RSS

Arquivo de etiquetas: Alemanha

Berlim: hospedagem e transporte

Berlim era uma cidade que estava na nossa lista há muito tempo, mas sempre acabava ficando para depois. Obviamente ela não poderia ficar de fora dessa viagem pela Alemanha e era o nosso principal objetivo. Antes de falar suas atrações em si, como sempre vou dar algumas dicas básicas sobre hospedagem e também sobre como se locomover pela cidade, que são informações essenciais para planejar uma visita a Berlim.

Berlim é uma metrópole européia como qualquer outra, portanto existem inúmeras regiões para se hospedar. No entanto, as principais atrações não ficam muito distantes uma da outra, portanto o ideal é ficar em alguma região próxima e que também possua um bom movimento e comércio, de forma a evitar grandes deslocamentos. A região que quase todos indicam é o Mitte, que concentra várias opções para todos os bolsos e fica bem no coração da cidade. Sendo assim, procuramos escolher alguma hospedagem ao redor dessa região e que tivesse um custo-benefício bom para quatro pessoas. Acabamos optando pelo Schoenhouse Apartments, que estava bem indicado na internet e ainda tinha a vantagem de serem apartamentos com infraestrutura completa, que é uma grande vantagem para quem viaja com crianças e deseja comer algumas vezes no próprio hotel.

Berlin - Schoenhouse Apartments

O apartamento era muito espaçoso, dividido em uma suíte muito grande e uma sala integrada com cozinha, que também contava com um sofá-cama.

Berlin - Schoenhouse Apartments

Berlin - Schoenhouse Apartments

Berlin - Schoenhouse Apartments

Berlin - Schoenhouse Apartments

Berlin - Schoenhouse Apartments

Apesar de ser um hotel, é quase como se você tivesse alugado um apartamento por temporada, portanto você acaba sentindo um pouco do gosto de morar na cidade e se sentir um local. O nosso apartamento era no térreo, mas para os superiores existe um elevador externo moderno no pátio principal, que também conta com mesas onde as famílias podem comer e conversar a céu aberto em um ambiente privativo. Se você planeja viajar para Berlim, indicamos que confira o serviço oferecido pela Trivago, já que lá você encontra uma grande variedade de hotéis por um preço acessível.

Berlin - Schoenhouse Apartments

Outra vantagem desse hotel é sua localização, pois fica ao lado de um supermercado e vários restaurantes, além de uma estação de metrô da linha que te leva direto ao centro turístico. Veja abaixo o mapa do metrô da cidade abaixo.

berlin subway map

Já que o assunto é transporte, como ficamos 4 dias na cidade, a melhor opção foi o passe diário, que te dá acesso ao metrô (U-Bahn), bondes (S-Bahn) e ônibus de forma ilimitada. Compre o bilhete apenas para as zonas A e B, que te permitirá circular por toda as atrações de Berlim, com exceção de Potsdam, que fica fora da cidade e necessita em uma região a parte. Existe o passe diário individual, que atualmente custa €6,70, e o para grupos até 5 pessoas, que atualmente custa €16,20 (retirada do site oficial, pois quando fomos ainda custava €15,50), mas que onde todos devem andar juntos o tempo todo. Como é fácil perceber, se você está viajando em um grupo de 3 pessoas ou mais, o passe para grupos é mais vantajoso. É possível ver todas as tarifas disponíveis no site oficial de transportes de Berlim. Você pode comprar todos esses passes na própria máquina na estação de metrô, mas é importante lembrar sempre de validá-los antes da primeira viagem na máquina ao lado, pois só assim eles começam a valer para o dia em questão. A interface não é tão intuitiva assim, portanto veja abaixo o passo-a-passo das telas para facilitar.

Berlin Metro Maquina Ticket

1 – Primeiramente escolha a língua inglesa no canto inferior direito

Berlin Metro Maquina Ticket

2 – Depois escolha o ticket desejado. Caso queira o ticket para grupos, ele não aparece na tela principal, portanto é necessário selecionar a opção “other Tickets…”.

Berlin Metro Maquina Ticket

3 – Na tela para outros tickets, selecione a opção “Group day pass for groups up to 5 people” para grupos até 5 pessoas.

Berlin Metro Maquina Ticket

4 – Selecione as zonas AB

Berlin Metro Maquina Ticket

5 – Por último, basta inserir na máquina o valor mostrado na tela para pegar o seu bilhete. Como você pode ver pela tela só são aceitas notas até 20 euros, portanto é importante ter dinheiro trocado, senão você não conseguirá comprar o bilhete na máquina e nem toda estação tem bilheteria física.

O metrô é bem antigo, como em grande parte da Europa, portanto as estações são feias e os trens não muito confortáveis. Eles também não possuem ar condicionado, portanto no verão os trens eram bem quentes e abafados. Apesar disso, tudo é eficiente e te leva aos principais pontos de interesse na cidade. Eles estão realizando uma obra gigantesca para ampliar o metrô pela avenida Unter den Linden, que é a principal da cidade e atualmente não conta com estações. Vai ficar muito mais cômodo para todos, mas infelizmente por enquanto a obra está tomando quase toda a avenida e tirando o charme e beleza de se passear por ali, portanto não vá com grandes expectativas até terminar a obra.

Berlin - Metro

Além do metrô, os bondes (S-Bahn) são também uma ótima alternativa para o deslocamento pela cidade, principalmente para aqueles pontos onde o metrô não tem uma estação próxima. Os bondes são novos e fáceis de serem usados. Os ônibus também são uma boa opção para os locais onde nem o metrô nem o bonde chegam. Nos pontos costuma ter a indicação das linhas e suas paradas, portanto mesmo quem não conhece nada pode entender qual a melhor linha. O passe diário dá acesso a todos esses transportes de forma ilimitada, portanto não é preciso se preocupar.


Acompanhe e curta também o Wazari no Facebook



Leia também:

Dresden: uma cidade que se reergueu das cinzas
Dresden: onde se hospedar
Dresden: onde comer
Bamberg
Nuremberg: principais atrações
Nuremberg: onde se hospedar
Nuremberg: onde comer

 
16 Comentários

Publicado por em Novembro 5, 2013 em Alemanha, Berlim

 

Etiquetas: , , , , ,

Dresden: onde comer

Dresden é uma cidade que conta com vários bons restaurantes na região histórica e turística, portanto não é preciso andar muito para comer bem. Sim, existem vários restaurantes bem turísticos e com aparência pouco convidativa também, mas gostei da grande maioria, mesmo que só observando os pratos dos outros enquanto caminhava. Ao redor da Neumarkt existem vários restaurantes de estilos diferentes para você escolher, embora predomine os alemães. Seguem, portanto, duas opções que experimentamos.

Classico Italiano (An der Frauenkirche 20)

Dresden - Restaurante Classico Italiano

Bem na praça Neumarkt e em frente a catedral, portanto com uma vista super privilegiada, fica o restaurante Classico Italiano. Essa é uma ótima opção para variar um pouco da comida alemã, principalmente para quem viaja com crianças ou está com saudades de provar uma boa massa. Não esperava muito de um restaurante italiano em uma praça super turística, mas essa foi uma das grandes surpresas da viagem, tanto que voltamos outra vez. O dono do restaurante é um autêntico italiano, assim como a maioria dos funcionários, e ele faz questão de passar nas mesas para conversar com os clientes, ou seja, atendimento super simpático. Se não bastasse, a noite ele ainda canta canções tipicamente italianas acompanhado de um piano para divertir os clientes. As melhores mesas são as que ficam na calçada ou na varanda do andar superior, pois você se sente o clima da praça e aprecia a vista.

Se não bastasse tudo isso, a comida também não fica atrás e é de excelente qualidade. Massas gostosas e fartas! Meu filho adorou e a massa dele não era nada picante.

Dresden - Restaurante Classico Italiano

Dresden - Restaurante Classico Italiano

Dresden - Restaurante Classico Italiano

Recomendo também o Tiramisu de sobremesa, pois estava muito bom.

Dresden - Restaurante Classico Italiano

Kutscherschänke (Münzgasse 10)

A rua Münzgasse, que fica perpendicular a Neumarkt e o rio Elba, é lotada de restaurantes e fica muito cheia a noite. Como não tínhamos nenhuma indicação específica, escolhemos um que nos pareceu agradável e aprovamos. Esse restaurante serve comida alemã somente e fica no final da rua e quase no rio.

Dreden - Münzgasse

A comida era boa, mas nada de excepcional. Resolvi experimentar um prato mais típico, mas mais uma vez o Schnitzel foi o melhor prato da noite, sendo sempre a opção mais segura.

Dresden - Restaurante Kutscherschanke

Dresden - Restaurante Kutscherschanke


Acompanhe e curta também o Wazari no Facebook



Leia também:

Dresden: uma cidade que se reergueu das cinzas
Dresden: onde se hospedar
Bamberg
Nuremberg: principais atrações
Nuremberg: onde se hospedar
Nuremberg: onde comer

 
2 Comentários

Publicado por em Outubro 19, 2013 em Alemanha, Dresden, Restaurantes

 

Etiquetas: , ,

Dresden: uma cidade que se reergueu das cinzas

Dresden foi sem dúvida a cidade que mais gostamos desse nosso tour pela Alemanha! Não dá nem para imaginar que a mesma foi praticamente toda destruída pelos bombardeios durante a segunda guerra mundial e praticamente reerguida com a ajuda da população, sendo que até hoje é possível ver várias obras de reconstrução em andamento. A cidade já é tão bonita atualmente, que é até difícil acreditar que ela já foi mais ainda durante seus anos de esplendor. Uma pena!

Como disse no post anterior, a cidade histórica e turística não é muito grande, portanto dá para conhecer tudo a pé sem problemas. Em alguns pontos dá até para pegar o bonde, que circula pelas vias principais do centro, mas só se você estiver cansado ou com crianças, pois realmente não é necessário e até agradável caminhar pelas ruas da cidade.

Começamos o nosso passeio pela praça Neumarkt, que é a mais turística da cidade e onde tudo acontece. A praça é realmente muito bonita e conta com vários restaurantes ao redor em prédios com uma arquitetura bem bacana para se apreciar.

Dresden Neumarkt

Dresden Neumarkt

Dresden Neumarkt

Se não bastasse a beleza da praça por si só, bem no centro dela fica o principal cartão posta da cidade: Frauenkirche. Essa imensa catedral é o principal símbolo de reconstrução da cidade e uma das principais obras arquitetônicas da Europa. Sua reconstrução durou 13 anos e foi reinaugurada somente no ano de 2006, ou seja, só recentemente todos puderam voltar a apreciar essa impressionante catedral do século XVIII. Sua reconstrução foi financiada por diversas associações mundo afora, além das constribuições oriundas da própria população. Um detalhe impressionante e curioso, é que várias pedras da construção original foram guardadas, catalogadas e reutilizadas na nova construção. Olhando para sua fachada é fácil identificá-las pela sua cor preta, que geram um contraste com a cor branca das novas.

Dresden Frauenkirche

Dresden Frauenkirche

Por dentro a Frauenkirche também é muito bonita e original.

Dresden Frauenkirche

Dresden Frauenkirche

Bem ao lado da praça, mais precisamente na Augustusstrasse, fica o Furstenzug, que é considerado o maior painel de porcelana do mundo e que retrata todos os reis da Saxônia ao longo da história. O painel é realmente muito bonito e bem diferente de tudo que já vi, portanto vale a pena ficar apreciando os detalhes com calma para absorver toda sua beleza.

Dresden Furstenzug

Dresden Furstenzug

Dresden Furstenzug

Caminhando ao longo do muro você se depara com a imponente igreja católica Katholische Hofkirche, que abriga o túmulo de Augusto, o forte, considerado o mais importente rei da Saxônia e o principal responsável por transformar Dresden em uma metrópole cultural e artística e pelas belas construções históricas que hoje podemos apreciar.

Dresden Katholische Hofkirche

Dresden Katholische Hofkirche

Dresden Katholische Hofkirche

Aproveite também para apreciar a praça em frente a igreja, conhecida como Schloßplatz, e a beleza de todas as construções ao redor.

Dresden Schloßstraße

Dresden Schloßstraße

Dresden Schloßstraße

Ao lado da praça não deixe também de subir as escadas que levam ao terraço para apreciar o Rio Elba e a Ponte Augustus. Essa região é bem agradável e conta com diversas artistas mostrando suas habilidades. Não deixe de passear por esse terraço a noite, quando as construções ficam todas iluminadas e ainda mais bonitas. A ponte liga a cidade antiga à Neustadt, que é a parte nova da cidade e conta com um bom comércio e uma vida noturna mais agitada. Chegamos até a passear um pouco por Neustadt, mas infelizmente não gostamos muito e não considero essencial para quem tem pouco tempo na cidade.

Dresden Ponte Augustus

Atrás da igreja fica a Staatsoper Dresden, que é o teatro de ópera da cidade e outra importante e bela construção arquitetônica. É possível visitar o teatro por meio de visitas guiadas que acontecem durante o dia e o ingresso custa atualmente €9 para os adultos e €6 para crianças, sendo que eles também oferecem um ingresso para famílias com 2 adultos e até 5 crianças por €20, que sai mais vantajoso para quem viaja com os filhos. Para quem não fala alemão, infelizmente eles só oferecem 1 tour em inglês por dia que ocorre as 15h, já que a maioria dos turistas é mesmo alemã, que para mim foi um fato surpreendente. Por esse motivo é bom reservar seu ingresso pelo site oficial com antecedência, ou então chegar cedo e torcer para ter lugar. Como infelizmente não sabíamos desse fato e mesmo assim queríamos fazer o tour, acabamos pegando um em alemão mesmo, já que o inglês já estava esgotado. Mesmo sem entender praticamente nada, o tour valeu a pena!

Dresden Opera

Dresden Opera

Dresden Opera

Dresden Opera

Como tudo em Dresden é pertinho, bem ao lado da ópera fica outra atração imperdível da cidade: o Zwinger. Esse complexo de edifícios de arquitetura barroca foi um dos marcos do reinado de Augusto, o Forte, e hoje abriga uma série de museus importantes, sendo o mais famoso o Museu de Porcelana. Mesmo que você não seja uma apreciador de museus, só passear pelo belo jardim e observar a arquitetura do complexo já é um passeio imperdível e muito bonito!

Dresden Zwinger

Dresden Zwinger

Dresden Zwinger

Dresden Zwinger

Caminhando mais para o sul do centro histórico você chega na Altmarkt, que é uma praça bem ampla e bonita, com um ótimo comércio ao seu redor. Além dos restaurantes e cafés, do lado oeste da praça fica Altmarkt-Galerie Dresden, que é um shopping center bem grande para os padrões europeus, com várias lojas conhecidas, contando inclusive com uma Apple Store para os mais tecnológicos.

Dresden_Altmarkt

Dresden_Altmarkt Galerie

Vizinho a praça fica a Kreuzkirche, outra igreja barroca, que infelizmente só é bonita por fora, já que seu interior é bem simples e decepcionante.

Dresden  Kreuzkirche

Para encerrar o passeio por essa bela cidade, um local que é contrastante com quase tudo que você viu até então. A rua Prager Straße, que liga a estação de trem a Altmarkt, é a região mais moderna e comercial da cidade, com várias grandes lojas de magazine alemãs e algumas marcas internacionalmente famosas. Para quem gosta de fazer compras, é um ótimo local para garimpar, pois os preços na Alemanha são convidativos se comparados com os do Brasil.

Dresden Prager Strasse

Dresden Prager Strasse

Além de ser muito bonito de dia, Dresden também tem seus encantos a noite, quando todas as principais atrações da cidade histórica são muito bem iluminadas para apreciação de todos. Portanto, para encerrar esse post, nada melhor do que curtir algumas fotos da cidade nesse período do dia, o que é mais uma das vantagens de se dormir em Dresden.

Dresden

Dresden

Dresden

Dresden


Acompanhe e curta também o Wazari no Facebook



Leia também:

Dresden: onde se hospedar
Bamberg
Nuremberg: principais atrações
Nuremberg: onde se hospedar
Nuremberg: onde comer

 
12 Comentários

Publicado por em Outubro 8, 2013 em Alemanha, Dresden

 

Etiquetas: , ,