RSS

Arquivo de etiquetas: Mykonos

Mykonos – Chora

Vista de Chora

Vista de Chora

Vista de Chora

Vista de Chora


A vila de Chora fica no centro-oeste da ilha de Mykonos e representa bem aquela imagem que temos da Grécia (pelo menos a que eu tinha 🙂 ): casinhas e igrejas brancas, moinhos, ruas estreitas de pedras e muitas lojas e restaurantes. É um verdadeiro labirinto caminhar pelas suas ruelas e um mapa é essencial para não se perder. Tá certo que é até gostoso se perder e caminhar sem destino ou obrigação, mas pelo menos use o mapa para conseguir voltar para o seu hotel ou estacionamento. Também é importante se planejar para não ficar dando volta em círculos e conseguir conhecer o máximo da vila, pois cada ruazinha proporciona uma descoberta nova. Para os que são fanáticos por mapa como eu, no início você fica meio perdido e não adianta ficar muito preocupado, pois você acaba se achando alguma hora.

O mapa obtido gratuitamente no aeroporto também pode ser visualizado online no site da SkyMap3D. Além do mapa das ruas, ele também indica uma série de lojas e restaurantes, facilitando a identificação durante o deslocamento. Na home da SkyMap3D, você pode ainda obter mapas de outras cidades e ilhas. Como na vila só é permitida a circulação de pedestres, se você estiver de moto ou carro o melhor local para estacionar é na rua Agiou Ioannou, que circula a cidade, nas esquinas com as ruas Odos Agiou Louka (Sul) ou Polikandrioti (Norte). Desses pontos você caminha até o centro de Chora e não é muito longe.

Rua de Chora

Rua de Chora

Rua de Chora

Rua de Chora

Rua de Chora

Rua de Chora

Para poder bater perna livremente pela vila tranquilamente, procuramos primeiro conhecer os principais pontos turísticos, que ficam basicamente concentrados junto ao mar. Primeiramente visitamos o Moinhos e Little Venice, que são praticamente vizinhos. Esse último é formado por uma séria de bares e restaurantes debruçados no mar, mas achei a maioria caro e turístico.

Moinhos

Moinhos

Little Venice

Little Venice


Em seguida fomos até a famosa igreja Panagia Paraportiani, que é toda branca e bem bonita para tirar fotos.

Igreja

Igreja Panagia Paraportiani


Aproveitamos o fim do dia para observar também o pôr-do-sol, que apesar de não ser tão bonito quanto o de Santorini, também valeu a pena.

Pôr-do-sol

Pôr-do-sol


Durante as duas noites em que passamos em Mykonos, jantamos na vila. As refeições não foram memoráveis, mas de qualquer forma vou passar as minhas impressões.

Na primeira noite jantamos na Taverna Nikos, que é bem conhecido e fica lotada de turistas. A taverna é grande e tem bastante mesas, principalmente do lado de fora, o que é bem agradável. No entanto, o serviço é ruim e existem poucos garçons para a quantidade de mesas. A comida foi apenas razoável e pagamos €45.

Taverna Nikos

Taverna Nikos


Na segunda noite jantamos no Barkia Pasta, um restaurante de massa que havíamos visto anteriormente e que parecia bom. O restaurante é bonito e as mesinhas na rua são realmente agradáveis, no entanto a comida deixou a desejar. Os pratos têm uma apresentação bonita, que foi o que havia nos chamado a atenção, mas o sabor foi regular. Além disso, o prato de ravióli é muito pequeno (vide foto) e mesmo quem come pouco fica com fome. Comemos um espaguete com camarão e um ravióli aos 4 queijos e pagamos €45.

Restaurante Barkia Pasta

Restaurante Barkia Pasta

Espaguete com camarão

espaguete com camarão

Ravioli aos 4 queijos

Ravióli aos 4 queijos


Outros posts da viagem a Grécia:
Grécia: Agências de Viagem
Grécia: Como chegar nas ilhas
Chegando a Atenas
Atenas – Passeando pela história
Atenas – Museu da Acrópole
Atenas – Estádio Olímpico
Atenas – Outros passeios
Restaurantes em Atenas
Chegando a Mykonos
Mykonos – As praias do sudoeste
Mykonos – As praias do norte
Chegando a Santorini
Santorini – Oia
Santorini – Fira e outros passeios
Restaurantes em Santorini

 
9 Comentários

Publicado por em Agosto 14, 2009 em Grécia, Mykonos, Restaurantes

 

Etiquetas: , , ,

Mykonos – As praias do norte

No segundo dia aproveitamos para conhecer as praias do norte da ilha, que são mais vazias que as do sul e não possuem tanta infra. Aqui as praias são exclusivamente para relaxar e curtir, sem aquela agitação característica de Mykonos.

O caminho de Chora (A) até as praias do norte é bom, mas leva-se um pouco mais de tempo. Além da distância, você acaba parando algumas vezes no meio do caminho para tirar fotos dos visuais maravilhosos que vão aparecendo.

Praia de Panormos

Praia de Panormos

Praia de Angios Sostis

Praia de Angios Sostis

Igreja em Angios Sostis

Igreja em Angios Sostis


A primeira praia no caminho é Panormos (B), que apesar de ter um visual bonito, não me agradou muito. A praia é bem família e tem uma barraca grande vendendo comida e bebida, mas o clima não é tão gostoso. Mesmo não estando tão cheia, tinha muita gente jogando frescobol e bola, tanto na areia como na água, e você tem que ficar se desviando das bolas para conseguir tomar um banho tranquilo.

Praia de Panormos

Praia de Panormos

Praia de Panormos

Praia de Panormos


Seguindo um pouco mais adiante, está Angios Sostis (C), que para mim é a melhor praia junto com Psarou. Essa praia é linda e praticamente deserta. Um dos motivos é que não existe nenhuma infra e se você não quiser torrar na praia deve levar seu próprio guarda-sol e cadeira. Acredito que isso acabe afastando os turistas, o que a torna super agradável para relaxar sem preocupação. Ela fica tão vazia, que encontramos até alguns casais fazendo nudismo no seu canto direito.

Praia de Angios Sostis

Praia de Angios Sostis

Praia de Angios SostisPraia de Angios Sostis

Além de sua beleza natural, Angios Sostis tem outro atrativo imperdível, que é o Kiki´s, um restaurante pequeno e delicioso na sua encosta e que nos proporcionou a melhor refeição em Mykonos. Ele nos foi indicado por amigos e também pelo Condé Nast. Ele é difícil de ser encontrado, pois não tem placa, telefone, site e nem se parece com um restaurante por fora, e acho que esse é um dos motivos pelo qual ele é tão bom. A aparência simples e rústica engana quem não o conhece e admito que se eu não tivesse a indicação, nunca pararia para comer ali. Ele fica do lado esquerdo de quem está descendo para a praia e a chaminé ajuda na identificação. Chegue cedo, pois ele abre ao meio-dia e enche logo.

Restaurante Kiki's

Restaurante Kiki's

Restaurante Kiki's

Restaurante Kiki's

Restaurante Kiki's

Restaurante Kiki's


Lá dentro você tem um visual excelente da praia e a cobertura da árvore torna o ambiente super agradável. Para começar, você deve se levantar e ir até o balcão escolher uma salada, que estavam todas com uma cara muito boa. Escolhemos um farfale ao pesto, que estava muito bom, mas existem diversas outras opções.

Farfale ao pesto (visual da mesa)

Farfale ao pesto (visual da mesa)


Em seguida, pedimos os pratos principais, que vêm acompanhados por uma pequena salada e são todos minuciosamente preparados em uma churrasqueira. Minha esposa ficou com o peixe espada grelhado e eu pedi um polvo grelhado.

Peixe espada grelhado

Peixe grelhado

Polvo grelhado

Polvo grelhado


Tanto o polvo, quanto o peixe, estavam muito suculentos e com um sabor bem diferente do que estamos acostumados. O preparo na churrasqueira dá realmente um sabor especial e eu nunca havia comido um polvo tão bom em minha vida! Só de lembrar já dá água na boca! Pagamos €59 e saímos muito satisfeitos.

Outros posts da viagem a Grécia:
Grécia: Agências de Viagem
Grécia: Como chegar nas ilhas
Chegando a Atenas
Atenas – Passeando pela história
Atenas – Museu da Acrópole
Atenas – Estádio Olímpico
Atenas – Outros passeios
Restaurantes em Atenas
Chegando a Mykonos
Mykonos – As praias do sudoeste
Mykonos – Chora
Chegando a Santorini
Santorini – Oia
Santorini – Fira e outros passeios
Restaurantes em Santorini

 
5 Comentários

Publicado por em Agosto 11, 2009 em Grécia, Mykonos, Restaurantes

 

Etiquetas: , , ,

Mykonos – As praias do sudoeste

Mykonos é uma ilha agitada e com muita badalação, onde as principais atrações são as praias e a capital Chora. As praias são realmente um capítulo a parte, com suas águas transparentes, casinhas e igrejas brancas debruçadas na encosta, calor escaldante e um clima descontraído. Apesar da imagem mais famosa de Mykonos ser aquelas festas na praia com o pessoal bebendo e se acabando, existem praias para todos os gostos e de todos os tipos na ilha, bastando você escolher as que mais tem agradam. Não ache você que essas imagens de festa e loucura são exagero, pois elas existem sim, mas ficam concentradas nas praias de Paradise e Super Paradise e valem muito a pena ser conferidas, mesmo que você só vá assistir.

A ilha não é muito grande, mas você precisa de um veículo para se locomover entre as praias, pois são várias ao redor de toda a ilha. Eu preferi uma scooter, devido a praticidade de acesso e estacionamento, além da sensação de liberdade e do vento refrescante, mas também circulam muitos quadricículos e carros. As estradinhas de acesso as praias são pequenas, mas pavimentadas e tranquilas, mesmo na alta estação. A sinalização é boa, mas falha em alguns poucos trechos, portanto o mapa é essencial (lembra daquele do aeroporto que mencionei anteriormente??).

Bem, agora vamos ao que interessa. Vamos conhecer as praias de Mykonos!



As praias mais famosas ficam na parte sudoeste da ilha e se tiver tempo vale conhecer um pouco de cada uma. Por serem mais famosas, são normalmente mais cheias e possuem uma infra melhor do que outras, o que facilita você passar o dia inteiro por lá. Partindo de Chora (A), você leva em torno de 10 a 15 minutos para chegar nessa região.

A primeira praia que visitamos foi Psarou (B), e não poderia ter sido melhor escolhida. O visual na chegada é sensacional e a praia muito bonita.

Praia de Psarou

Praia Psarou

Praia de Psarou (Que água é essa?)

Praia Psarou (Que água é essa?)



No lado direito ficam alguns bares e restaurantes com diversas esteiras acolchoadas até a água, mas que só podem ser usadas com reserva antecipada (na baixa temporada deve ser mais fácil) e parecem ser bem caros. Isso é um pouco irritante, pois eles tomam conta da areia nesse pedaço (bem diferente do Brasil, né?! 🙂 ), mas existe do lado esquerdo da praia uma boa área para os mortais.

Nesse pedaço existe também um barzinho mais barato e simples, onde você pode comprar bebidas e petiscos. Para quem deseja uma infra, a prefeitura disponibiliza barracas e esteiras muito bem conservadas, só que cada item custa exorbitantes €4 para alugar. O funcionário da prefeitura fica passando o tempo todo cobrando o aluguel e emite na hora um recibo em uma máquina portátil. Não tem perdão!

Praia de Psarou (lado direito)

Praia Psarou (lado direito)

Praia de Psarou (lado esquerdo)

Praia Psarou (lado esquerdo)

O bom dessa praia é que o altofalante dos bares fica tocando o tempo todo música estilo MPB e bem agradáveis. Quando eu disse estilo MPB, é porque eles realmente tocam diversas músicas da MPB, pois acho que a música brasileira está em alta na Grécia. É uma sensação engraçada ficar deitado em uma praia da Grécia e ouvindo música brasileira! Essa praia nos pareceu a mais chique da ilha (vide a quantidade de iates estacionados) e aonde vão os casais e famílias que não estão interessado em muita badalação, mas apenas em curtir uma boa praia.

Praia de Psarou

Praia Psarou


Ficamos um bom tempo nessa praia antes de partir para a próxima, que foi a Platys Gialos (C). Não gostamos muito dessa praia, pois ela é lotada de restaurantes e barracas e você quase não vê a areia. Ela também nos pareceu um pouco suja e não tinha um clima tão legal. Paramos só para tirar foto e seguimos em frente.

A próxima parada foi Paraga (D). Essa praia é a menor desse lado da ilha, mas é bem agradável. Assim como as outras duas, tem um clima bem família.

Praia de Paraga

Praia Paraga

Praia de Paraga

Praia Paraga


Seguimos viagem até a famosa Paradise (E). A praia em si não é tão bonita e também está cheia de cadeiras e barracas até a areia, mas a badalação é forte. Chegamos lá no final da tarde e música já estava bombando! A concentração fica na barraca Tropicana Club, que fica tocando música techno o tempo todo e existem diversas dançarinas e animadores em cima de plataformas para animar a galera. A festa ainda estava começando, mas já tinha um pessoal bem doidão e um animador italiano quase que pelado tentando botar fogo no pessoal. Essa praia é lugar ideal para quem está solteiro e quer um pouco de animação e paquera.

Praia de Paradise (Tropicana Club)

Praia Paradise (Tropicana Club)

Praia de Paradise (Tropicana Club)

Praia Paradise (Tropicana Club)


Ficamos assistindo um tempo e partimos para a última praia desse lado da ilha, que é a Super Paradise (F). Essa praia é um pouco mais longe e você anda um bocado até chegar lá. Assim como a anterior, nessa praia também rola uma festa techno, mas um pouco mais calma e comportada, mas não menos animada. A praia também é mais bonita e boa para quer um pouco de animação. A cor do sol no final de tarde também deu um toque especial à praia.

Praia de Super Paradise

Praia Super Paradise

Praia Super Paradise

Praia Super Paradise

Praia Super Paradise

Praia Super Paradise


Outros posts da viagem a Grécia:
Grécia: Agências de Viagem
Grécia: Como chegar nas ilhas
Chegando a Atenas
Atenas – Passeando pela história
Atenas – Museu da Acrópole
Atenas – Estádio Olímpico
Atenas – Outros passeios
Restaurantes em Atenas
Chegando a Mykonos
Mykonos – As praias do norte
Mykonos – Chora
Chegando a Santorini
Santorini – Oia
Santorini – Fira e outros passeios
Restaurantes em Santorini

 
19 Comentários

Publicado por em Agosto 7, 2009 em Grécia, Mykonos

 

Etiquetas: , , , , , ,