RSS

Arquivo de etiquetas: Toronto

Toronto: informações básicas para planejamento

Como muitos já sabem pelo post anterior, estava de férias e só voltei semana passada, por isso o blog ficou meio parado nesse período. O que a maioria não sabe é que aproveitei esse período para conhecer um país que há muito tempo estava no nosso planejamento: o Canadá. Como o país é frio (e bota frio nisso!!!) grande parte do ano, queríamos justamente aproveitar a época do verão por lá para poder passear com calma pelas ruas das cidades. Só não esperávamos pegar tanto calor! 🙂


Como sempre fazemos antes de qualquer viagem, pesquisamos muito sobre os destinos. No caso do Canadá, queria indicar e agradecer as dicas dos excelentes sites Mikix, da Mirella Mathiessen, Esvaziando a Mochila, do Tiago Caramuru, e Viaje na Viagem, do turista profissional Ricardo Freire. Todos possuem artigos bem completos sobre o país, mas considero o Mikix imprescindível para qualquer viajante ao Canadá, pois além de super completo, a Mirella morou alguns anos no país e tem dicas que só os locais conhecem.

O nosso passeio começou pela cosmopolita Toronto, que é normalmente o canal de entrada dos brasileiros no país devido à maior oferta de voos pelas companhias aéreas. O chato é que somente a Air Canada faz voos diretos a partir do Brasil e os preços não são nada convidativos, portanto você acaba sendo obrigado a fazer conexões em outros países. O mais comum é o EUA, como foi o nosso caso, mas você tem o inconveniente de passar pela imigração americana duas vezes, na ida e na volta. Por esse motivo aproveitamos para passar uns dias nos EUA na volta, mas isso é assunto para outro post.

CN Tower


Do aeroporto de Toronto até a cidade, você tem poucas opções de transporte. A mais barata é pegar um ônibus até a estação de metrô mais próxima e de lá seguir viagem, mas você terá que fazer pelo menos uma baldeação até chegar a região onde ficam os principais hotéis (mais informações aqui). Existem também os shuttles, com preços salgados, e os taxis, que são tabelados e custam CAD $53 (todos os preços são em dólares canadenses, que está um pouco mais caro que o americano) até a região de downtown. Se você tiver muitas malas, vai precisar de uma van, que custa um pouco mais caro. Para informações sobre todas as opções de transporte, veja essa página do site do aeroporto.

Nós optamos por ficar hospedados bem na região central e próximo ao distrito financeiro e não nos arrependemos. A região não é muito grande e pode ser facilmente percorrida a pé ou de metrô, sendo que ainda fica próxima das principais atrações turísticas da cidade. Como não tínhamos nenhuma indicação, seguimos as resenhas do tripadvisor e de outros sites e optamos pelo Cambridge Suites.


O hotel é realmente excelente e as fotos da internet são fiéis a realidade das instalações, ou seja, tudo novo e limpo, além do atendimento impecável. Os quartos são imensos e possuem 2 ambientes: um quarto de casal, uma sala com sofá-cama e mini-cozinha, além de um closet misturado com o banheiro. Decoração bem sofisticada e muito confortável. O lado negativo fica pela ausência de cofre no quarto e wifi pago (CAD $12 por dia), mas no resto só tenho elogios e recomendaria tranquilamente o hotel. Caso você não queira pagar pelo wifi, ou não tenha um laptop, no segundo andar eles possuem um business center com 2 computadores e impressora de uso gratuito.


A localização também é excelente, pois nas proximidades do hotel existe uma estação de metrô (1 quadra), vários locais para tomar café da manhã (não está incluso na diária) e o Eaton Center, que é o maior shopping da cidade. Além disso, existem ótimos restaurantes na redondeza para serem degustados a pé. Em outro post vou comentar sobre as opções gastronômicas da cidade.


Com relação ao transporte público, me limitei ao metrô, mas também existem vários ônibus e bondes circulando pela cidade, que podem ser combinados em um bihete único.


O bilhete individual custa CAD $3, o que é um pouco caro, mas você pode comprar também 4 bilhetes por CAD $10 (pode ser usado por pessoas diferentes), ou um passe diário por CAD $10, ou seja, não vale a pena comprar bilhetes individuais e caso você vá fazer mais de 4 viagens em um dia, o passe diário é a melhor opção. Agora, se você está viajando em grupo e visitando a cidade em um final de semana ou feriado, o mesmo passe diário pode ser comprado para o grupo todo pelos mesmos CAD $10. É isso mesmo!!! A restrição é que o grupo deve sempre viajar junto e deve ter no máximo 2 adultos e 4 crianças. É um incentivo que eles criaram para os dias não úteis e uma baita economia para as famílias. Como nós passamos um domingo em Toronto, demos sorte e aproveitamos essa promoção. Para mais informações sobre os bilhetes e o transporte público de Toronto, consulte o site oficial da TTC.

Nos próximos posts vou explorar mais a cidade e o que ela tem a oferecer. Até lá!

Leia também:

Boston
Chicago
Washinton D.C.

 
20 Comentários

Publicado por em Julho 28, 2011 em Canadá, Toronto

 

Etiquetas: , , ,