RSS

Assis

10 Dez

Depois de uma passadinha rápida por Roma, pegamos o carro e partimos para conhecer o interior. O nosso objetivo era chegar na região da Toscana, mas a nossa primeira parada foi em Assis, que na verdade fica na Úmbria. Há muito tempo que eu queria conhecer essa cidade, que apesar de seu viés religioso, tem muito mais a oferecer ao turista. É uma cidadezinha medieval murada linda no alto da montanha, que me surpreendeu muito pela sua beleza. Foi realmente uma agradável surpresa!


Foi em Assis que nasceu São Francisco de Assis em 1182, que foi uma das figuras mais importantes da igreja católica nos séculos XII e XII. Filho de um rico comerciante da região, abriu mão de todas as suas posses para viver uma vida adulta de completa pobreza e pregação itinerante pela Itália. Fundou a ordem dos franciscanos e sua figura foi tão importante para a renovação do catolicismo e fé cristã na época, que foi canonizado em menos de 2 anos após sua morte. Como não poderia deixar de ser, a principal atração da cidade é sem dúvida nenhuma a Basílica de São Francisco de Assis, que é motivo de peregrinação católica e onde se encontra o túmulo do santo. A Basílica é realmente linda e é composta na verdade por 2 igrejas, uma em cima da outra. Achei a igreja inferior mais bonita, com várias pinturas de Giotto. Infelizmente não é permitido fotografar por dentro! Assim como no Vaticano, também é proibida a entrada de pessoas com short ou camisetas, portanto lembre de usar uma calça, ou pelo menos uma bermuda que vá até o joelho, senão você será impiedosamente barrado!


A visita a basílica realmente vale muito a pena, mas engana-se quem pensa que Assis só tem isso para ver. Apesar de sua importância religiosa, o que mais gostei foi passear pelas belas ruazinhas medievais da cidade. É um verdadeiro labirinto e as ruas são bem pequenas, com espaço para apenas 1 carro, quando muito! As construções estão muito bem preservadas e a arquitetura é bem bonita, tornando o passeio muito agradável. Você se sente realmente vontando ao passado! A única parte chata são as ladeiras, já que a cidade fica no alto da montanha e é toda desnivelada, mas não desanime, pois você será recompensado a cada esquina!


O barato é realmente se perder pelas ruas, desde que você tenha fôlego para encarar as ladeiras. Existem várias lojas bacanas pelo caminho vendendo artigos originais e bonitos e é um bom local para se comprar aquela lembrancinha da sua viagem, ou artigos religiosos.

Um dos locais mais bonitos é a Piazza Del Comune, que é o centro comercial e político da cidade. Nesse local estão as construções mais bonitas, como a Prefeitura e o Templo de Minerva. É um local bem agradável também para se ver a noite, já que a iluminação dá um toque especial.




Aliás, eu recomendo dormir uma noite na cidade, apesar da vida noturna não ser muito agitada. A cidade fica bem bonita e tranquila durante a noite, sendo um ótimo momento para dar uma volta.

Como não tínhamos indicação de hotel, pesquisamos os comentários e preços na internet e acabamos optando pelo excelente e charmoso Hotel Lieto Soggiorno, que foi o mais barato da nossa viagem. Os hotéis em Assis são bem em conta, o que uma outra grande vantagem de se dormir na cidade. A localização desse hotel é excelente, pois é vizinho a piazza del comune e dá para ir andando até todas as atrações. Ele é administrado por um simpático casal de velhinhos, que fazem de tudo para te agradar. Os quartos são excelentes e o café da manhã é bom, mas nada de excepcional. Tínhamos reservado um quarto quádruplo, mas quando chegamos descobrimos que eram na verdade 2 quartos de casal interligados na cobertura e com um banheiro conjugado, que foi melhor do que esperávamos. O único porém é que não tem elevador, portanto você tem que subir com suas malas pela escada e não tem carregador.




Como as ruas são pequenas, o hotel tem um convênio com um dos estacionamentos pagos ao redor da cidade e você só paga €10 pelo período de 24 horas, mas se prepare para andar um pouco, pois a distância é razoável. O ideal é você parar o carro em frente ao hotel para descarregar as malas e depois estacionar. Só se prepare para encontrá-lo, pois o GPS se perde totalmente dentro da cidade murada.

No quesito comida, eu tenho na verdade uma contra-indicação. Fomos no restaurante Taverna dei Consoli bem na piazza del comune e odiamos. A comida é cara e sem gosto e o atendimento é péssimo. Foi o único ponto negativo dessa nossa passagem por Assis.

Em compensação, existem lojas de doces bem gostosas espalhadas pela cidade e sugiro experimentar uns, pois são muito bons! Escolhemos uma na Via Portica, bem no centrão turístico, e não nos arrependemos. Os doces são bem diferentes e tem tanta variedade, que o difícil é escolher o que experimentar primeiro. Sugiro experimentar uns rolinhos recehados com chocolate (não me lembro o nome), que são bem gostosos!



Resumindo, Assis foi uma cidade que adoramos e pretendemos voltar. Pena que não passamos mais tempo por lá!

Leia também:

Chegando a Roma
Um dia em Roma
Roma: onde comer

 
10 Comentários

Publicado por em Dezembro 10, 2010 em Assis, Itália

 

Etiquetas: , ,

10 responses to “Assis

  1. Rita Meireles

    Dezembro 11, 2010 at 11:40 am

    Olá,
    Gostei muito do post, mas posso abrir um parênteses?
    Assis não tem seu nome em homenagem ao santo, mas sim o inverso, São Francisco é “de Assis” porque nasceu na cidade de Assis, assim como Santo Antonio é “de Pádua” porque viveu e morreu em Pádua (Padova) e Santa Rita é “de Cássia” porque nasceu em Cássia (Cascia), que também fica na região de Úmbria, e assim vai.
    Grande abraço!

     
    • Alessandro A.

      Dezembro 11, 2010 at 12:29 pm

      Obrigado Rita! Vou corrigir.

       
  2. João.

    Março 9, 2011 at 5:15 pm

    Buenas, Alessandro.
    Não sei quando voltas das férias, mas deixo uma pergunta.
    Li teus posts sobre Arezzo, Cortona e Assis e já imagino a resposta: a partir de Florença, em 1 dia, visitar Arezzo/Cortona ou Assis?
    Grato, abs.

     
    • Alessandro A.

      Março 16, 2011 at 11:17 am

      Oi João,

      Assis!!! Nós amamos essa cidade e achei bem superior a Arezzo e Cortona. Além disso, visitando apenas 1 cidade ficará menos corrido.

      Abraços!

       
  3. João.

    Março 19, 2011 at 7:43 pm

    Alessandro,
    muito provavelmente iremos a Assis, seguindo tua recomendação, mas a decisão final será tomada qdo estivermos em Florença mesmo!
    Grato de novo, abs.

     
  4. João.

    Maio 1, 2011 at 9:52 pm

    Alessandro,
    acabamos optando pela ida a Arezzo e Cortona e, não fosse pelo centro histórico da última, que é muito interessante, teríamos nos arrependido 100%. Penso que teríamos aproveitado mais uma ida à Assis!
    Quando em Roma nos sobrou um dia não me ocorreu de fazer o bate-volta a partir de lá, de modo que Assis ficou para uma próxima.
    Acho que foi a “furada” da viagem!
    Abs.

     
    • Alessandro A.

      Maio 1, 2011 at 10:25 pm

      Também achei Assis bem superior a Cortona e Arezzo e se tivesse que optar, Assim seria a minha primeira opção.

      Abraços!

       
  5. Fabiola

    Fevereiro 15, 2014 at 3:59 pm

    Olá Alessandro! Saindo de Florença, de trem, é possível conhecer Siena e Assis no mesmo dia? Ou essas cidades merecem um tempo maior de visita? Obrigada!

     
    • Alessandro A.

      Fevereiro 17, 2014 at 7:25 pm

      Oi Fabiola,

      Não indico, pois além de Assis ser mais longe, as duas cidades merecem realmente pelo menos 1 dia inteiro.

      Abraços!

       

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: