RSS

Arquivo de etiquetas: Carro

Planejando sua viagem à Disney: Por onde começar?


Estava pensando em como começar a contar sobre a nossa viagem à Disney, e o que me veio a cabeça foi: pelo planejamento. Nada mais natural do que começar por esse que é o primeiro passo de toda a viagem. Por isso, antes de mais nada, vou falar sobre alguns pontos essenciais para um bom planejamento. Todas as decisões dependem muito do gosto pessoal de cada um, mas seguem algumas informações que sempre devem ser consideradas. Como sempre, vou dar também minhas opiniões pessoais para ajudar na sua decisão, mas cabe a cada um decidir o que é melhor para si.

Pacote ou por conta própria?


Essa é a primeira pergunta que sempre me fazem em uma primeira viagem à Disney, mas que não existe resposta certa, pois depende muito da época do ano e as condições que você vai conseguir com o seu agente de viagens. A minha recomendação é sempre pesquisar os preços e fazer a comparação, já que na internet está tudo disponível. Já viajei de várias formas diferente, pois tudo depende do preço que encontro. A Disney é um local onde os agentes normalmente conseguem preços imbatíveis para os pacotes “fly and drive”, que inclui hotel, voo e carro, portanto sempre vale a pena pesquisar. Para quem me conhece, sabe que eu sou um defensor de sempre se viajar por conta própria, quando possível, mas ainda existem alguns destinos onde o preço não compensa.

Para aqueles que não gostam de ficar dependendo das opções da operadora (ôpa, eu) e ao mesmo tempo quer aproveitar os descontos oferecidos por essa, a minha dica é sempre pesquisar o hotel que se deseja ficar e a companhia aérea com os melhores voos e depois passar para o seu agente de viagens cotar com essas opções. A companhia de carro não influencia muito, já que praticamente todas são boas. Os pacotes para a Disney não são amarrados a determinados hotéis, como acontece em destinos no Brasil, sendo bem flexíveis e customizados de acordo com a vontade do cliente. Peça também para o seu agente cotar outras opções e depois compare os preços.

Para quem deseja, também existe a opção de se fazer um pacote parcial, pois já reservei hotel por conta própria e peguei um pacote que incluía somente voo e carro. Isso é válido quando você encontra uma promoção de hotel na internet que o seu agente não vai conseguir igualar, ou quando ele não trabalha com determinado hotel. O hotel que normalmente eu fico é um desses casos, pois ele tem um preço imbatível na internet.

Como vocês podem ver, opção é o que não falta!

Carro

Antes de pensar onde você deseja se hospedar, a primeira decisão importante é saber se você pretende alugar carro ou não. A não ser que você esteja em uma excursão que te leve para tudo que é canto, a minha recomendação é que você sempre alugue um carro, pois as distâncias são grandes e o transporte público não cobre tudo. Além disso, o aluguel na Florida é bem em conta! Sem carro você vai acabar pegando muito táxi, o que é caro, ou ficando preso no hotel e se limitando a ir aos parques, o que não é legal. O carro te dá uma maior flexibilidade e não precisa ter medo, pois dirigir em Orlando é muito fácil e o povo é super educado no trânsito. Além disso, você ainda pode alugar um GPS e aí o deslocamento vira mamão com açúcar! 🙂

Caso você não tenha o carro incluso no seu pacote, é bem tranquilo reservar pela internet no próprio site das principais locadoras, como Avis, Hertz, Alamo, Budget, National, Dollar, Thrifty, etc… O melhor é que você não precisa nem informar o seu cartão de crédito para fazer a reserva, portanto você pode mudar de ideia a qualquer momento. Mesmo pagando um pouco mais caro, procure sempre reservar um carro grande para caber as malas com as compras na volta, senão você pode passar um aperto. Como levo muita mala, ultimamente tenho sempre alugado algum SUV.

SUV alugada na Avis


Aqui tem uma dica importante! Algumas locadoras, como a Avis e Budget, oferecem descontos especiais para residentes no Brasil em aluguéis nos EUA, portanto quando você for fazer as reservas no site deles, lembre sempre de informar o país onde você mora, pois os preços baixam bastante. Essa é uma opção que só existe nos sites oficiais das próprias locadoras, portanto os sites agregadores acabam apresentando preços bem mais caros. Essa opção não funciona para todos os países. Como exemplo, veja abaixo onde marcar essa opção no site da Avis.


Outra dica legal é que algumas locadoras possuem convênios com as companhias áreas brasileirais e também fornecem descontos especiais para quem é cliente do seu plano de fidelidade, desde que forneçam um código de desconto no momento da reserva. Para descobrir esse código, basta normalmente selecionar a opção “Parceiros/Companhias Aéreas” no site das locadoras e ler as instruções. A Avis é uma que tem esse código tanto para a Varig, quanto para a TAM, e por isso vem sempre ganhando no preço nas minhas últimas viagens.

Com relação aos seguros, muitos cartões internacionais já fornecem o seguro CDW (Car Damage Waiver) nos EUA e Canadá, portanto é bom pesquisar com o seu cartão se ele já oferece esse benefício, o que trará uma boa economia. O CDW cobre todos os sinistros com o seu automóvel e é imprescindível, mas não cobre os estragos causados por você em terceiros, portanto mesmo com o seguro do cartão é sempre importantíssimo contratar o seguro LIA (Liability Insurance), que fornece essa cobertura. Assim você evita uma grande dor de cabeça na sua viagem. Já o PAI, que cobre as despesas médicas pessoais em caso de acidente, acho dispensável, desde que você já tenha um seguro saúde contratado para a sua viagem.

Hotéis

A localização do hotel é sempre uma decisão importante, mas em Orlando existem várias regiões boas e cabe ao turista decidir a que mais lhe agrada. A grande vantagem aqui é que os hotéis são muito em conta e talvez seja um dos destinos turísticos famosos com a hospedagem mais barata. O motivo disso é a grande quantidade de oferta, o que gera uma forte concorrência. Ao mesmo tempo que essa quantidade é benéfica para o turista, também acaba tornando a escolha muito mais difícil, por isso é importante saber escolher a localização e pesquisar as opiniões de outros clientes na internet. Como em qualquer lugar, existem excelente hotéis, mas muita espelunca também, portanto tome cuidado com aqueles preços muito baratos.

Disney All Star Movie Resort (foto: http://www.lostateminor.com)


A primeira grande decisão é saber se você deseja se hospedar em algum hotel da Disney ou Universal, ou em algum hotel fora dos parques. Os hotéis dos parques são normalmente mais caros, mas oferecem algumas vantagens, como ônibus exclusivos para os parques, transfer gratuito de/para o aeroporto, possibilidade de refeições com os personagens, quartos temáticos, entre outros. Além disso, podem ser combinados em pacotes que incluem ingressos e refeições. As desvantagens são o preço, mais caro mesmo nos pacotes, e o isolamento de sua localização, já que normalmente ficam afastados das principais avenidas e comércio e você acaba não saindo do hotel se não estiver com carro alugado. A exceção são os parques da Universal, que são mais próximos do burburinho. Se você pretende se hospedar em algum hotel da Disney, clique na imagem abaixo para ver o mapa.


O mapa abaixo dá uma idéia melhor de localização em Orlando. Na área amarela está todo o complexo Disney, incluindo aí os 4 parques e também todos os seus hotéis, que são muitos. Como você pode ver, a área é bem grande e as distâncias são razoáveis. Já a área azul, mais ao norte, mostra onde ficam os parques e hotéis da Universal. Na área marrom está o parque SeaWorld e Aquática, junto também com os hotéis do complexo.


No meio disso tudo estão duas regiões que não tem relação com os parques, mas que para mim são as melhores opções para se hospedar barato e com qualidade. A região mais famosa é International Drive, refletida no mapa pela área laranja, que é na verdade uma imensa avenida com muitos hotéis, lojas, shoppings, centro de convenções e também muitas atrações, como o parque aquático Wet’n Wild. Já a área verde engloba a região de Lake Buena Vista, que tem também ótimos hotéis, restaurantes e comércio e que fica muito próxima aos parques da Disney.

Se hospedar nos hotéis da International Drive, é ter a certeza de que se está na área mais turística, central e tradicional. No entanto, é também a área mais cheia, principalmente na alta temporada, quando o trânsito pode virar um inferno. Existem boas opções por ali, sendo que já me hospedei no Quality Inn Plaza, que tem uma ótima localização e os quartos são bons, apesar de não ter nada de extraordinário. A cadeia Quality Inn tem um bom padrão, mas não espere requintes ou luxos. A vantagem desse hotel é que ele fica bem em frente ao mall Orlando Point, que tem muitas lojas e até cinema.

No entanto, a área que mais gosto é realmente Lake Buena Vista, pois ali se concentram restaurantes e lojas de maior qualidade, as distâncias são menores e o trânsito flui bem melhor do que na International Drive, o que é grande diferencial na alta temporada. Se não bastasse tudo isso, se hospedando por nessa região você ainda está a um pulo do Orlando Premium Outlet e do Downtown Disney, que vou comentar melhor em outros posts. Pode ser impressão minha, mas também acho que existe uma concentração maior de hotéis de alto nível em Lake Buena Vista, o que normalmente se reflete nos preços. Os hotéis que eu indico nessa região são o Blue Tree Resort (vou mostrar melhor no próximo post), Staybridge Suites e o Sheraton Safari.

Como disse no início, cabe a cada um decidir qual a região atende melhor as suas necessidades e expectativas, sendo que obviamente o preço tem um peso decisivo nessa decisão.

Ingressos



Vou falar mais sobre os ingressos quando começar a falar sobre os parques, mas já adianto que todos eles são vendidos pela internet em seus sites oficiais, sendo que normalmente são oferecidos descontos especiais online que não existem na bilheteria oficial. Seguem os links:

Disney: http://disneyworld.disney.go.com/tickets-passes/
Universal: http://www.universalorlando.com/Tickets/tickets_2.aspx
SeaWorld: http://www.seaworld.com/sitepage.aspx?PageID=199
Busch Garden: http://www.buschgardens.com/Bgt/Purchase/Visitors.aspx

Outra opção é comprar os ingressos na própria agência de viagens aqui no Brasil, já que a Disney as vezes oferece ingressos com descontos para brasileiros, que é hoje o terceiro maior país em número de visitantes. Portanto sempre pergunte o preço para o seu agente e compare com o preço oficial do site para ver qual a opção mais vantajosa. Caso você compre pela internet, todos eles são impressos em casa e já possuem o código de barras, portanto você pode se dirigir diretamente para a roleta de entrada, economizando o tempo da fila da bilheteria.

Nos posts dos parques comentarei sobre todas as opções de ingressos existentes e as que recomendo. Existem muitas variações e tudo depende do que o turista deseja, mas algumas diferenças de preço são tão pequenas, que vale a pena comprar o ingresso superior para que você fique com uma maior flexibilidade, mesmo que depois você decida não usá-la.

Bem, espero que esse post tenha esclarecido as dúvidas básicas sobre o planejamento de uma viagem à Disney. Nos próximos já começo a contar sobre a nossa viagem, parques e algumas dicas gerais. Até lá!


Acompanhe e curta a gente também no Facebook Wazari



Leia também:

Chegando a Orlando
Compras em Orlando
Vai para os EUA? Então compre antes pela internet
Orlando: Comprando os ingressos para os parques
Orlando: Dicas gerais para os parques
Orlando: onde comer
Magic Kingdom
Epcot
Animal Kingdom
Disney Hollywood Studios
Downtown Disney
Universal Studios
Island of Adventure
Sea World
Winter Park, o lado chique de Orlando
Fort Lauderdale

 
1.370 Comentários

Publicado por em Julho 5, 2010 em EUA, Orlando

 

Etiquetas: , , ,