RSS

Dresden: uma cidade que se reergueu das cinzas

08 Out

Dresden foi sem dúvida a cidade que mais gostamos desse nosso tour pela Alemanha! Não dá nem para imaginar que a mesma foi praticamente toda destruída pelos bombardeios durante a segunda guerra mundial e praticamente reerguida com a ajuda da população, sendo que até hoje é possível ver várias obras de reconstrução em andamento. A cidade já é tão bonita atualmente, que é até difícil acreditar que ela já foi mais ainda durante seus anos de esplendor. Uma pena!

Como disse no post anterior, a cidade histórica e turística não é muito grande, portanto dá para conhecer tudo a pé sem problemas. Em alguns pontos dá até para pegar o bonde, que circula pelas vias principais do centro, mas só se você estiver cansado ou com crianças, pois realmente não é necessário e até agradável caminhar pelas ruas da cidade.

Começamos o nosso passeio pela praça Neumarkt, que é a mais turística da cidade e onde tudo acontece. A praça é realmente muito bonita e conta com vários restaurantes ao redor em prédios com uma arquitetura bem bacana para se apreciar.

Dresden Neumarkt

Dresden Neumarkt

Dresden Neumarkt

Se não bastasse a beleza da praça por si só, bem no centro dela fica o principal cartão posta da cidade: Frauenkirche. Essa imensa catedral é o principal símbolo de reconstrução da cidade e uma das principais obras arquitetônicas da Europa. Sua reconstrução durou 13 anos e foi reinaugurada somente no ano de 2006, ou seja, só recentemente todos puderam voltar a apreciar essa impressionante catedral do século XVIII. Sua reconstrução foi financiada por diversas associações mundo afora, além das constribuições oriundas da própria população. Um detalhe impressionante e curioso, é que várias pedras da construção original foram guardadas, catalogadas e reutilizadas na nova construção. Olhando para sua fachada é fácil identificá-las pela sua cor preta, que geram um contraste com a cor branca das novas.

Dresden Frauenkirche

Dresden Frauenkirche

Por dentro a Frauenkirche também é muito bonita e original.

Dresden Frauenkirche

Dresden Frauenkirche

Bem ao lado da praça, mais precisamente na Augustusstrasse, fica o Furstenzug, que é considerado o maior painel de porcelana do mundo e que retrata todos os reis da Saxônia ao longo da história. O painel é realmente muito bonito e bem diferente de tudo que já vi, portanto vale a pena ficar apreciando os detalhes com calma para absorver toda sua beleza.

Dresden Furstenzug

Dresden Furstenzug

Dresden Furstenzug

Caminhando ao longo do muro você se depara com a imponente igreja católica Katholische Hofkirche, que abriga o túmulo de Augusto, o forte, considerado o mais importente rei da Saxônia e o principal responsável por transformar Dresden em uma metrópole cultural e artística e pelas belas construções históricas que hoje podemos apreciar.

Dresden Katholische Hofkirche

Dresden Katholische Hofkirche

Dresden Katholische Hofkirche

Aproveite também para apreciar a praça em frente a igreja, conhecida como Schloßplatz, e a beleza de todas as construções ao redor.

Dresden Schloßstraße

Dresden Schloßstraße

Dresden Schloßstraße

Ao lado da praça não deixe também de subir as escadas que levam ao terraço para apreciar o Rio Elba e a Ponte Augustus. Essa região é bem agradável e conta com diversas artistas mostrando suas habilidades. Não deixe de passear por esse terraço a noite, quando as construções ficam todas iluminadas e ainda mais bonitas. A ponte liga a cidade antiga à Neustadt, que é a parte nova da cidade e conta com um bom comércio e uma vida noturna mais agitada. Chegamos até a passear um pouco por Neustadt, mas infelizmente não gostamos muito e não considero essencial para quem tem pouco tempo na cidade.

Dresden Ponte Augustus

Atrás da igreja fica a Staatsoper Dresden, que é o teatro de ópera da cidade e outra importante e bela construção arquitetônica. É possível visitar o teatro por meio de visitas guiadas que acontecem durante o dia e o ingresso custa atualmente €9 para os adultos e €6 para crianças, sendo que eles também oferecem um ingresso para famílias com 2 adultos e até 5 crianças por €20, que sai mais vantajoso para quem viaja com os filhos. Para quem não fala alemão, infelizmente eles só oferecem 1 tour em inglês por dia que ocorre as 15h, já que a maioria dos turistas é mesmo alemã, que para mim foi um fato surpreendente. Por esse motivo é bom reservar seu ingresso pelo site oficial com antecedência, ou então chegar cedo e torcer para ter lugar. Como infelizmente não sabíamos desse fato e mesmo assim queríamos fazer o tour, acabamos pegando um em alemão mesmo, já que o inglês já estava esgotado. Mesmo sem entender praticamente nada, o tour valeu a pena!

Dresden Opera

Dresden Opera

Dresden Opera

Dresden Opera

Como tudo em Dresden é pertinho, bem ao lado da ópera fica outra atração imperdível da cidade: o Zwinger. Esse complexo de edifícios de arquitetura barroca foi um dos marcos do reinado de Augusto, o Forte, e hoje abriga uma série de museus importantes, sendo o mais famoso o Museu de Porcelana. Mesmo que você não seja uma apreciador de museus, só passear pelo belo jardim e observar a arquitetura do complexo já é um passeio imperdível e muito bonito!

Dresden Zwinger

Dresden Zwinger

Dresden Zwinger

Dresden Zwinger

Caminhando mais para o sul do centro histórico você chega na Altmarkt, que é uma praça bem ampla e bonita, com um ótimo comércio ao seu redor. Além dos restaurantes e cafés, do lado oeste da praça fica Altmarkt-Galerie Dresden, que é um shopping center bem grande para os padrões europeus, com várias lojas conhecidas, contando inclusive com uma Apple Store para os mais tecnológicos.

Dresden_Altmarkt

Dresden_Altmarkt Galerie

Vizinho a praça fica a Kreuzkirche, outra igreja barroca, que infelizmente só é bonita por fora, já que seu interior é bem simples e decepcionante.

Dresden  Kreuzkirche

Para encerrar o passeio por essa bela cidade, um local que é contrastante com quase tudo que você viu até então. A rua Prager Straße, que liga a estação de trem a Altmarkt, é a região mais moderna e comercial da cidade, com várias grandes lojas de magazine alemãs e algumas marcas internacionalmente famosas. Para quem gosta de fazer compras, é um ótimo local para garimpar, pois os preços na Alemanha são convidativos se comparados com os do Brasil.

Dresden Prager Strasse

Dresden Prager Strasse

Além de ser muito bonito de dia, Dresden também tem seus encantos a noite, quando todas as principais atrações da cidade histórica são muito bem iluminadas para apreciação de todos. Portanto, para encerrar esse post, nada melhor do que curtir algumas fotos da cidade nesse período do dia, o que é mais uma das vantagens de se dormir em Dresden.

Dresden

Dresden

Dresden

Dresden


Acompanhe e curta também o Wazari no Facebook



Leia também:

Dresden: onde se hospedar
Bamberg
Nuremberg: principais atrações
Nuremberg: onde se hospedar
Nuremberg: onde comer

Anúncios
 
10 Comentários

Publicado por em Outubro 8, 2013 em Alemanha, Dresden

 

Etiquetas: , ,

10 responses to “Dresden: uma cidade que se reergueu das cinzas

  1. Fernanda Scafi

    Outubro 9, 2013 at 12:50 am

    AMEI esse post. Cada dia mais aumenta a minha vontade de conhecer Berlin, Leipzig e Dresden! Tomara que eu consiga logo!!!

     
    • Alessandro A.

      Outubro 9, 2013 at 3:29 pm

      Obrigado Fernanda. Tomara que você consiga visitar essas cidades em breve. Ainda vou postar sobre Berlin, mas Leipzig eu também não conheço ainda.

      Abraços!

       
  2. Boia Paulista

    Outubro 10, 2013 at 10:21 am

    Oi, Alê. Tudo bem? 🙂

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem. Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie – Boia

     
    • Alessandro A.

      Outubro 10, 2013 at 12:11 pm

      Obrigado Natalie!!!

       
  3. Tatiana Moreli

    Fevereiro 19, 2014 at 11:34 pm

    Olá Alessandro, vc poderia me ajudar com uma dúvida cruel? Ao deixar Berlin e seguir para Munique gostaria de conhecer outra cidade pelo caminho, pensei em Dresden ou Nuremberg. Qual vc indicaria? Vou fazer o percurso de trem. Vc sabe dizer se há guarda volume nas estações de Dresden ou Nuremberg que caibam duas malas grandes? Agradeço desde já sua atenção.

     
    • Alessandro A.

      Fevereiro 20, 2014 at 12:52 pm

      Oi Tatiana,

      As duas cidades são bonitas, mas acho Dresden bem superior. Não sei se tem local para deixar a mala na estação e nem se logisticamente é a melhor, mas é a que eu gostei mais.

      Abraços!

       
      • Tatiana Moreli

        Fevereiro 20, 2014 at 2:20 pm

        Valeu Alessandro, seu blog é nota 10.

         
  4. João Alberto

    Março 23, 2014 at 12:19 pm

    Olá Alessandro!
    Pretendo viajar para Alemanha e a cidade Dresden está no meu roteiro de viagem. Eu gostaria de saber quantos dias serão necessário para se conhecer bem está cidade que ressurgiu das cinzas

     
    • Alessandro A.

      Março 24, 2014 at 10:19 am

      Oi João Alberto,

      Considero 2 dias suficientes, pois a cidade não é tão grande e no centro histórico dá para fazer tudo a pé. No entanto, caso você goste muito de museu e queira visitar com calma os do complexo Zwinger, então é melhor reservar mais algum tempo para a cidade.

      Abraços

       
  5. Franklin

    Junho 3, 2014 at 11:45 am

    Esta cidade é muito linda, as pessoas são muito receptivas. Ficarei com muitas saudades.
    O que mais impressiona pela beleza da cidade e saber que em 1945 ela foi completamente destruída, e agora reconstruída continua com a mesma beleza.

     

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: