RSS

Arquivo de etiquetas: Florença

Onde comer em Florença

Na nossa primeira noite em Florença acabamos optando por um restaurante próximo ao hotel, já que era tarde e não queríamos andar muito, o que acabou se provando uma furada. Portanto, na segunda noite reservamos um tempo para ir em um restaurante indicado por amigos e que é muito tradicional na cidade: a Trattoria Zazá (Piazza de Mercato Centrale, 26).

Ele é bastante turístico e frequentado por personalidades famosas. Normalmente não gosto desse tipo de restaurante e prefiro os frequentados pelos locais, mas gostei desse! Apesar do clima tipicamente turístico, achei o ambiente agradável e a comida gostosa. O único ponto negativo foi o atendimento, que não era muito simpático, mas em compensação era eficiente e tudo chegou rápido. Como não fizemos reserva, demos sorte de conseguir uma mesa sem ter que esperar, pois logo depois já tinha fila na porta.


Assim como em algumas cantinas de São Paulo, a parede era toda enfeitada com retratos dos famosos que passaram algum dia pelo restaurante. Por pura coincidência, bem em frente a minha mesa estava a foto do jogador brasileiro Edmundo, que jogou algum tempo pela equipe do Fiorentina, até causar suas tradicionais confusões e ser vendido.


A comida estava bem preparada e saborosa e gostamos bastante! Apesar de não ter pratos especificamente destinados para as crianças, o cardápio possui vários opções de grelhados e massas que agradam os pimpolhos. Pedimos um frango grelhado para o meu filho o restante foi de massa. Uma das especialidades são as massas com trufas.


Tínhamos também outras indicações na cidade, mas que infelizmente não tivemos tempo de experimentar. São restaurantes que selecionamos de revistas ou guias de viagem e que não temos como garantir a qualidade, mas que nos pareceram ser bons. Segue portanto a lista:



Para encerrar essa série italiana, no próximo post eu conto sobre o nosso último destino no país da bota: Milão. Até lá!



Leia também:

Florença
Chegando a Roma
Um dia em Roma

 
5 Comentários

Publicado por em Janeiro 6, 2011 em Florença, Itália, Restaurantes

 

Etiquetas: , , ,

Florença

Como você já deve estar cansado de saber, Florença é realmente uma cidade linda e cheia de cultura, com muito a oferecer ao turista. Nós já a conhecíamos, portanto, assim como fizemos em Roma, reservamos apenas 1 dia para voltar nas principais atrações e dar uma pequena volta pela cidade. Se você for pela primeira vez, reserve pelo menos 2 dias, pois 1 dia é pouco. Eu vou comentar aqui sobre os pontos que visitamos nessa viagem, mas também vou mencionar outros importantes, portanto não se assustem achando que fizemos tudo isso em 1 dia! 🙂


Ficamos hospedados no Hotel Universo, que é um excelente hotel design localizado na Piazza Santa Maria Novella, bem próximo das principais atrações e da estação de trem central, o que é uma boa opção para quem viaja de trem, ou vai fazer muito bate-volta com esse meio de transporte. O quarto quádruplo é ótimo, bonito e limpo, e o café da manhã já incluso na diária é bom também, mas nada de excepcional. O quarto tinha uma bela vista para a praça, mais infelizmente eu esqueci de tirar uma foto! 😦 Foi um excelente achado pelo preço que pagamos e gostamos muito!


Para ajudar na localização, segue um mapa com o roteiro que vou descrever, lembrando sempre que não recomendo fazê-lo em 1 dia só, já que seria uma verdadeira maratona e mesmo assim você teria que abrir mão de alguma coisa.


Devido a localização do hotel, nossa primeira parada foi na Igreja de Santa Maria Novella (A), com uma fachada muito bonita. Não entramos, pois tinha que pagar, a fila era razoável e o nosso tempo era curto, portanto priorizamos outras atrações. Alías, esse é um ponto chato de Florença, pois você tem que pagar para entrar em quase todas as igrejas!


Seguindo umas três quadras pela Via dei Banchi, você chega na Piazza del Duomo (B) e se depara com a principal atração e um dos pontos mais cheios da cidade. O Duomo e seu Batistério são referências e posso afirmar que sua fama é merecida. A arquitetura da estrutura externa do Duomo é impressionante e muito bonita! A fachada toda em verde em branco é bem original e chama a atenção! Apesar da beleza externa, o Duomo não me impressionou tanto por dentro, mas mesmo assim vale a visita. Em compensação, o Batistério com sua estrutura bem menor, é fascinante por dentro e por fora. Na parte externa ele conta com as famosas portas de bronze, esculpidas nos séculos XIV e XV por diversos artistas renomados da época. A mais famosa é a porta leste, esculpida por Lorenzo Ghiberti e composta por 10 painéis que retratam cenas do velho testamento. As portas são tão bonitas, que até Michelangelo se referiu a elas como as “Portas do Paraíso”. Mas não são só as portas que impressionam não, pois o interior também é lindo! Apesar da fila e do preço, definitivamente vale a visita!

Batistério


O próximo passo é percorrer a Via dei Calzaioli (C), que é uma das principais ruas comerciais e turísticas da cidade, já que liga a Piazza Duomo a Piazza della Signora (D). Essa última é outro espetáculo, com suas estátuas famosas e grandiosas, parece até que você está em um museu a céu aberto! É nesse ponto que você percebe que a cidade respira arte!

Via dei Calzaioli

Piazza della Signora e Palazzo Vechio

Piazza della Signora

Piazza della Signora


Em um dos lados dessa praça se encontra o também famoso Palazzo Vecchio (E), que é hoje a prefeitura da cidade e também um museu com obras de diversos artistas famosos, como Michelangelo e Vasari (olha ele aí de novo!). Esse importante palácio já foi sede de diversos magistrados da cidade e até do governo nacional, no breve período em que Florença foi a capital do Reino da Itália. O palácio é muito bonito por dentro e por fora!


Logo em seguida, colada no Palazzo Vecchio, fica a Galleria degli Uffizi (F). Esse bonito prédio em formato U é considerado o segundo maior museu do mundo, só perdendo em tamanho e importância para o Louvre em Paris. Ele conta com obras de artistas renomados, como Leonardo da Vinci, Rafael, Michelangelo, Botiicelli, entre outros. Funciona de terça a domingo de 8:30hs as 19:00hs e a entrada, que custa €9,45, pode ser comprada online no site oficial.


Saindo do museu em direção ao rio Arno, chegamos em um dos cartões postais mais conhecidos da cidade, a Ponte Vecchio (G). É uma ponte bem diferente das que estamos acostumados a ver, pois ela é toda coberta com construções bem antigas e que funcionam até hoje como lojas de artigos de ouro. Atravessá-la é uma experiência interessante!


Do outro lado do rio Arno você chegará no Palazzo Pitti (H), um palácio renascentista que já foi a residência da família Médici, apesar de ter sido construído para o banqueiro Lucca Pitti. O palácio realmente impressiona pelo luxo de seus aposentos e grandiosidade de seus jardins, sendo mais uma visita imperdível!

Palazzo Pitti (foto: http://www.florencephotos.com)


Andando um pouco mais, ou pegando um ônibus, você chega na Piazzale Michelangelo (I), que fica no alto e tem uma bela vista da cidade.

Piazzale Michelangelo (foto: http://www.sapdesignguild.org)


Voltando ao centro e atravessando o rio novamente, você pode seguir até a Piazza di Santa Croce (J), onde se encontra a Basílica de Santa Croce, famosa por abrigar os restos mortais de Michelangelo, Maquiavel e Galileu. Aqui também você tem que pagar para entrar.


Bem, depois dessa volta cansativa pela cidade, chegou a hora de descansar e comer uma bela refeição. No próximo post eu dou uma dica de um restaurante tradicional em Florença. Até lá!


Leia também:

Chegando a Roma
Um dia em Roma

 
30 Comentários

Publicado por em Janeiro 3, 2011 em Florença, Itália

 

Etiquetas: , , ,