que já vínhamos planejando há algum tempo retornar para nos hospedar diretamente lá e aproveitar melhor a região, já que nos agradou bem mais do que Cancún. Dessa vez foi exatamente o que fizemos!

Chegando ao aeroporto, alugamos um carro e fomos direto para Playa del Carmen, mais precisamente para o Hotel Iberostar Tucán, que fica na região de Playacar. Para quem não quera alugar carro, o táxi é tabelado e o trajeto aeroporto-hotel custa US$60, que foi o que fizemos na volta, já que devolvemos o carro em Playa durante nossa estadia.

Playa del Carmen Iberostar - Entrada

Na verdade, Playacar parece mais um condomínio residencial cercado por guaritas em todos os acessos e cheio de casas maravilhosas e diversos resorts, portanto é uma área muito tranquila e segura, além de muito bonita e isolada. Apesar de não ser ideal para quem deseja sair caminhando do hotel e curtir a cidade, Playacar fica ao sul e somente a 5 minutos de táxi da quinta avenida, que é a principal rua comercial e turística da cidade. Para quem deseja se hospedar em resorts com toda uma infraestrutura e ainda ficar perto do centro urbano para curtir, em minha opinião essa é a melhor região, pois os grandes resorts ao longo da Riviera Maya são muito isolados de tudo e só valem a pena para quem deseja passar todos os dias no hotel e na praia.

O hotel, como já era esperado e desejado, segue a mesma linha dos resorts do grupo Iberostar no Brasil e também é all-inclusive. Como nós gostamos e sempre tivemos boas experiências na Bahia, não tivemos muitas dúvidas no momento de reservar. O problema é que o grupo possui vários resorts nessa região, mas reservamos essa filial justamente por sua localização. Outra dica importante e que confunde quem está pesquisando é que eles divulgam o hotel como se fossem dois: Tucán e Quetzal. A única diferença é que o primeiro fica do lado direito e o segundo do lado esquerdo, mas toda a estrutura, restaurantes, piscinas, recreação, shows e praias são os mesmos, portanto não faz diferença qual você reserva. Talvez nos quartos exista alguma diferença, mas como só conheci o do Tucán, não posso afirmar. Veja o mapa do hotel para ter uma ideia melhor.

Iberostar Tucan-quetzal Map

O lobby conjunto dos dois hotéis é muito bonito e agradável e conta com as tradicionais lojinhas, empresas de turismo e um bar. É no lobby também que se faz as reservas para os restaurantes temáticos, portanto aproveite o momento do check-in para garantir logo as suas reservas.

Playa del Carmen Iberostar - Lobby

Playa del Carmen Iberostar - Lojas

O hotel é composto por diversos os blocos de 3 andares ao longo de sua extensão e não existe elevador, portanto semelhante aos do Brasil. Tudo muito bem cuidado e bonito, fornecendo um clima bem agradável!

Playa del Carmen Iberostar - Blocos

Falando do quarto, ele é muito bom e bem espaçoso e confortável. Pedimos um com duas camas de casal queen, mas também existem outros com somente uma cama king size, que obviamente fica com mais espaço. Existe um sofá-cama na parede para 1 criança dormir, caso necessário. Todos têm uma varanda boa e do nosso dava até para ver o mar, já que ficamos no segundo bloco a partir de praia. O frigobar está incluso no sistema all-inclusive e eles repõem diariamente. O único lado negativo é que o Wifi do hotel, além de pago, não funciona nos quartos e está disponível somente no lobby.

Playa del Carmen Iberostar - Quarto 1

Playa del Carmen Iberostar - Quarto 2

Playa del Carmen Iberostar - Quarto 3

Playa del Carmen Iberostar - Banheiro 1

Playa del Carmen Iberostar - Banheiro 2

As piscinas também são muito boas e grandes e em nenhum momento vi ela muito cheia, mesmo sendo alta temporada. Acredito que o principal motivo seja a praia maravilhosa em frente, apesar de muitos ainda preferirem a tranquilidade da piscina. Uma delas tem o famoso bar molhado e até uma cachoeira, sendo a preferida dos adultos. Confesso que nós utilizamos muito pouco a piscina e ficamos quase todo tempo na praia, mas sempre é bom para uma relaxada no final de tarde.

Playa del Carmen Iberostar - Piscina 1

Playa del Carmen Iberostar - Piscina 2

Já que falei da praia, vamos a ela. Só tenho uma palavra para descrever: maravilhosa!! Já tinha lido bastante os comentários antes de ir e já conhecia a praia do centro de Playa da viagem anterior, portanto não foi nenhuma surpresa ver aquela praia mansinha, com areia gostosa e um mar verde transparente, mas mesmo assim não tem como você não ficar encantado com esse paraíso.

Playa del Carmen Iberostar - Praia 1

Playa del Carmen Iberostar - Praia 2

Playa del Carmen Iberostar - Praia 3

Playa del Carmen Iberostar - Praia 4

É uma praia ideal para quem viaja com crianças e meu filho se divertiu muito todos os dias na água e com as atividades na areia. Para quem gosta, tem quadra de vôlei e eles ainda oferecem gratuitamente material para mergulho e algumas práticas esportivas aquáticas. Nós acabamos pegando um caiaque, já que a água é bem mansa e dá para remar tranquilo. Você pode alugá-lo 1 hora por dia sem custo.

Playa del Carmen Iberostar - Atividades Mar

Além dos esportes aquáticos, o hotel conta também com quadras e academia de ginástica perto do lobby. Essa última é bem aparelhada e conservada, mas as quadras poderiam passar por uma reforma, já que estão um pouco velhas. De qualquer forma, eles emprestam todo material para jogar gratuitamente e como meu filho adora esportes, jogamos um pouquinho de tudo ao longo dos dias.

Playa del Carmen Iberostar - Academia

Playa del Carmen Iberostar - Quadras

Agora, um dos grandes diferenciais desse resort é sem dúvida nenhuma a floresta que ele possui bem no centro do complexo, dividindo o prédio principal do lobby e restaurantes da área dos quartos e piscinas. Nas resenhas da internet eu achava que essa área relativamente pequena, mas não tem um tamanho razoável. Além de ser uma área arborizada e gostosa para as épocas quentes, ela serve de habitat para uma série de animais que ficam soltos o dia todo e caminham entre os hóspedes. É muito bacana e as crianças adoram! Tem vários pássaros, como pavão e flamingo, tartaruga, esquilos e muitos micos. Eles inclusive recomendam que você feche a porta da varanda do seu quarto quando for sair para evitar que os micos entrem no quarto.

Playa del Carmen Iberostar - Floresta 4

Playa del Carmen Iberostar - Floresta 1

Playa del Carmen Iberostar - Floresta 2

Playa del Carmen Iberostar - Floresta 3

A recreação infantil infelizmente não é do mesmo nível aqui do Brasil, mas mesmo assim é razoável. Existe um mini clube bem equipado e vários recreadores, mas achei que as atividades menos interessantes. Também pesa o fato de eles obviamente não falarem português, por isso meu filho acabou aproveitando um pouco só. A maioria da clientela do hotel é de turistas americanos, por isso os recreadores focam mais no inglês.

Playa del Carmen Iberostar - Mini Clube 1

Playa del Carmen Iberostar - Mini Clube 2

A recreação adulta é bem animada, assim como todos os funcionários do hotel, que são bem simpáticos e prestativos. A programação é intensa e têm muitas atividades durante todo o dia e noite. Nós participamos de algumas, principalmente as que acontecem na praia, como jogos, esportes e aeróbica.

Playa del Carmen Iberostar - Aerobica

Para complementar a recreação infantil e adulta, todos os dias acontecem shows no teatro no prédio principal. Cada tem um diferente e você pode ver a programação no painel perto do lobby. Alguns são bastante interessantes e outros mais fracos, mas vale pela diversão. O show das fotos abaixo foi o que retrata diversos filmes famosos de Hollywood, adultos e infantis, portanto divertido para todas as idades.

Playa del Carmen Iberostar - Show 1

Playa del Carmen Iberostar - Show 2

Playa del Carmen Iberostar - Show 3

Para encerrar, vamos falar da comida e dos restaurantes. Como em quase todos os resorts, a comida é boa e farta, mas não é nenhuma maravilha para quem procura algo mais gourmet ou ingredientes muito caros. Apesar da culinária ser um pouco diferente da nossa e mais adaptada aos gostos dos mexicanos e americanos, gostamos do sabor e da variedade.

O café da manhã é servidor no restaurante principal e tem muita opção. Eles também fazem omelete com ingredientes personalizados na hora. Bem gostoso!

Playa del Carmen Iberostar - Cafe da manha 1

Playa del Carmen Iberostar - Cafe da manha 2

Playa del Carmen Iberostar - Cafe da manha 3

No restaurante principal Tulum a comida também é boa, mas é abaixo dos restaurantes temáticos. Gostamos também das opções oferecidas todos os dias e não tivemos problemas com o paladar ou comida apimentada.

Playa del Carmen Iberostar - Restaurante Tulum 1

Playa del Carmen Iberostar - Restaurante Tulum 2

Playa del Carmen Iberostar - Restaurante Tulum 3

Playa del Carmen Iberostar - Restaurante Tulum 4

Ao lado da piscina ficam os restaurantes Uxmal e La Marimba, que são iguais e servem os mesmos pratos durante o dia, mas mudam a noite e se transformam em restaurantes temáticos. Durante o dia eles servem basicamente petiscos e comidas rápidas para quem está na piscina e praia, portanto serve tanto para quem deseja almoçar sem sair desses ambientes, como também para fazer um lanchinho para matar a fome da tarde. As crianças adoram os nachos com queijo derretido por cima!

Playa del Carmen Iberostar - Restaurante Piscina 1

Playa del Carmen Iberostar - Restaurante Piscina 2

Em determinados dias eles também oferecem uma paella em uma barraca montada na praia. Você podia escolher entre a de frutos do mar ou de carnes. Estava razoável, mas valeu pela diversão e comodidade.

Playa del Carmen Iberostar - Paella

Como ficamos 5 noites, nós só tínhamos direito a 2 reservas nos restaurantes temáticos, mas o concierge era bem simpático e como eles tinham reservas sobrando, ele permitiu que nós realizássemos 3 reservas, o que foi bem interessante para conhecer uma variedade maior. São ao todo 5 restaurantes: mexicano, japonês, italiano, steak house e tropical. Como não gostamos de japonês, acabamos experimentando os 3 últimos.

O restaurante tropical Uxmal funciona no mesmo local do restaurante diurno da piscina, só que a noite eles mudam um pouco a decoração. A comida é muito baseada em frutos do mar, mas os pratos eram simples. Entre os três que fomos, esse foi o pior e se voltasse ao hotel trocaria por outra opção, mas mesmo assim valeu a pena.

Playa del Carmen Iberostar - Restaurante Tropical 1

Playa del Carmen Iberostar - Restaurante Tropical 2

Playa del Carmen Iberostar - Restaurante Tropical 3

O restaurante italiano é o La Gondola, que é bem mais requintado e funciona no prédio principal. O ambiente é bem gostoso e tinha até um grupo cantando para tornar o jantar mais romântico. A mesa de frios contava boas opções e as massas eram boas e saborosas. Só a sobremesas que achei fracas, apesar da boa apresentação. O italiano com certeza foi uma ótima escolha!

Playa del Carmen Iberostar - Restaurante La Gondola 1

Playa del Carmen Iberostar - Restaurante La Gondola 2

Playa del Carmen Iberostar - Restaurante La Gondola 3

Playa del Carmen Iberostar - Restaurante La Gondola 4

O último foi o steak house, que eu nem esperava tanto, mas acabou sendo o melhor de todos que experimentamos. Ele funciona no mesmo local do La Marimba, portanto a decoração não é lá essas coisas, mas a comida foi a mais saborosa de todas. As entradas eram boas, com destaque para os camarões e cebolinha frita, e as carnes estavam no ponto. As sobremesas também eram boas. Definitivamente surpreendeu!

Playa del Carmen Iberostar - Restaurante Steak House 1

Playa del Carmen Iberostar - Restaurante Steak House 2

Playa del Carmen Iberostar - Restaurante Steak House 3

Playa del Carmen Iberostar - Restaurante Steak House 4

Bem, essa foi a nossa experiência no Iberostar Tucán em Playa del Carmen, que foi totalmente aprovada. A praia é muito boa e a estrutura do hotel também, portanto é um local ideal para relaxar e aproveitar. Além disso, fica bem próximo do burburinho da vila, portanto é fácil combinar descanso com um pouco de agito. No próximo post eu vou falar sobre um dos passeios que realizamos durante nossa estadia. Até lá!


Acompanhe e curta também o Wazari no Facebook



Leia também:

Playa del Carmen
Cancun – Informações Úteis
Cancun – Xcaret
Cozumel
Cancun – Ano Novo
Cancun – Final

Advertisement
 
2 Comentários

Publicado por em Agosto 14, 2013 em México, Playa del Carmen, Resorts

 

Etiquetas: , , , ,

Natal: como é se hospedar no Ocean Palace Resort

Natal é uma dessas cidades que nos encantam, mas fazia anos que não voltava para apreciar as novidades e curtir o clima gostoso desse paraíso. Pois bem, aproveitamos um feriado prolongado e finalmente voltamos a Natal. Ao contrário da outra vez, quando ficamos em um hotel na praia de Ponta Negra, optamos por nos hospedar no Ocean Palace Resort, que fica bem no início da Via Costeira para quem vem da praia de Ponta Negra. Já tínhamos boas indicações do hotel e procurávamos algo confortável e com uma boa estrutura para crianças, portanto o hotel acabou sendo uma escolha perfeita e agradou em cheio toda a família. A nossa reserva incluía somente o café da manhã, pois queríamos experimentar os restaurantes da cidade, mas eles também oferecem meia-pensão com jantar incluso para quem desejar.

Natal - Praia Ponta Negra

Ocean Palace - Prédio

O primeiro ponto positivo é justamente sua excelente localização, pois ele fica na tranquilidade e privacidade da Via Costeira, mas ao mesmo tempo muito próximo de todo o burburinho da Praia de Ponta Negra, portanto uma ótima opção para quem quer conciliar os dois mundos, como era o nosso caso. O Sehrs e Pestana, que são outros grandes hotéis na mesma via, ficam um pouco adiante e também são muito bem localizados, mas o Ocean Palace ganha por ser o mais perto e ter a melhor vista da Ponta Negra.

Ocean Palace - Vista

Natal - Morro do Careca

Apesar de ser um hotel mais antigo, achamos a toda a infra do hotel muito bem conservada. Somente o quarto poderia passar por uma certa renovação, e acho até que alguns blocos já se renovaram, mas nada que comprometa. Bem, para não dizer que foram tudo flores, tivemos um pequeno problema na chegada, pois o quarto que nos fora designado estava em obras quando abrimos a porta. Depois de algum tempo de espera para conseguirmos um novo quarto, logo tudo foi acertado. Apesar da falha, não comprometeu em nada o restante da nossa estadia, que foi praticamente perfeita.

Ficamos na ala direita do hotel e os quartos são bem espaçosos e confortáveis. Todos possuem varanda, mas como ficamos no térreo, ainda tínhamos a nossa disposição um gramadinho bem gostoso com uma vista espetacular da Ponta Negra e do Morro do Careca, o principal cartão postal da cidade. Nada mais gostoso do que voltar da praia ou piscina e curtir uma cervejinha apreciando aquela paisagem gostosa! 🙂

Ocean Palace - Quarto 1

Ocean Palace - Quarto Banheiro

Ocean Palace - Quarto 2

Ocean Palace - Quarto Varanda 1

Ocean Palace - Quarto Varanda 2

Um dos grandes diferenciais do hotel é seu ótimo complexo de piscinas! Existem várias divididas entre os decks mais baixos e altos, portanto opção não é um problema. No andar de baixo fica a piscina onde acontecem as atividades da recreação, que é cortada por umas pontes e tem um bar molhado, assim como uma hidro com água mais quente. Existem algumas piscinas para as crianças menores entre os decks. Na parte de cima fica a piscina com música e deck molhado, que também conta com um bar molhado. No meio de tudo tem até uma piscina com cachoeira para se refrescar, mas a minha preferida ficava nova canto direito e bem na frente do nosso quarto. Essa piscina ficava colada na borda e tem um visual incrível da praia de Ponta Negra e ainda conta com uma outra piscina anexa de hidromassagem com água aquecida. Um show!

Ocean Palace - Piscina 1

Ocean Palace - Piscina 2

Ocean Palace - Piscina 3

Ocean Palace - Piscina 4

Ocean Palace - Piscina 5

Ocean Palace - Piscina 6

Ocean Palace - Piscina 7

A noite a iluminação das piscinas dá um toque todo especial ao ambiente do hotel.

Ocean Palace - Piscina Noite 1

Ocean Palace - Piscina Noite 2

Se não bastasse esse complexo variado de piscinas, no final de tarde eles ainda disponibilizam uma piscina interna com água bem quente para você relaxar! Ela fica ao lado da sauna e dos chuveiros.

Ocean Palace - Piscina Interna

A praia bem em frente também é outro ponto positivo do hotel, apesar de o mar ser um pouco agitado. Basta descer as escadas e você já está com pé na areia. O hotel também conta com uma estrutura na praia, portanto você não precisa se preocupar com cadeiras e barracas, que são fornecidas gratuitamente. O mar não é tão recomendado para crianças pequenas, mas a água é naquela temperatura ideal do nordeste e a areia é bem gostosa e boa para caminhar. Tanto a praia de Ponta Negra a direita, quanto o Sehrs a esquerda, ficam a pouco minutos de distância caminhando, portanto são ótimos programas para quem gosta de um passeio e não quer ficar somente no hotel. Como em qualquer praia urbana, existem alguns ambulantes vendendo seus produtos artesanais para os hóspedes, mas nada que incomode.

Ocean Palace - Praia 1

Ocean Palace - Praia 2

Ocean Palace - Praia 3

Ocean Palace - Praia 4

Ocean Palace - Praia 5

Para quem não quer ficar só na boa vida e deseja se exercitar um pouquinho, o hotel conta com uma excelente e completa academia de musculação e até aparelhos de pilates, que é raro em hotéis. Normalmente os aparelhos nesses hotéis são relativamente usados e ultrapassados, mas não é o caso do Ocean Palace. Fiquei extremamente surpreso com a qualidade e variedade dos aparelhos, sendo que algumas esteiras são de última geração e totalmente computadorizadas. Outra vantagem é que a academia fica de frente para as piscinas e o mar, portanto você até fica um pouco mais motivado para malhar! 😀

Ocean Palace - Academia

Ocean Palace - Pilates

A recreação adulta é bem mais simples que a dos resorts maiores que costumamos frequentar, mas sempre rola alguma atividade e os recreadores são simpáticos e não te incomodam. Na piscina pela manhã sempre tem uma tradicional aula de hidroginástica e alguns jogos aquáticos!

Ocean Palace - Hidroginástica

No entanto, a recreação infantil é excelente e meu filho adorou, tanto que não queria sair nunca! Eu não levava tanta fé no início, mas o Kid´s Club é muito bem equipado e refrigerado, com uma ótima área para os pequenos se divertirem. Meu filho gostou bastante também da área externa, que conta com um bom pula-pula e um pequeno campo de futebol. Além da ótima estrutura, os recreadores eram muito bons e divertidos e as atividades constantes, mesmo em uma época de baixa temporada.

Ocean Palace - Kids Club

Ocean Palace - Kids Club Externo 1

Ocean Palace - Kids Club Futebol

Além do Kid´s Club, no mesmo andar da recepção tem uma sala de jogos escondida com uma boa estrutura e vários jogos eletrônicos e mesas de sinuca, totó e tênis de mesa. Além disso, lá no final ainda tem uma pequena sala de cinema, que passa todos os dias um filme infantil a tarde e outro adulto a noite, portanto é bom acompanhar a programação. No horário do cinema infantil os próprios recreadores levam as crianças e servem até pipoca e algodão doce sem nenhum custo adicional, o que achei um barato!

Ocean Palace - Sala de Jogos 1

Ocean Palace - Sala de Jogos 2

Ocean Palace - Sala de Jogos 3

Além da recreação tradicional diurna, todos os dias eles ofereciam algum tipo de atração noturna. Os shows são simples, mas divertem. Durante nossa estadia eles apresentaram show de capoeira e um excelente show de mágica para as crianças. O mágico era realmente muito bom e até os adultos se divertiram!

Ocean Palace - Show de Magica

Para encerrar, vamos falar sobre as opções de alimentação. O café da manhã é bem farto e variado, com muitas opções para todos os gostos. Ele é servido no restaurante principal. A tapioca poderia ser um pouco melhor!

Ocean Palace - Café da manhã 1

Ocean Palace - Café da manhã 2

Ocean Palace - Café da manhã 3

Existem ao todo 4 restaurantes à la carte, sendo que o principal, onde é servido o café da manhã, é o único que fica aberto durante o almoço e a tarde. A pizzaria e os restaurantes francês e japonês só abrem a noite para o jantar. Se você opta pela meia-pensão, vai poder escolher entre essas opções. Como nós queríamos explorar os restaurantes da cidade (vai ter um outro post sobre isso), reservamos só o café da manhã, por isso acabamos comendo somente 2 vezes no hotel. Você dá o número do quarto e paga só no check-out. Em uma das noites optamos por lanchar na pizzaria à lenha. As pizzas são do tamanho de um prato e estavam bem gostosas e crocantes. Gostamos bastante!

Ocean Palace - Pizzaria 1

Ocean Palace - Pizzaria 2

No dia da saída almoçamos no restaurante principal antes de ir para o aeroporto por comodidade, pois não daria tempo de comer em outro local. Você pode optar pelo buffet ou pratos à la carte, sendo que achamos ambas as opções bem caras. Fomos de à la carte mesmo e o peixe estava bem gostoso, mas sinceramente não achei que o custo-benefício valeu a pena. Prato caro e não tão farto! Se você não tiver pago pela meia-pensão, minha recomendação é sempre almoçar em algum restaurante fora do hotel, ou pedir algumas das porções no bar da piscina, que são bem fartas e gostosas e o preço é mais condizente com que é servido.

Ocean Palace - Restaurante 1

Ocean Palace - Restaurante 2

Resumindo, gostamos bastante da nossa estadia no Ocean Palace e definitivamente pretendemos repetir a dose em uma nova viagem a Natal no futuro. Hotel aprovado pela família Wazari!!! 😀


Acompanhe e curta também o Wazari no Facebook



Leia também:

Iberostar Bahia (Praia do Forte)
Iberostar Premium Praia do Forte
Summerville – Porto de Galinhas
Búzios: Hotel Ferradura Resort
Hotel Fazenda Galo Vermelho

 
22 Comentários

Publicado por em Maio 20, 2013 em Brasil, Natal

 

Etiquetas: , , , , ,

Punta Cana: Gran Bahia Principe Bávaro

Um dos destinos da viagem que acabei de realizar foi Punta Cana, na simpática República Dominicana. Esta fica no Caribe na mesma ilha do combalido Haiti. Apesar da proximidade, os países são totalmente diferentes, sendo a República Dominicana um dos países que mais recebem turistas na região.


A capital é Santo Domingo (3 horas de distância), mas a maioria dos turistas vai mesmo é para Punta Cana, cuja economia gira toda em torno do turismo. Ela inclusive tem seu próprio aeroporto internacional, não sendo necessário desembarcar na capital. Para chegar lá é fácil, pois agora a Gol oferece 2 voos semanais do Rio de Janeiro, com escalas em São Paulo e Caracas (Venezuela). Também existem outras possibilidades, como a Copa via Panamá, ou a maiorias das companhias americanas, fazendo conexão nos EUA. Como passei pelos EUA anteriormente (vou falar disso nos próximos posts), peguei o voo de Miami que leva apenas 2 horas até o aeroporto de Punta Cana, sendo essa uma ótima combinação de viagem. Além disso, sugiro fazer o voo de dia, pois as paisagens pelo caminho são maravilhosas e dá até vontade pular do avião e mergulhar! 🙂


Na chegada você se depara com um aeroporto simples, mas bem bacana e agradável. Ele é todo coberto de palha e lembra mais um resort do que um aeroporto em si. A imigração pode ser demorada, como foi a minha, pois depende da quantidade de voos chegando ao mesmo tempo. Acabei levando uns 40 minutos. Você também é obrigado a comprar o “tourist card” por US $10 por pessoa para poder passar pela imigração. Os táxis são tabelados e custam normalmente entre US$30 a US$40, dependendo da região do seu hotel, sendo que eu paguei US$38.


Esse é um destino cujo principal objetivo é descansar e curtir o hotel e a maravilhosa praia, já que todos os hotéis são no sistema all-inclusive. São muitos hotéis, o que comprova a força do turismo na região. Como não existem muitas atrações por perto e nem uma vila para se passear, as principais atrações são mesmo o hotel e a praia, portanto a principal tarefa para o sucesso da sua viagem é escolher bem o hotel. Não, não é uma tarefa fácil, já que são muitas opções, preços e resenhas contraditórias dos viajantes. Tem opção para todos os bolsos e os preços são um bom indicativo da qualidade do hotel, mas não uma garantia. Um dos melhores locais para entender melhor essa região, e ler comentários de outros viajantes, são os excelentes posts do Viaje Na Viagem do turista profissional Ricardo Freire, que detalha minuciosamente o litoral e fornece experiências reais de hospedagem em alguns hotéis, além de dicas sensacionais! Para visualizar a página específica de Punta Cana, clique aqui. O post Como escolher seu resort em Punta Cana é de extrema utilidade. Para ajudar, veja um mapa dos resorts abaixo:


Seguindo indicação de amigos e também as avaliações do tripadvisor, escolhemos o hotel Gran Bahia Principe Bávaro, que é uma grande rede espanhola de resorts e estava com um preço excelente para a época. Na verdade, esse é só um hotel de um complexo com 4 hotéis, já que lá também funcionam o Gran Bahia Principe Punta Cana, o Gran Bahia Principe Esmeralda e Gran Bahia Principe Ambar, sendo esses últimos 2 mais exclusivos e caros. Gostamos do resort, mas não adoramos, pois ele peca na qualidade da comida e na recreação infantil (vou falar desses pontos abaixo), mas o resultado final foi positivo.


O complexo é bem grande, o que gera uma certa confusão no início, mas depois você se acostuma. Para facilitar os deslocamentos, o hotel disponibiliza 3 linhas regulares de carrinhos para levar os hóspedes. Existem pontos de parada ao longo do resort e basta você esperar que logo chega um, o que é uma facilidade muito boa!


O hotel é bom bonito e arborizado, com blocos de apartamentos de 3 e 2 andares, mas sem elevador. Nesse ponto os maleiros te ajudam, já que eles também contam com carrinhos para levar os hóspedes e malas até os quartos e são eles que sobem e descem as escadas com as malas. Só não esqueça de separar uma gorjetinha para eles!


Os quartos são bem confortáveis e grandes, apesar de não serem muito novos e não contarem com tecnologias mais modernas, como televisão LCD, mas gostamos. São bem cuidados e as moças da limpeza são extremamente eficientes e simpáticas. Aliás, esse é um dos pontos fortes do resort, pois todos os funcionários são super alegres, simpáticos e solícitos, sendo que a maioria fala várias línguas: espanhol, inglês e até francês (tem muito canadense). O único problema que tivemos é que o quarto não estava pronto quando chegamos, apesar de termos chegado tarde, mas relevamos. O quarto conta com espaço para 2 camas de casal queen size (ideal para quem está com crianças maiores), ou 1 king size, e mais uma salinha e varanda. Eles também estão equipados com um frigobar com bebidas já inclusas na diária, sendo que as mesmas são respostas diariamente. Existe também um cofre, mas o mesmo é cobrado a parte, o que achei um preciosismo do hotel.


Infelizmente não tem wifi nos quartos, mas eles oferecem wifi gratuito na área da recepção e bar, o que é uma grande vantagem em relação aos resorts aqui do Brasil, que inexplicavelmente cobram caro pelo acesso a internet. O acesso não é dos mais rápidos, principalmente na hora de pico, mas atendeu as nossas necessidades.

A praia em frente é muito boa e bonita, com água calminha e clara, apesar de não ser tão clara como a que vimos em Aruba e Playa del Carmen. A areia também uma delícia! As crianças adoram e a praia conta com vários coqueiros, que dão um toque especial à paisagem. A faixa de areia não é muito larga nesse pedaço, mas vi que em outros pontos ela aumenta, como em frente ao hotel Riu, que é vizinho. O vento incomodou um pouco, mas ouvi falar que é da época. O hotel conta também com uma quantidade bem grande de espreguiçadeiras e barracas na praia, mas que são bastante disputadas nas épocas cheias. De qualquer forma, mesmo chegando mais tarde, sempre encontrávamos alguma vazia, mas às vezes tínhamos que procurar um pouco.


O hotel possui 3 grandes piscinas, sendo 1 ao lado da praia, que fica sempre mais cheia, e 2 internas e entre os blocos de apartamentos, mais no centro do complexo. Uma dessas piscinas internas é exclusiva para hóspedes com pulseira vip, por isso fica sempre mais tranquila. Todas contam com uma piscina grande, uma menor para crianças, pelo menos uma jacuzzi e bar molhado. Na piscina ao lado da praia tem uma parte que é uma rampa que vai descendo aos poucos até o fundo que meu filho adorou, pois dava pé para ele. No entanto, apesar do bom atendimento, as bebidas nos bares são bem básicas e não me agradaram muito. Eles até oferecem uma piña colada e caipirinha, mas tudo pronto e meio com gosto de suco. Eu recomendo ficar na cerveja, que surpreendentemente era da Brahma, portanto gostosa.

Piscina da praia

Piscina interna


Falando de pulseira vip, seguimos uma dica do Ricardo Freire e pagamos um adicional por essa opção, chamado de Club Hacienda. Foi a melhor decisão que tivemos! Essa pulseira oferece uma série de pequenos diferenciais, como check-in exclusivo e acesso gratuito a um computador com internet, mas as grandes vantagens mesmo são a piscina exclusiva, uma reserva a mais nos restaurantes temáticos e um restaurante exclusivo (italiano) para o café da manhã e almoço. Como o hotel estava bem cheio devido ao spring break americano, esse restaurante exclusivo foi excelente, pois fazíamos nossas refeições na maior tranqüilidade e ainda por cima contávamos com um menu à la carte no almoço, cuja qualidade era bem melhor do que a do restaurante buffet principal. Os pratos eram simples, mas saborosos.

Café da manhã

Café da manhã

Saladas do almoço

Espaguete ao pesto

Filé e frango grelhado

Sobremesas


O restaurante principal fica ao lado da recepção e é bem espaçoso e agradável, mesmo com o hotel bem cheio. O lado negativo fica por conta da comida, que apesar de variada, era bem fraca em termos de sabor, ainda mais se comparada com as comidas dos resorts do Brasil. Dificilmente o restaurante principal de um resort tem uma comida muito boa, e nem é esse o modelo de negócio deles, mas admito que esperava um pouco mais. Jantamos lá 2 noites e agradecemos por ter reservas nos restaurantes temáticos para os outros dias.


Existem também 2 snack bars ao lado da piscina principal próxima a praia que servem lanches praticamente o dia inteiro, sendo que um deles serve também o café da manhã. Tem pizza, hambúrguer, cachorro quente e mais alguns itens, mas infelizmente a qualidade também não é das melhores. Serve mais para matar aquela fome da tarde.


Agora vamos ao lado bom das comidas do hotel, que são os restaurantes temáticos. Eles ficam em outro patamar e gostamos muitos dos 3 restaurantes que frequentamos. O grande diferencial é a quantidade de opções disponíveis, já que existem restaurantes de 7 especialidades diferentes: espanhol, japonês, mediterrâneo, italiano, mexicano, francês e carnes. Como ficamos 5 noites, tínhamos direito a 3 reservas. Em quase todos você escolhe um dos pratos do cardápio, mas também pode se servir dos pratos do buffet, que as vezes são mais gostosos que o próprio prato principal. Não existe um padrão quanto aos pratos infantis, já que uns possuem cardápio próprio, mas outros não. De qualquer forma, sempre tem algumas boas opções para as crianças, portanto os pais podem ficar tranquilos.

O primeiro que escolhemos foi o espanhol, que era bem bonito e contava com excelentes opções no buffet, como uma paella gostosa, a famosa tortilla espanhola e umas lulas fritas que estavam no ponto. Para o prato principal, pedimos um porco (cochinillo) e peixe com molho de frutos do mar.


O próximo foi o japonês, que é diferente de todos os outros. A refeição é toda preparada na chapa e o menu se limita ao teppanyaki de peixe, frango e carne, acompanhados de arroz frito e vegetais. O grupo se senta ao redor da chapa e o cozinheiro faz um showzinho e depois prepara toda refeição ao vivo. É bastante interessante e a comida estava boa, apesar de não ter shushi como um japonês típico. De sobremesa experimentamos um sorvete frito, que também gostamos.


Por último, fomos no mediterrâneo, que foi o que menos gostamos dos três. Tinha camarão e lula no buffet e os pratos estavam bons, mas a comida demorou um pouco. O resultado final foi positivo e a comida também estava boa.


No quesito diversão, o resort é imenso e conta com várias opções. Para os adultos existem opções de esporte náuticos, que eu não conferi, e as quadras de tênis, vôlei, basquete, paddle e mais um campo de futebol, sendo que eles emprestam gratuitamente o material.

Campo de Futebol

Quadras de Tênis


As crianças contam com um mini clube muito bem equipado e limpo ao lado das piscinas internas, o que é uma boa localização para os pais que desejam ficar na piscina enquanto os filhos brincam. Meu filho adorou brincar lá! Tem uma funcionária que toma conta das crianças, bastando os pais deixarem registrado a entrada e saída dos seus pimpolhos. O lado negativo é que não existe uma recreação com atividades elaboradas paras as crianças, como acontece nos resorts ou hotéis fazenda brasileiros. Até tem um quadro de atividades, mas que não era seguido e as crianças acabam passando o tempo todo no clube sem uma atividade específica. Isso nos decepcionou um pouco, mas não atrapalhou, pois nós mesmos fizemos o papel de recreadores. 😀


Uma ótima opção para crianças, e adultos também, é jogar mini golfe. Tem alguns buracos ao lado das quadras esportivas e eles também te emprestam o material sem custos. É um jogo bem legal e meu filho queria jogar todos os dias, o que foi uma ótima diversão para os finais de tarde! Recomendo.


O hotel ainda conta com um teatro para os shows noturnos, que segue a mesma linha de outros resorts, sendo a maioria apresentada pelos próprios funcionários. Só assistimos a um pedaço pequeno de um dos shows. É divertido, mas nada de excepcional.


Para encerrar, na entrada do hotel, entre as recepções e as quadras, eles construíram uma réplica de uma vila dominicana, chamada de Pueblo Príncipe, cujas casinhas são na verdade lojinhas de lembranças e artesanato. Tem também um casino, para quem gosta de jogar, e no centro dessa vila fica um palco onde também acontecem alguns shows à noite.


Gostamos bastante dessa nossa experiência em Punta Cana, mas só recomendo para quem realmente deseja curtir a tranquilidade de um hotel all-inclusive a beira de uma praia caribenha. É um destino bem familiar e ótimo para crianças. Não é um local recomendado para aqueles que gostam de passear por vilas históricas, ou explorar várias praias, ou comer em restaurantes típicos e requintados ou que buscam agitação noturna. Para esses, existem outras opções melhores no caribe.

Nos próximos posts eu vou contar sobre as nossas aventuras pelas terras do Tio Sam. Até lá!

Leia também:

Chegando a Aruba
Aruba: Norte da Ilha
Aruba: Sul da Ilha
Outros passeios em Aruba
Onde comer em Aruba
Cancun – Informações Úteis
Cancun – Xcaret
Playa Del Carmen
Cozumel
Cancun – Ano Novo
A caminho de Cozumel
O que fazer em Cozumel
Cozumel – Aeroporto de Cancún

 
75 Comentários

Publicado por em Março 25, 2011 em Punta Cana, Rep. Dominicana, Resorts

 

Etiquetas: , , , , ,