RSS

Mosteiro da Batalha

11 Set

O Mosteiro da Batalha foi outra atração que nos surpreendeu muito positivamente. A cidade de Batalha é bem pequena e em termos turístico basicamente se resume ao mosteiro, mas não deixe isso te desanimar, pois ele merece muito ser visitado. Considerado um patrimônio mundial pela UNESCO e eleito uma das sete maravilhas de Portugal, suas credenciais já indicam que essa atração é imperdível!


Para quem chega de carro, é bem fácil estacionar próximo ao mosteiro, mesmo em julho, quando já é alta estação. A arquitetura gótica externa é um espetáculo e já impressiona logo na chegada, não só pela beleza, mas pelo tamanho da estrutura. A construção do mosteiro foi iniciada em 1386 por D. João I como uma forma de agradecimento à Virgem Maria pela vitória na Batalha de Aljubarrota. No entanto, sua estrutura ainda demoraria dois séculos para chegar ao estágio atual. A visita começa pela Nave Principal, que apesar de sua grandiosidade e importância, não é a parte mais bonita do mosteiro. Essa é a única parte gratuita do passeio, já que para as partes restantes é necessário pagar um ingresso.


Do lado direito ao fundo da nave principal fica a Capela do Fundador, que é na verdade uma bela sala acrescentada no século XV para abrigar o mausoléu do rei D. João I e sua esposa, além dos túmulos de diversos outros membros da família real.


Já pela porta do canto esquerdo da Nave Principal você tem acesso aos dois claustros do mosteiro: Real e D. Afonso V. Ambos têm suas peculiaridades, mas o Claustro Real é mais bonito, pois além de um jardim mais cuidado, tem a fachada da igreja ao fundo para compor um belo visual.


Seguindo as placas pela parte externa do mosteiro, você chega as Capelas Imperfeitas. Não deixe o nome te enganar, pois essa é para mim a parte mais bonita do mosteiro! O nome vem do fato que as obras para a construção dessas capelas nunca foram acabadas, deixando as mesmas sem a sua grande abóboda central. No entanto, é justamente o fato de não ter um teto que torna essas capelas tão especiais e diferentes, mas não é só isso. O acabamento das colunas e paredes é simplesmente espetacular!


Para programar sua visita, o mosteiro está aberto diariamente de 9h as 17h30 de outubro a março e de 9h as 18h30 de abril a setembro. A entrada custa €6, sendo que maiores de 65 anos e menores de 15 a 18 anos pagam meia. Menores que 15 não pagam. Se você for visitar também o Mosteiro de Alcobaça e o Convento de Cristo, eles ainda oferecem um bilhete único por €15, que representa uma economia de €3 sobre o preço que você pagaria na compra avulsa.

Como escolhemos Batalha para dormir, meramente por motivos logísticos, acabamos tendo o privilégio de ver o mosteiro todo iluminado a noite, o que também é um espetáculo! Pena que estava muito frio para ficar muito tempo ao ar livre curtindo o visual, mas como nosso hotel era vizinho ao mosteiro, bastava alguns passos para conseguir aproveitar.


O hotel escolhido foi o Hotel Mestre Afonso Domingues, que além de sua excelente localização, tem uma infra ótima, com instalações confortáveis e um bom café da manhã. Apesar da aparência externa simples, o hotel é muito bom e tudo novinho por dentro. Ele oferece estacionamento e Wi-Fi gratuitos e você pode ir andando até o mosteiro.


Outra vantagem desse hotel é o excelente Restaurante Vintage. Sinceramente nós não esperávamos um restaurante tão bom e gourmet em um hotel tão barato! O ambiente é agradável, o atendimento super prestativo e eficiente, mas o melhor é a comida mesmo. Até o prato infantil era bem feitinho. Foi sem dúvida a melhor refeição de toda a viagem e o prato de bacalhau com broa de milho estava fantástico!



Leia também:

Lisboa: Informações Básicas
Lisboa: Passeando por Belém
Lisboa: Parque das Nações
Lisboa: Passeando pelo centro
Onde comer em Lisboa
Porto: Informações Básicas
Porto: um passeio pela cidade – parte 1
Porto: um passeio pela cidade – parte 2
Porto: onde comer
Vai alugar carro em Lisboa? Então veja essas dicas
Sintra
Guimarães
Fátima

Anúncios
 
10 Comentários

Publicado por em Setembro 11, 2012 em Batalha, Portugal

 

Etiquetas: , , , , , , , ,

10 responses to “Mosteiro da Batalha

  1. justino paradinha

    Setembro 12, 2012 at 9:33 am

    terias como deixar o valor do hotel ?

     
    • Alessandro A.

      Setembro 12, 2012 at 12:47 pm

      Justino,

      Paguei €69 por cada quarto de casal, com café da manhã incluso. Reserva feita pelo Booking.

      Abraços!

       
      • justino

        Setembro 12, 2012 at 1:32 pm

        beleza. estou com uma duvida, quem sabe me ajudas.. chegaremos em lisboa na manha do dia 25 de janeiro, a duvida seria sobre o roteiro, temos duas opções.
        primeira ficamos em lisboa uns 4 a 5 dias, visitando a cidade e os arredores, cascais, sintra, estoril, etc.. depois evora, retorno a lisboa em direção ao norte do pais, onde tenho o maior interesse, visto que minha familia é originaria do norte ou
        segunda — fico uma noite em lisboa, para descanço da viagem e ja no dia seguinte sigo a evora , de la subo costeando a fronteira ate o norte e faço o caminho contrario, deixando pra visitar em lisboa e arredores, nos 4 ou 5 dias finais da viagem, ?
        terias alguma opiniao sobre isso? claro que sera levada em conta . grato justino

         
      • Alessandro A.

        Setembro 12, 2012 at 2:50 pm

        Oi Justino,

        A ordem não altera muito a viagem, mas na minha opinião pessoal, a primeira opção é um pouco melhor. Passar os primeiros dias em Lisboa facilita você descansar da viagem e se acostumar com o fuso horário, portanto você já parte para o interior bem mais inteiro, já que os deslocamentos cansam bastante também. Além disso, você troca menos de hotel, já que não precisa passar uma noite em Lisboa sem necessidade.

        Abraços!

         
  2. justino paradinha

    Setembro 12, 2012 at 3:27 pm

    foi minha primeira opção, acho que vamos por ali mesmo..

     
  3. justino paradinha

    Setembro 12, 2012 at 3:28 pm

    grato

     
  4. Amanda

    Setembro 14, 2012 at 9:44 am

    Obrigada pela ajuda.
    Seguindo sua orientação mudei meu roteiro.
    Vou direto para Paris fico 3 dias, vou para Suiça de trem e fico 3 dias, na Suiça é melhora alugar um carro ou não? Da Suiça vou de carro para Monaco. Pensei em fazer uma parada em Milão. O que acha? Fico mais 3 dias em Monaco.
    O que acha???
    Obrigada.
    Amanda

     
    • Alessandro A.

      Setembro 14, 2012 at 11:24 am

      Oi Amanda,

      Na Suíça dá para se virar tranquilamente de trem e com os transportes públicos na cidades, já que é tudo muito eficiente. Milão não é uma cidade muito turística, mas tem atração para 1 dia sim, como você pode ver no meu post sobre a cidade. Eu ainda não escrevi o post sobre Mônaco, que visitei na minha última viagem, e não sei qual a sua intenção, mas só vale a pena passar mais de 1 dia por lá caso você queira usar a cidade como base para conhecer outras cidades próximas, como Éze, Nice, Menton, St. Paul-de-Vence, etc…

      Abraços!

       
  5. justino paradinha

    Dezembro 30, 2012 at 12:11 pm

    ola. bom dia.
    dia 5 de fevereiro completarei bodas de prata e, para tal, irei com a familia a portugal. todo o meu roteiro de 17 dias pela terra de origem da minha familia foi executado e planejado tendo como referencia esse dia. apos muita pesquisa resolvemos nos hospedar na cidade de guimaraes, berço da nação portuguesa. escolhemos para tanto a pousada santa marinha, espetacular pousada datada do seculo XII, reserva feita, pagamento antecipado executado… quando para minha total surpresa recebo um email ontem dando conta que a tal pousada foi na sua totalidade reservada para um grupo privado e que minha reserva havia compulsoriamente sido cancelada, me oferecem a troca de pousada para alguma outra do grupo – http://www.pousadas.pt- com atendimente vip, etc…

    pergunto: alguem ali tem experiencia numa situação dessas? legalmente, o que posso fazer? estou pensando em acionar essa gente judicialmente. ja trocamos varios emails, e a resposta é sempre a mesma, nao podemos fazer nada alem de lhe oferecer outra pousada ou devolver os valores ja pagos. pode isso? e eu que pensava que no velho mundo a integridade das instituições fossem diferentes das que estamos acostumados… minha esposa nao quer mais nem saber de ir a essa pousada..
    espero que alguem possa me dar uma luz quanto ao que fazer.
    agradeço desde ja
    atenciosamente justino paradinha
    paradinha7176@gmail.com
    ps. se tiver alguem de portugal que conheça a lei dali e possa me ajudar, agradeço.

     

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: