RSS

Arquivo de etiquetas: Artesanato

Maceió: Praias do Gunga e Barra de São Miguel

Durante a nossa estadia no Salinas Maceío aproveitamos para fazer um passeio para conhecer as praias mais famosas da cidade. Como eu disse no post anterior, na praia do hotel tinha uma empresa oferecendo seus serviços com carro particular por um preço em conta e resolvemos experimentar. A Jimmy Tours acabou sendo uma agradável supresa, pois o guia era super educado e o carro relativamente novo. Ter um carro exclusivo para a gente foi sensacional, principalmente para quem viaja com crianças, pois tínhamos bastante liberdade e não gostamos de ficar presos nesses passeios em grupo. O passeio incluía uma visita as praias de Barra de São Miguel, Gunga e Francês, além de uma passada pelo centro e visita a feira de artesanato. Como eu já conhecia a praia do Francês e não acho a mesma nada de especial, cortamos esse parte do passeio e focamos nas outras.

Saímos cedo para aproveitar o dia e em meia hora já estávamos no centro beirando a orla de Ponta Verde e Pajuçara. Seguimos em frente em mais uns 30 minutos chegamos a Praia de Barra de São Miguel. Espera um pouco mais dessa praia. A faixa de areia é grande e os corais barram as ondas e acabam formando uma enorme piscina. Ela não é tão bonita quanto as outras que visitamos no estado.

Maceio_Barra_Sao_Miguel_2

Maceio_Barra_Sao_Miguel_2

Não passamos muito em Barra de São Miguel, que acabou servindo mais de base para a travessia de barco até a Gunga, já que as duas praias são divididas por um rio. Essa travessia é opcional e não está inclusa no passeio, mas resolvemos experimentar. O guia vai sozinho de carro para nos encontrar do outro lado e pode levar alguns itens pessoais que você não queira levar no barco. O passeio custava R$30 por pessoa em novembro de 2014 e não tem desconto para crianças.

Maceio Barco

Maceio Barco

Durante a travessia são realizadas 2 paradas. A primeira é nos corais para ver as pequenas piscinas naturais que se formam quando a maré está baixa, onde é possível ver uma boa quantidade de peixes.

Maceio_Barco_piscinas_naturais

Maceio_Barco_piscinas_naturais

A segunda parada é em um banco de areia que se forma no meio do mar, onde é possível realizar um mergulho com calma e bem gostoso. Existe também um barco que funciona como bar móvel, levando mesas, cadeiras e barracas. Eles vendem bebidas e comidas rápidas para quem desejar. A paisagem é bem bacana e você tem aproximadamente uns 30 minutos para curtir o local antes de seguir viagem.

Maceio_banco_areia_gunga_1

Maceio_banco_areia_gunga_1

A travessia de barco termina finalmente na Praia do Gunga, que é bem calminha e conta com vários bares e restaurantes. A praia é bonita, mas admito que esperava mais também. Acho que o número de restaurantes e mesas tomando conta da areia acabam tirando um pouco do charme do local. A praia tem um lado virado para o mar e outro para o rio, portanto fica a cargo do freguês escolher de que lado ficar. O mar é bem calmo e quentinho, ideal para curtir com crianças ou apenas relaxar.

Maceio_Praia_Gunga_1

Maceio_Praia_Gunga_1

No entanto, o que curtimos mais foi o passeio de buggy para ver as falésias. O preço não é barato, já que custa R$40 por pessoa para um passeio de 1 hora em média, mas as falésias são muito bonitas e para mim um dos passeios imperdíveis, portanto vale a pena. Em poucos minutos de passeio você já vê as falésias, mas somente em depois de 10 a 15 minutos é que você chega no local para entrar e tirar fotos. A paisagem é muito bonita e os diversos tons da terra dão um toque todo especial. Você pode subir em algumas pedras para ter uma visão melhor do local e tirar belas fotos! Adoramos essa parte do passeio!

Maceio_Falesias_3

Maceio_Falesias_2

Maceio_Falesias

Na sequência o guia te leva até um rio que chega a praia para um mergulho diferente. A água é bem escura, mas é limpa. As crianças podem pegar algumas pedras também para brincar como se fosse argila e até pintar o corpo. Aproveitamos também a parada para curtir a belíssima praia, apesar da água mais forte

Maceio_Praia_falesias_1

Maceio_Praia_falesias_1

Maceio_Praia_falesias_1

Depois voltamos a praia do Gunga para almoçar e curtir a tarde. O almoço era simples, mas estava bem feito. Se você desejar são oferecidos atividades extras na praia, como banana boat, ultraleve, entre outros.

Maceio_Praia_Gunga_Atividades_1

No final da tarde o guia nos levou até a feira de artesanato no centro para a última etapa do passeio. São vários produtos locais interessantes e aproveitamos para comer uma tapioca muito gostosa!

Maceio_Feira_Artesanato

Finalmente voltamos para o hotel bem satisfeitos com o passeio e bastante cansados, mas com a certeza de que curtimos bastante. A opção por um carro particular e exclusivo foi a mais acertada, pois ficamos bem a vontade e decidimos o quanto ficar em cada local. Meu filho também gostou muito, mesmo sabendo que perdeu as atividades do hotel que ele tanto gosta. Um passeio ideal para adultos e crianças!

Acompanhe e curta também o Wazari no Facebook

Leia também:

Salinas Maceió

 
2 Comentários

Publicado por em Dezembro 16, 2014 em Brasil, Maceió

 

Etiquetas: , , ,

Cartagena

Estive em Cartagena em uma viagem a trabalho em 2007. Passei alguns dias na cidade e apesar do pouco tempo que tive para passear, a experiência foi maravilhosa. Vou deixar aqui algumas impressões e fotos do pouco que pude conhecer da cidade, mas se você deseja obter mais detalhes, não deixe de ler os ótimos relatos dos blogs Agora Vai, do Arthur, e Pergaminho Eletrônico, da Meilin.

cartagenadeindias_mapaplano_520x516

Cartagena é uma cidade histórica localizada no norte da Colômbia e tombada pela Unesco como Patrimônio da Humanidade. É um dos pontos turísticos mais famosos do país. O centro da cidade é todo murado, herança da época colonial, quando os espanhóis construíram muros e fortes para proteger a cidade dos constantes ataques. Ao longo do tempo a cidade foi se expandindo para fora dos muros, mas a parte interna parece que parou no tempo. Os prédios e construções preservam a arquitetura espanhola colonial e são muito bem conservados. Para quem conhece, a cidade lembra muito Paraty no Rio de Janeiro, só que com um estilo arquitetônico distinto.

Entrada da cidade murada

Entrada da cidade murada

Cidade murada (foto: datasecur.com.br)

Cidade murada (foto: datasecur.com.br)

Cidade murada (foto: folha.uol.com.br)

Cidade murada (foto: folha.uol.com.br)

Muro cercando a cidade histórica

Muro cercando a cidade histórica


Em virtude do congresso que estava participando, eu me hospedei no Hotel Caribe , um hotel clássico fora da cidade murada. Apesar de a qualidade do hotel ser muito boa, eu não o recomendo em virtude da sua localização. Se eu voltasse hoje, tentaria ficar em um hotel dentro da cidade murada, que tem um clima mais gostoso.

Hotel Caribe

Hotel Caribe


Caminhar dentro da cidade murada é uma delícia e o melhor é se perder pelas suas ruelas. São diversos restaurantes, bares, lojas, praças e igrejas pelo caminho. Cartagena é muito utilizada para a realização de congressos e eventos e tive a sorte de estar na cidade justamente na época do congresso de língua espanhola, que contava com a presença dos seus principais escritores, como o Gabriel Garcia Marquez, Mario Vargas Llosa, etc… Infelizmente não tive a oportunidade de encontrá-los, mas em virtude do congresso eram realizados vários eventos nas praças da cidade, como leitura de livros e poemas e até debates. Admito que literatura não é muito a minha praia, apesar de gostar muito de ler, mas o clima que esses eventos realizados em praças históricas transmitiam era contagiante.

Cidade murada (foto: datasecur.com.br)

Cidade murada (foto: datasecur.com.br)

Escultura de livros para o congresso de língua espanhola

Escultura de livros para o congresso de língua espanhola


Além da beleza da cidade murada durante o dia, procure visitá-la também a noite, quando a iluminação dá um toque todo especial a arquitetura (desculpe pelas fotos tremidas :-X ).

DSC02536

DSC02542

DSC02548

DSC02529

DSC02533DSC02537

Outro ponto turístico que pude visitar no pouco tempo que tive, foi o forte San Felipe de Barajas. Construído pelos espanhóis no século XVIII para proteção da cidade, sua estrutura continua bem preservada, sendo um passeio bem interessante.

Forte San Felipe de Barajas

Forte San Felipe de Barajas

Forte San Felipede de Barajas

Forte San Felipede Barajas


O trânsito fora da cidade murada é um pouco confuso, pois ninguém respeita nada (lembra algum país que eu conheço…). Existem vários cruzamentos sem sinais e quem mete o carro primeiro é que passa. Para piorar um pouco, existem diversas charretes com cavalos andando no meio da rua junto com os carros e elas também não respeitam os sinais. Aliás, as charretes funcionam como táxi e também realizam passeios turísticos pela cidade murada. Um meio de transporte bem legal para passear são as famosas “busetas”. Não se assuste com o nome, pois não tem nada a ver com o que você está pensando (êta mente suja!!!). As “busetas” são apenas ônibus pequenos bem típicos na Colômbia, muito coloridos e bem chamativos. O legal é que quando você voltar de viagem vai poder dizer para todos que entrou em uma “buseta” (desculpa, mas não resisti 😆 )

DSC02502

DSC02485

Apesar de estar no caribe, as praias de Cartagena não são muito agradáveis e o mar é escuro, bem diferente daquela cor azul que estamos acostumados a ver no Caribe. Se você deseja pegar praia também, o ideal é conjugar a viagem a Cartagena com um passeio as ilhas próximas, como Las Isla Del Rosário, ou até outros países próximos, como Aruba, Curação e Panamá.

Praia de Cartagena

Praia de Cartagena

No quesito compras, se você gosta de café não deixe de passar em uma loja da marca Juan Valdez, onde você encontra uma variedade imensa de tipos de café. Os cafés colombianos são famosos mundialmente e quem gosta não pode deixar de experimentá-los e levar alguns para casa.

Não deixe de experimentar também o famoso mojito, bebida típica muito parecida com a nossa caipirinha, só que a base de rum.

Em Cartagena também é muito comum encontrar lojas vendendo as famosas esmeraldas colombianas (lembra daquele filme “Tudo por uma esmeralda”…). Quase todo passeio turístico para em uma delas, o que pode se tornar uma tremenda furada. Se você deseja comprar uma jóia de esmeraldas, procure indicações.

Outro ponto bem turístico para compras é o mercado de artesanato, que vende produtos típicos da região. Ele fica em um antigo quartel-prisão, cujas celas foram transformadas em lojinhas.

Mercado de Artesanato (foto: datasecur.com.br)

Mercado de Artesanato (foto: datasecur.com.br)



Esqueça o preconceito com relação a Colômbia, pois a cidade é linda e merece a sua visita!

 
17 Comentários

Publicado por em Outubro 26, 2009 em Cartagena, Colômbia

 

Etiquetas: , , , , ,