RSS

Arquivo de etiquetas: Passeio

Maragogi: mergulho nas piscinas naturais

Como eu citei no post anterior, a atração mais famosa em Maragogi, e que foi um dos motivos de a cidade ter crescido tanto turisticamente nos últimos anos, é sem dúvida nenhuma o passeio de barco até as piscinas naturais. Esse passeio é mais fácil de ser realizado por quem se hospeda nos hotéis na região, mas também é oferecido por diversas agências a partir de Maceió, o que é um pouco cansativo, já que são 2 horas de estrada em cada sentido.

Uma das vantagens de se hospedar no resort Salinas Maragogi é que eles próprios oferecem o passeio a partir da praia do próprio resort, portanto você não precisa ficar procurando agências ou se preocupando com a infra, já que eles tomam conta de tudo. Você só precisa comparecer no horário indicado. Na recepção e na cabine que fica ao lado da praia você pode verificar os horários oferecidos para cada dia, já que eles variam de acordo com a maré e a piscina natural desejada. O resort faz passeios para as duas principais piscinas naturais: Galés e Barra Grande. Como existe um revezamento entre as agências para evitar a superlotação, em alguns dias não é oferecido passeio para determinada piscina, mas sempre tem alguma, portanto você não corre o risco de ficar sem opção. Apesar de a Galés ser a mais famosa e maior, acabei optando pela Barra Grande devido a conveniência de horário e pela altura da água ser mais baixa, o que facilita para as crianças. É importante reservar o passeio o quanto antes, pois são bastante disputados.

salinas_maragogi_barco

Uma vez fechado o passeio, basta comparecer no horário combinado na praia. Eles te fornecem toalha e todo material para mergulho de snorkel gratuitamente. Para quem desejar, também é possível pagar por fora para fazer um mergulho com cilindro. O embarque é tranquilo e você vai caminhando até a embarcação, já que a água é bem rasa. Levamos uns 30 minutos até chegar à região da piscina e no caminho o guia foi explicando todos os detalhes e divertindo os turistas. Todos tripulantes eram muito simpáticos e educados! Eles também te oferecem um pacote pago para quem deseja ser fotografado por profissionais durante o passeio, bastando você colocar uma pulseirinha de identificação. Se você não deseja se molhar no caminho, sugiro não ficar nos primeiros assentos, pois em alguns momentos a água bate mais forte e molha tudo. Se tiver com máquina fotográfica, proteja bem para não danificar.

Piscina_Natural_Maragogi

Bem, depois de todos os detalhes práticos, vamos finalmente a piscina de Barra Grande. A expectativa era alta e talvez por isso eu tenha ficado um pouco decepcionado. Já sabia que seriam muitos barcos, mas o local não é tão grande quanto eu esperava e as pessoas acabam ficando mais aglomeradas. A água é calma, quente e clarinha, mas esperava ver uma quantidade maior de peixes, além de uma variedade maior da vida marinha. No momento do meu mergulho a água batia na barriga, portanto realmente era tranquilo para as crianças. Se você quiser é possível também ir para uma parte mais profunda, que é justamente onde os mergulhos com garrafa são realizados. Ficamos em torno de 1 hora curtindo a piscina natural. Para nosso azar o sol também resolveu ficar escondido atrás das nuvens durante todo o mergulho, o que prejudicou a visibilidade e as fotos!

Piscina_Natural_Maragogi

Piscina_Natural_Maragogi

Resumindo, achei o passeio interessante, mas a quantidade de gente atrapalha um pouco e em termos de mergulho não é tão bom assim. Realmente esperava mais! De qualquer forma não foi muito caro e só tomou uma pequena parte do meu dia, já que o passeio todo dura umas 2 horas e meia. Teria ficado mais decepcionado se tivesse pegado 4 horas (ida e volta) de estrada a partir de Maceió só para fazer o passeio, pois seria cansativo e consumiria o dia inteiro. Portanto só recomendo o passeio para quem está hospedado em Maragogi ou em algum local próximo.

Acompanhe e curta também o Wazari no Facebook

Leia também:

Salinas Maragogi
Salinas Maceió
Maceió: Praias do Gunga e Barra de São Miguel

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em Janeiro 15, 2015 em Brasil, Maragogi

 

Etiquetas: , , , ,

Passeio de Barco em Noronha

No segundo dia em Noronha, aproveitamos logo para fazer o passeio de barco pela ilha. Existem diversas empresas que organizam o passeio básico de meio dia e normalmente o seu hotel tem alguma indicação. Faça a reserva de véspera e a empresa já marca um horário para te buscar na porta do hotel. Para quem vai alugar bugre, a dica é deixar para alugá-lo depois do passeio, pois o transfer já está incluso no preço e você economiza uma diária de aluguel.

O passeio percorre toda a costa noroeste (mar de dentro) da ilha e dura umas 4 horas. O barco tem um tamanho razoável e não fica super lotado (pelo menos na baixa temporada…).

Porto de Noronha

Porto de Noronha e Barco

Passeio de Barco

Passeio de Barco

Vista do Morro do Pico

Vista do Morro do Pico


O passeio faz apenas uma parada de 30 minutos na Praia do Sancho, e o impacto da cor da água é impressionante! A água é tão clara que você consegue ver todos os peixes de cima do barco como se não existisse água.

Praia do Sancho

Praia do Sancho

Água da Praia do Sancho

Água da praia do sancho vista do barco


Se não bastasse a água, a praia em si com sua falésia é maravilhosa, justificando a fama de ser uma das mais bonitas do Brasil, senão a mais bonita. Depois eu conto um pouco mais sobre a praia.

Durante a parada, basta pegar sua máscara e snorkel e entrar nessa água quente e maravilhosa e curtir o visual. Para quem não sabe nadar tanto (para não dizer medo…hehehe), eles fornecem colete e macarrão para boiar mais fácil. A quantidade de peixes é impressionante e se der sorte ainda pode ver umas arraias e tartarugas.

Apesar da beleza da Praia do Sancho, o ponto alto do passeio é exatamente o encontro com os golfinhos. Segundo os guias, não é garantido vê-los sempre, mas as chances são de 99%, o que para mim já era suficiente.

Golfinhos

Golfinhos


Os golfinhos rotadores, única espécie em Noronha, possuem uma rotina diária bem interessante. Eles chegam na ilha bem cedo e ficam concentrados na Baía dos Golfinhos, onde descansam, se acasalam e criam seus filhotes. Tudo isso pode ser observado do mirante do golfinhos, já que a praia é proibida para banhos e os barcos são proibidos de se aproximar. Se quiser vê-los chegar na ilha, deve-se chegar bem cedo, pois normalmente isso acontece por volta das 06:15hs. Lá pelas 11hs eles partem de novo da ilha em direção a sua zona de alimentação e é exatamente nesse momento que os barcos conseguem observá-los.

No meu caso, como os golfinhos estavam demorando para sair de sua baía, fomos fazer o mergulho na praia do sancho e os guias ficaram de olho neles. Assim que começaram a partir, foi uma correria só para voltar para o barco, mas valeu a pena!

Os golfinhos chegam bem perto do barco e parecem até que se exibem para os turistas! Eles nadam muito rápido, mas quando o barco está perto eles andam praticamente no mesmo ritmo.

IMG_0582

IMG_0577

O único problema é que todos querem chegar perto para tirar foto e fica uma confusão só no barco. Quase perdi minha máquina quando uma senhora teve um ataque de alegria ao ver um dos golfinhos e esbarrou no meu braço com toda a força. Foram os 3 segundos mais longos em toda a minha história de viagens…a máquina quicando na minha mão e eu me debruçando para que ela não caíse no mar. Felizmente tive o reflexo necessário para não deixar a máquina cair e salvei a viagem, UFA!!!

No final do passeio até os passários vieram dar rasantes para comer na mão do guia….

IMG_0597

IMG_0602

Outro passeio interessante é o planasub, ou aquasub, que consiste em ficar aguarrado a uma prancha transparente puxada por um barco, enquanto você observa o fundo do mar. Esse passeio é muito legal, principalmente para quem não mergulha de cilindro, que é o meu caso, pois ele dura 1 hora e você consegue fazer observações mais longe da costa. Ele foi inventado em Noronha e pode ser combinado com a mesma empresa que faz o passeio de barco. Posso dizer que 1 hora é bastante tempo, mas existem empresas que fazem por mais tempo. O roteiro normalmente gira em torno do porto, onde tem um navio afundado para ser observado, mas pode ser combinado previamente com a empresa responsável.

Para mais informações, veja os sites:
Ilha de Noronha
Noronhatur
Planasub

Outros posts de Fernando de Noronha:
Fernando de Noronha – Parte 1
Praia do Sancho e Baía dos Porcos
Praia da Atalaia
Noronha além das praias

 
 

Etiquetas: , , , , ,