RSS

Nova York: informações básicas

03 Dez

Nessa nossa última viagem ao Canadá teríamos que fazer obrigatoriamente uma conexão nos EUA, portanto optamos fazer uma paradinha rápida e estratégica em Nova York para rever essa imponente cidade multicultural. O tempo era muito curto, portanto o objetivo era só mesmo visitar alguns poucos pontos, curtir o clima da cidade e matar um pouco as saudades, além de confirmar que precisamos planejar uma outra viagem com um tempo decente para aproveitar a cidade como ela merece. Nova York está muito mudada em relação a última vez em que estivemos por lá, que para vocês terem uma idéia, foi na época em que ainda existia o World Trade Center!


Bem, mesmo tendo sido rápido, vou falar nos próximos posts sobre alguns passeios que fizemos e algumas dicas para comer e fazer compras. Mas antes, como sempre, vamos a algumas informações básicas. A primeira preocupação é de como se deslocar do aeroporto até o seu hotel. Em Nova York existem 3 aeroportos, portanto é importante verificar no seu bilhete se você chega pelo JFK, La Guardia ou Newark. Vou comentar sobre os dois primeiros, pois foram os que eu usei, mas algumas dicas valem para também para o último.


Chegando no La Guardia, que é o aeroporto mais perto de Manhattan, o mais indicado é pegar um táxi, que fica entre US$ 20 a US$ 30 (mais 15% de gorjeta), ou uma van comunitária, que custa US$ 15 por pessoa. Ambos te deixam na porta do seu hotel. A partir de 2 pessoas o táxi é mais econômico e rápido, pois te leva direto ao seu destino, mas você não pode estar com muitas malas ou volumes, senão não cabe no bagageiro. Justamente por estar com um carrinho de criança e mais algumas malas é que optamos pela van (permite até 2 malas por pessoa sem custo), que você pode reservar com antecedência pela internet. As principais empresas que oferecem esse tipo de serviço são a Go Airlink e SuperShuttle. Independente da empresa que você escolha, basta se dirigir até o balcão de “Ground Transportation”, que fica bem em frente as esteiras das malas, e entregar o seu voucher para que eles solicitem o seu transporte. Você então tem que esperar por vários minutos o seu motorista chegar e chamar o seu nome, o que pode ser rápido ou demorado, dependendo da sua sorte. Nós demos azar e esperamos uns 40 minutos (outros foram chamados em 10 minutos), mas em compensação fomos o último a embarcar na van, portanto ela partiu direto para a cidade e não ficou rodando outros terminais para buscar mais passageiros. No entanto o nosso azar continuou nos perseguindo, pois nosso hotel foi a penúltima parada da van e tivemos que ficar rodando para cima e para baixo por Manhattan desembarcando os outros passageiros. Para piorar, o trânsito estava um caos, então levamos mais de 2 horas para chegar ao nosso destino. Resumindo, se você não tiver problemas com malas, do La Guardia minha recomendação é sempre pegar um táxi.

Já para o JFK, os mesmos tipos de transporte são válidos, só que como ele fica bem mais longe, os preços são maiores. O táxi fica em torno de US$ 50, fora o pedágio, e as vans custam US$ 18. Como aqui a diferença é maior, a van pode compensar bastante para quem viaja sozinho ou em par, sendo que as empresas são as mesmas. Além dessas opções, no JFK existe também um trem suspenso (Airtrain), que interliga todos os terminais e te também até a estação de metrô Jamaica ou ao trem na Long Island Rail Road. Como nosso hotel ficava próximo a uma estação de metrô da linha E, que é justamente a mesma da estação citada, optamos pelo metrô. Pagamos US$5 pelo Airtrain por pessoa e mais US$2,25 pelo metrô, totalizando US$7,25. Tanto o trem quanto o metrô estavam bem cheios, o que dificultou um pouco com as malas, mas em compensação a baldeação é tranquila, pois existem elevadores e você pode até usar o carrinho do aeroporto (pago) até a estação de metrô. Levamos quase 1 hora e meia para fazer esse trajeto. Para informações super detalhadas sobre todos esses meios de transporte, não deixe de consultar esse post do Ricardo Freire no ViajenaViagem.

Foto: cliquenovayork.blogspot.com


Continuando o assunto transporte, vamos falar do metrô. São várias linhas cobrindo toda a cidade, portanto você sempre encontrará alguma estação pelo caminho e não terá problemas para chegar a nenhum local. No entanto, nem tudo é perfeito, pois os trens são bem velhos, assim como as estações. Nada que atrapalhe os seus deslocamentos, mas que de vez em quando dá um certo medo, ah isso dá! Outro ponto negativo é a complexidade para entender o funcionamento, já que são várias linhas circulando pela mesma estação e nem todos os trens param em todas as estações, com variação até por horário. Para piorar um pouco mais, existem várias estações com o mesmo nome (só a 42st são cinco) e você deve prestar bastante atenção às linhas (letras e números) informadas logo após o nome para saber se aquela é a estação desejada (Ex: 42st (A, C, E)). Outro ponto de atenção é que alguns buracos do metrô permitem acesso apenas ao trem indo em uma direção específica (sempre informado na placa), portanto você deve ficar atento para não chegar lá embaixo e descobrir que tem que subir as escadas de novo para entrar por outro acesso. Para entender um pouco mais e fugir das pegadinhas, veja esse outro post do Ricardo Freire.

Para comprar o bilhete de metrô em quase todas as estações existem máquinas touch screen para você comprar ou carregar, o seu Metro Card, que é o cartão recarregável deles. Se você não tiver um, a máquina emite na hora. O bom é que você pode pagar também com o seu cartão de crédito, o que facilita bastante! O cartão pode ser carregado com valores para serem utilizados individualmente (US$ 2,50 por trecho) ou você optar pelo passe semanal (US$ 29) ou mensal (US$ 104), que possuem um excelente custo-benefício para quem vai passar mais tempo na cidade. Veja nas fotos abaixo o passo a passo para carregar o seu Metro Card. Quando for solicitado o zipcode, basta digitar “00000”.


Com relação a hospedagem, Nova York tem várias regiões bacanas para os mais diversos gostos, mas não vou entrar em detalhes aqui, até porque não sou um profundo conhecedor do assunto. Apesar de ser extremamente muvucado, acabamos optando pela região mais turística da cidade, que é próximo a Times Square. Além da ótima localização, bem junto a estação de metrô, escolhemos o Staybridge Suites Times Square por ser uma cadeia que gostamos muito e onde sempre tivemos excelentes estadias. O atendimento é excelente e todos os funcionários são sempre atenciosos. A filial de Nova York, que fica na 40nd St, foge um pouco do padrão das outras filiais, com um design bem mais moderno e elegante. Os quartos são menores, mas possuem a tradicional cozinha completa e são bem novos e aconchegantes, sempre com duas camas de casal bem confortáveis. Adoramos e atendeu plenamente as nossas necessidades e expectativas!

Vista do quarto


Apesar das diferenças, essa filial também conta com excelente café da manhã padrão, que é um dos grandes diferenciais com relação a outras redes americanas. Se não bastasse tudo isso, o hotel ainda serve um happy hour gratuito toda semana de terça a quinta entre 17h e 19h. E olha que é não é um lanche mixuruca não! Tem diversos salgados, sanduíches, refrigerante e de quebra algumas opções de cerveja e vinho. Quer coisa melhor para matar aquela fome da tarde!


Nos próximos posts eu conto mais sobre essa nossa rápida passagem por Nova York. Até lá!

Leia também:

Nova York: um passeio por Midtown
Nova York: um passeio por Chelsea
Nova York: onde comer
Nova York: onde comprar

Boston
Chicago
Washinton D.C.
Las Vegas: Os espetáculos que são um show
Las Vegas by Night
Las Vegas: um passeio pelos hotéis – parte 2
Las Vegas: um passeio pelos hotéis – parte 1
Las Vegas – Dicas de hospedagem
Los Angeles-Las Vegas: uma estrada diferente
Pacific Coast Highway (US1)
Chegando a San Diego
San Diego – Balboa Park e Old Town
San Diego – Centro e Praias

Anúncios
 
30 Comentários

Publicado por em Dezembro 3, 2011 em EUA, Nova York

 

Etiquetas: , , , , , ,

30 responses to “Nova York: informações básicas

  1. AnaLuciaSilva

    Dezembro 3, 2011 at 1:23 pm

    muito bom post 😉

     
  2. Rita Meireles

    Dezembro 4, 2011 at 11:33 am

    Bem Bacana! E a diária do hotel, pode divulgar?

     
    • Alessandro A.

      Dezembro 4, 2011 at 1:20 pm

      Na época foi de US$ 299, com o café da manhã incluso.

       
  3. Gloria

    Dezembro 27, 2011 at 11:30 pm

    Gostaria de obter informações sobre restaurantes de comida brasileira em NY assim como existem o Camilla´s e o Vitorio´s em Orlando.

     
    • Alessandro A.

      Dezembro 28, 2011 at 2:51 pm

      Gloria,

      Infelizmente não procurei, portanto não sei te informar. Com certeza existem vários, principalmente na região da rua 46th, que é a rua dos brasileiros.

      Abraços!

       
  4. Luiz Ferreira

    Fevereiro 1, 2012 at 3:38 pm

    Grande Alessandro,

    Parabéns por mais ótimo post!

    Aproveito para deixar mais duas dicas sobre transporte Aeroporto x Hotel.

    Em NY, eu utilizou o serviço de uma das empresas Carmel Limo ou Dial 7. São empresas habilitadas a fazer o transporte de passageiros, tem carros confortáveis preços ligeiramente mais em conta que os taxis. Além disso, é possível encontrar cupons de desconto em diversos sites.

    O esquema é o seguinte: no próprio site, você já pode fazer a reserva do transporte. Ao chegar no aeroporto, procure um dos telefones específicos localizados na área que fica próximo ao setor das bagagens, dentro do aeroporto. Informe seu nome e número de reserva. A telefonista irá lhe indicar o número do carro e o local onde você deverá esperar por ele. A reserva não inclui pedágios e gorjetas, mas pode ser paga com cartão de crédito.

    Outra opção, para quem quer tranquilidade e prefere usar o serviço prestado por um brasileiro, é a empresa Braztour (http://braztours.com/default.aspx). Já utilizei 2 vezes. Meus sogros também utilizaram para irem direto ao Woodbury e depois ao hotel. O carro fficou por lá e depois os levou ao hotel.

    As reservas são feitas por e-mail ou telefones aqui no Brasil e o atendimento é sempre em português. Sai um pouco mais caro do que o taxi e os outros serviços, mas algumas pessoas preferem este tipo de atendimento.

     
    • Alessandro A.

      Fevereiro 1, 2012 at 9:17 pm

      Grande Luiz,

      Como sempre você traz excelentes dicas!!! Você deveria pensar em fazer um blog, pois ia fazer o maior sucesso! Eu com certeza iria aprender muito.

      Abraços!

       
  5. Luiz Ferreira

    Fevereiro 1, 2012 at 3:57 pm

    Alessandro, fiquei neste hotel cerca de 2 meses após a inauguração (setembro/2010).

    Consegui uma tarifa espetacular através do priceline.com ($150, 1 cama king)!!!!! Muita sorte!

    Achei uma excelente opção, pois:

    a) Fica bem perto da Times Square mas ainda assim um pouco longe de todo barulho da região ;
    b) Fica perto de estações de metrô com as principais linhas;
    c) Café da manhã e lanche no final da tarde, tudo incluído no preço, é raridade nos hotéis em Manhattan;
    d) Wi-fi e uso de computadores (2) na recepção grátis também são coisas raras em NY;
    e) O hotel tem uma lavanderia para ser utilizada gratuitamente pelos hóspedes. Basta comprar o sabão e o amaciante.

    Sim, os apartamentos são menores do que o normal para a cadeia, mas isso ocorre com a maioria dos hotéis em NY,

    Gostei do hotel e voltaria a ficar nele.

    Um grande abraço!

     
  6. Vanessa

    Abril 7, 2012 at 2:06 pm

    Olá!
    Em Maio irei p/ Miami com uma conexão de 9 horas em NY… Gostaria de alguma dica para aproveitar bastante essas poucas horas na cidade já que não conheço a Big Apple…
    Muito obrigada e parabéns pelo site!!
    Um abraço!

     
    • Alessandro A.

      Abril 9, 2012 at 11:34 am

      Oi Vanessa,

      As dicas para chegar e sair do aeroporto estão no post, assim como alguns passeios indicados. Tome só cuidado com o tempo, pois é demorado o deslocamento de/para o centro da cidade e você ainda deve perder um bom tempo na imigração e alfândega.

      Abraços!

       
  7. Cristiane

    Abril 16, 2012 at 2:40 pm

    Ei pessoal… vocês indicam, para compras, Nova Iorque ou Flórida???? Parabéns pelo BLOG…

     
    • Alessandro A.

      Abril 16, 2012 at 3:17 pm

      Oi Cristiane,

      Os dois locais são ótimos para compras, mas eu prefiro a Florida pela comodidade do carro e facilidade de encontrar tudo em um local só. Em compensação, NY é melhor para comprar artigos diferenciados, especializados ou exclusivos, que você normalmente não encontra nas grandes redes.

      Abraços!

       
  8. coisasparamulheres

    Abril 18, 2012 at 11:06 pm

    Adorei o hotel, bem localizado, parece novinho. Fiquei no Edison Hotel, que é bem localizado, mas é muito velho. O café da manhã está incluido em todas as diárias?

     
    • Alessandro A.

      Abril 19, 2012 at 7:01 pm

      Sim, está incluso. É um padrão da rede Staybridge, o que é muito bom.

       
  9. Maio 25, 2012 at 9:53 pm

    Estou programando para fazer uma viagem para Nova York em Outubro ou Novembro, como é o clima nessa época? E tbm gostaria de levar minha filha de 7 anos, porém estou um pouco receosa quanto ao transporte por lá, o fato de ter que fazer os deslocamentos por metrô, oferece muito perigo? É fácil de pegar o metrô, digo, como sei qual linha pegar para chegar aos destinos escolhidos? Será que compensa levar criança para lá?

     
    • Alessandro A.

      Maio 26, 2012 at 9:55 am

      Oi Má,

      Essa época já costuma fazer um friozinho. Andar de metrô não é perigoso, mas um pouco complicado devido as diversas linhas. Se você tem um smartphone, existem diversas aplicações que você baixa com o mapa do metrô de NY e onde você pode informar a origem e destino e ele calcula a melhor rota. Eu já fui com meu filho para lá e acho que compensa, mas depende muito da criança e dos pais, portanto só vocês podem decidir.

      Abraços!

       
  10. Lu Freitas

    Julho 8, 2012 at 2:29 pm

    Vou para NY no final de outubro e estou em dúvida se fico em algum hotel em midtown east ou na times square mesmo. Vou passar somente três dias e gostaria de fazer a maior parte dos programas a pé. Pode me dar alguma sugestão sobre a localização? Desde já agradeço e parabenizo pelo excelente blog!

     
    • Alessandro A.

      Julho 9, 2012 at 7:18 pm

      Oi Lu,

      Os dois locais são bons, sendo o primeiro mais local e o segundo mais turístico. Em Times Square é mais fácil fazer alguns passeios q pé, mas tudo depende do que você pretende visitar.

      Abraços!

       
      • Lu Freitas

        Julho 12, 2012 at 5:08 pm

        Muito obrigada! Como minha viagem vai ser bem rápida, decidi ficar mesmo no “turistão”. Vamos ficar somente três dias em NY e de lá vamos para Orlando. Inclusive, em um desses dias vamos assistir um jogo de futebol americano no Metlife Stadium, em New Jersey. Nesse dia, você acha que ainda dá tempo fazer algo depois do jogo? Não tenho noção das distâncias e do que fica próximo a que em NY.

         
      • Alessandro A.

        Julho 14, 2012 at 3:45 am

        Não sei te dizer também, mas você pode ver no Google maps, pois lá eles indicam os tempos para deslocamentos. Os jogos de futebol americano duram em torno de 3 horas, portanto consomem boa parte do dia, ainda mais porque costuma ser no meio do dia.

        Abraços!

         
      • Lu Freitas

        Julho 14, 2012 at 1:43 pm

        Mais uma vez, obrigada!

         
  11. Eduardo Garcia

    Setembro 24, 2012 at 4:14 pm

    Dei uma olhada pelo Google Street View e achei a Rua um pouco isolada. Vi em outros sites comentários sobre a segurança na Rua e disseram que mesmo tarde da noite, apesar da aparencia, não tinha problema quanto a segurança. O que você acha a respeito disso?

     
    • Alessandro A.

      Setembro 25, 2012 at 8:43 am

      Oi Eduardo,

      Realmente a aparência desse trecho da rua não é tão bonito, pois fica ao lado da estação rodoviária, mas não me senti em nenhum momento inseguro.

      Abraços!

       
  12. Carlos Santos

    Janeiro 14, 2013 at 7:31 pm

    Olá Alessadro!

    Encontrei um site “www.newyork60.com” que vende ingressos para Broadway com descontos. Vc já ouviu falar? Sabe se é confiável?

    Abraços.

     
    • Alessandro A.

      Janeiro 15, 2013 at 1:22 pm

      Oi Carlos,

      Infelizmente não conheço.

      Abraços!

       
  13. Fátima

    Fevereiro 12, 2013 at 10:16 pm

    Oi, vou pra NY com meu marido em Maio, gostaria de saber se pra quem vai pela primeira vez, 7 dias inteiros é o suficiente? Queremos fazer compras e passear pelos bairros legais. Vale a pena pegar o ônibus de turismo? Nesse mês já vai estar calor? Obrigada

     
    • Alessandro A.

      Fevereiro 14, 2013 at 5:35 pm

      Oi Fátima,

      7 dias são suficientes sim, mas NY é uma daquelas cidades que por mais dias que você fique, sempre vai faltar algo. Dá para fazer tudo sem ônibus de turismo, mas se você não se sentir a vontade, ou quiser andar 1 dia para conhecer melhor a região para depois voltar por conta própria, pode valer a pena.

      Abraços!

       
  14. Raquel

    Fevereiro 3, 2014 at 12:01 am

    Olá Alessandro!

    Na minha última viagem em família p/ Orlando e Miami segui suas dicas que foram importantíssimas p/ o sucesso da viagem c/ minha bebê de 8 meses. Agora ela está c/ 2 anos e vamos p/ NY. Assim como na viagem anterior reservei o hotel indicado principalmente pela cozinha. Gostaria de saber se o Staybridge Suites Times Square recebe compras realizadas pela internet, e se positivo, você teve experiência com eles?

    Abraços.

     
    • Alessandro A.

      Fevereiro 4, 2014 at 5:51 pm

      Oi Raquel,

      Recebe encomendas sim e se não me engano, não cobra nada, mas eles podem ter mudado a política, portanto é bom confirmar. Na época eu mandei entregar umas 2 encomendas e não tive problemas.

      Abraços!

       

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: