RSS

Mykonos – As praias do sudoeste

07 Ago

Mykonos é uma ilha agitada e com muita badalação, onde as principais atrações são as praias e a capital Chora. As praias são realmente um capítulo a parte, com suas águas transparentes, casinhas e igrejas brancas debruçadas na encosta, calor escaldante e um clima descontraído. Apesar da imagem mais famosa de Mykonos ser aquelas festas na praia com o pessoal bebendo e se acabando, existem praias para todos os gostos e de todos os tipos na ilha, bastando você escolher as que mais tem agradam. Não ache você que essas imagens de festa e loucura são exagero, pois elas existem sim, mas ficam concentradas nas praias de Paradise e Super Paradise e valem muito a pena ser conferidas, mesmo que você só vá assistir.

A ilha não é muito grande, mas você precisa de um veículo para se locomover entre as praias, pois são várias ao redor de toda a ilha. Eu preferi uma scooter, devido a praticidade de acesso e estacionamento, além da sensação de liberdade e do vento refrescante, mas também circulam muitos quadricículos e carros. As estradinhas de acesso as praias são pequenas, mas pavimentadas e tranquilas, mesmo na alta estação. A sinalização é boa, mas falha em alguns poucos trechos, portanto o mapa é essencial (lembra daquele do aeroporto que mencionei anteriormente??).

Bem, agora vamos ao que interessa. Vamos conhecer as praias de Mykonos!



As praias mais famosas ficam na parte sudoeste da ilha e se tiver tempo vale conhecer um pouco de cada uma. Por serem mais famosas, são normalmente mais cheias e possuem uma infra melhor do que outras, o que facilita você passar o dia inteiro por lá. Partindo de Chora (A), você leva em torno de 10 a 15 minutos para chegar nessa região.

A primeira praia que visitamos foi Psarou (B), e não poderia ter sido melhor escolhida. O visual na chegada é sensacional e a praia muito bonita.

Praia de Psarou

Praia Psarou

Praia de Psarou (Que água é essa?)

Praia Psarou (Que água é essa?)



No lado direito ficam alguns bares e restaurantes com diversas esteiras acolchoadas até a água, mas que só podem ser usadas com reserva antecipada (na baixa temporada deve ser mais fácil) e parecem ser bem caros. Isso é um pouco irritante, pois eles tomam conta da areia nesse pedaço (bem diferente do Brasil, né?! 🙂 ), mas existe do lado esquerdo da praia uma boa área para os mortais.

Nesse pedaço existe também um barzinho mais barato e simples, onde você pode comprar bebidas e petiscos. Para quem deseja uma infra, a prefeitura disponibiliza barracas e esteiras muito bem conservadas, só que cada item custa exorbitantes €4 para alugar. O funcionário da prefeitura fica passando o tempo todo cobrando o aluguel e emite na hora um recibo em uma máquina portátil. Não tem perdão!

Praia de Psarou (lado direito)

Praia Psarou (lado direito)

Praia de Psarou (lado esquerdo)

Praia Psarou (lado esquerdo)

O bom dessa praia é que o altofalante dos bares fica tocando o tempo todo música estilo MPB e bem agradáveis. Quando eu disse estilo MPB, é porque eles realmente tocam diversas músicas da MPB, pois acho que a música brasileira está em alta na Grécia. É uma sensação engraçada ficar deitado em uma praia da Grécia e ouvindo música brasileira! Essa praia nos pareceu a mais chique da ilha (vide a quantidade de iates estacionados) e aonde vão os casais e famílias que não estão interessado em muita badalação, mas apenas em curtir uma boa praia.

Praia de Psarou

Praia Psarou


Ficamos um bom tempo nessa praia antes de partir para a próxima, que foi a Platys Gialos (C). Não gostamos muito dessa praia, pois ela é lotada de restaurantes e barracas e você quase não vê a areia. Ela também nos pareceu um pouco suja e não tinha um clima tão legal. Paramos só para tirar foto e seguimos em frente.

A próxima parada foi Paraga (D). Essa praia é a menor desse lado da ilha, mas é bem agradável. Assim como as outras duas, tem um clima bem família.

Praia de Paraga

Praia Paraga

Praia de Paraga

Praia Paraga


Seguimos viagem até a famosa Paradise (E). A praia em si não é tão bonita e também está cheia de cadeiras e barracas até a areia, mas a badalação é forte. Chegamos lá no final da tarde e música já estava bombando! A concentração fica na barraca Tropicana Club, que fica tocando música techno o tempo todo e existem diversas dançarinas e animadores em cima de plataformas para animar a galera. A festa ainda estava começando, mas já tinha um pessoal bem doidão e um animador italiano quase que pelado tentando botar fogo no pessoal. Essa praia é lugar ideal para quem está solteiro e quer um pouco de animação e paquera.

Praia de Paradise (Tropicana Club)

Praia Paradise (Tropicana Club)

Praia de Paradise (Tropicana Club)

Praia Paradise (Tropicana Club)


Ficamos assistindo um tempo e partimos para a última praia desse lado da ilha, que é a Super Paradise (F). Essa praia é um pouco mais longe e você anda um bocado até chegar lá. Assim como a anterior, nessa praia também rola uma festa techno, mas um pouco mais calma e comportada, mas não menos animada. A praia também é mais bonita e boa para quer um pouco de animação. A cor do sol no final de tarde também deu um toque especial à praia.

Praia de Super Paradise

Praia Super Paradise

Praia Super Paradise

Praia Super Paradise

Praia Super Paradise

Praia Super Paradise


Outros posts da viagem a Grécia:
Grécia: Agências de Viagem
Grécia: Como chegar nas ilhas
Chegando a Atenas
Atenas – Passeando pela história
Atenas – Museu da Acrópole
Atenas – Estádio Olímpico
Atenas – Outros passeios
Restaurantes em Atenas
Chegando a Mykonos
Mykonos – As praias do norte
Mykonos – Chora
Chegando a Santorini
Santorini – Oia
Santorini – Fira e outros passeios
Restaurantes em Santorini

Anúncios
 
18 Comentários

Publicado por em Agosto 7, 2009 em Grécia, Mykonos

 

Etiquetas: , , , , , ,

18 responses to “Mykonos – As praias do sudoeste

  1. Arthur

    Agosto 13, 2009 at 9:00 pm

    Realmente, que água é essa? Cristalina!
    Sobre a Praia Psarou: “psaro” é “peixe” em grego, então, deve ser “Praia do Peixe”… (é a praia do Romário 🙂
    Abraços!

     
    • Alessandro

      Agosto 14, 2009 at 9:30 am

      Arthur, eu realmente vi alguns peixes na água, mas fora eu não vi não! É que o Romário está treinando no América agora, e como todo mundo sabe, o América sempre morre na praia! 🙂

      Abraços!

       
  2. Cristina

    Agosto 23, 2009 at 6:55 pm

    Alessandro
    passando hoje para copiar e colar no arquivo Grécia tudo que vou ler no avião. mas preciso dizer em alto som: TECNO NÃO!!! Eu sou carioca, faço parte de um grupo vocal, sou eclética, mas tum tum tum só bebendo em Maresias ou Punta Del Este eu aguentei. rsrs

    Estou amando os posts. A excursão low cost que vou fazer cobre 2 dias em cada ilha (paros, mikonos e santorni). Opcionais que eles cobram – Delos (Mikonos) e uma cratera vulcanica (Santorini). Vcs chegaram a ir?

    Muito obrigada!
    Cristina VnV

     
    • Alessandro

      Agosto 24, 2009 at 9:50 am

      Cristina,
      Eu também não gosto de música tecno não, mas é divertido ficar bebendo e observando aquela loucura toda. Tem umas figuras muito engraçadas!

      Eu não fui a Delos nem a cratera vulcânica. Como tinha pouco tempo nas ilhas, priorizei conhecê-las melhor do que fazer esses passeios. Além disso, não me empolguei muito com a cratera vulcânica em Santorini não. O passeio todo dura quase 1 dia inteiro e a maioria das pessoas que já haviam feito o passeio não gostaram muito. Eu via algumas fotos e não achei nada demais. Se eu tivesse ficado mais uns dias, faria o passeio, mas como eu só tinha 2 dias em Santorini, achei um desperdício trocar tanta beleza por um monte de pedra preta. Bem, é uma questão muito pessoal, por isso não gosto de falar muito para não influenciar. A Emília tem um post legal sobre o passeio: http://aturistaacidental.wordpress.com/2009/04/19/no-centro-da-caldeira/ .

      Abraços!

       
  3. Cristina

    Agosto 25, 2009 at 12:07 pm

    Alessandro,
    muito obrigada pelo retorno. Descobri depois que vc nao tinha ido a caldeira e depois do seu blog, vasculhei todo o da Emilia. Vi esse post dela e digamos que fiz uma media. Ainda nao olhei as fotos mas to pensando se a turma do grupo jovem da excursao topara alugar um carro, se alugo uma scooter, to achando tudo muito dificil de se locomover a pe…bem, em se tratando de ilha…em Noronha eu consegui carona rsrs Como é um opcional até caro, vou deixar para decidir lá. Abs

     
  4. Gabriela

    Março 18, 2010 at 2:56 pm

    Parabéns pelos posts, muito organizados e com informações preciosas pra quem está organizando uma viagem para a Grécia, como eu por exemplo….
    Esse mapinha que vc fez com a indicação das praias, fotos e comentários, foi esclarecedor demais!
    Parabéns novamente, vou continuar fuçando aqui…. rs…

     
    • Alessandro A.

      Março 18, 2010 at 3:22 pm

      Obrigado Gabriela! Espero que você goste dos outros posts também e continue acompanhando o blog.

      Abraços!

       
  5. Barbara

    Maio 4, 2010 at 8:39 am

    Alessandro,

    Primeiramente parabéns pelo site, é ótimo!!!!

    Pretendo fazer Atenas-Myconos, Myconos-Santorini e Santorini-Atenas via ferry e estou com uma dúvida: esses barcos são aqueles que a gente enjoa ou dá pra ir tranquilo?

    Desde já agradeço pela ajuda!!!

    Abraços,

    Barbara

     
    • Alessandro A.

      Maio 4, 2010 at 10:57 am

      Oi Barbara,
      Tudo depende das condições do mar e do tempo no dia da sua viagem. Pode enjoar sim e sugiro sempre tomar um Dramin antes de embarcar. Conheço amigos que não sentiram nada, mas outros que enjoaram bastante.

      Abraços!

       
  6. celmartin

    Setembro 28, 2010 at 1:05 pm

    Uau! Grécia está na minha listinha “must go”! Vou ler todos os posts, que está ótimos!
    Celina http://www.maladerodinhaenecessaire.wordpress.com

     
  7. Simony

    Junho 7, 2012 at 10:24 pm

    Alessandro, olá.
    Estarei em lua-de-mel com meu noivo a partir de 11/11/2012, e estou com dúvidas acerca do custo de viagem para EUA ou Europa (Mykonos ou Roma com Paris). Outra dúvida é se a época do ano (primeira quinzena de Novembro) é propícia para isto (se está muito frio e com chuva/neve). Também tenho medo dos conflitos que estão ocorrendo na Grécia e a dificuldade da lingua. Vc pode me ajudar?

     
    • Alessandro A.

      Junho 8, 2012 at 2:36 pm

      Oi Simony,

      Essa época não é muito recomendado ir a Grécia, pois fica frio e não dá para aproveitar as praias de Mykonos. Além disso, por ser baixa temporada, o deslocamento entre as ilhas é mais difícil. A melhor época para curtir as ilhas é entre maio e setembro. A crise financeira do país não é um problema e pode ser até um benefício, pois deve estar tudo mais barato. Eu deixaria a Grécia para uma próxima viagem e ficaria com Roma e Paris.

      Abraços!

       
  8. aurea

    Setembro 2, 2012 at 12:25 pm

    Olá Alessandro, estarei viajando para a Grécia no início de outubro. Nessa época vc acha que é muito difícil se locomover entre o local que vou ficar, Platis Gialos e Chora, sem ser de carro ou moto? Se eu decidir passar o dia inteiro em Chora, vale a pena?

     
    • Alessandro A.

      Setembro 2, 2012 at 4:23 pm

      Oi Aurea,

      Essa época é baixa temporada, portanto a ilha deve estar bem vazia e você não terá problemas para se deslocar. No entanto, não existe transporte público, portanto você terá que pegar um táxi ou lugar um transporte.

      Abraços!

       
  9. patricia

    Janeiro 26, 2013 at 2:30 pm

    boa tarde Alessandro,
    Gostaria de ir p/ grecia + – 10 de outubro 2013 , em lua de mel, mas gostaria de mais detalhes sobre a temperatura, os transportes entre as ilhas e se algumas partes da ilhas nao funcionam (uma conhecida me disse isso ).
    obrigada
    Patricia

     
    • Alessandro A.

      Janeiro 28, 2013 at 6:05 pm

      Oi Patricia,

      Outubro é o final da temporada nas ilhas, portanto você pode pegar algumas coisas fechadas sim, mas não muito. As temperaturas você pode ver no site Weather.com, sendo que nessa época já deve estar um pouco mais frio. Os transportes você pode ver no meu post https://wazariblog.com/2009/06/23/grecia-como-chegar-nas-ilhas/ .

      Abraços!

       
  10. danielle

    Agosto 25, 2016 at 10:41 am

    Parabéns pelo blog, estou adorando as dicas. Estou querendo alugar o quadriciclo… vc saberia dizer se o caminho até as praias é bem sinalizado? é tranquilo para encontrar as entradas para as praias? obrigada

     
    • Alessandro Ayres

      Agosto 25, 2016 at 1:11 pm

      Oi Danielle,

      É bem sinalizado sim. Encontramos as praias com tranquilidade e o pior era mesmo estacionar em algumas. Com quadriciclo e moto é mais fácil encontrar vagas.

      Abraços!

       

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: