RSS

Fernando de Noronha – Parte 1

22 Maio

Em novembro de 2007 tive o privilégio de conhecer Fernando de Noronha, essa ilha paradisíaca do litoral brasileiro. Em virtude de tudo que já tinha ouvido sobre Noronha, as minhas expectivas eram altas e posso dizer que foram completamente atendidas. Passamos 4 dias maravilhosos!!!

mapa-ilha

Para chegar na ilha, você pode pegar um voo da Varig de Recife ou da Trip de Recife ou Natal. Eu utilizei as minhas milhas smiles e fiz conexão em Recife. Para quem tem medo de avião pequeno, o voo da Varig é feito em um boeing grande e leva em torno de 1 hora de Recife, ou seja, não tem desculpa!

IMG_0513

As paisagens do avião na chegada a ilha não poderiam ser mais convidativas

IMG_0763

Para ficar em Noronha, você tem que pagar uma taxa por pessoa para cada dia na ilha, sendo que a mesma vai subindo exponencialmente quanto maior for o tempo. Eu paguei a taxa pela internet no site do governo de pernambuco e sugiro que todos façam o mesmo, pois evita a fila de pagamento no aeroporto e poupa tempo na sua chegada. Para maiores detalhes práticos sobre Noronha, consulte esse post da Carol Wieser, que fala tudo que você precisa saber.

Eu fiquei hospedado na Pousada do Monsier Rocha, que como a maioria das pousadas em Noronha, é familiar e sem grandes luxos. Eu gostei muito e recomendo, pois ela tem tudo que você precisa e é muito bem cuidada e limpa. Os quartos tem ar condicionado e são bastante espaçosos, a pousada tem poço para o caso de faltar água na ilha e o café da manhã é básico, mas atende. Ela fica bem próxima a Vila dos Remédios.

IMG_0532

Quarto da pousada


O seu Rocha, dono da pousada, é super cuidadoso e está sempre por perto, faz os translados para o aeroporto e ainda aluga uns bugres novinhos.

Aliás, uma dica para deslocamento é justamente alugar um bugre, que custava em torno de R$110 a diária na época. As praias são longe uma das outras e apesar da estrada de asfalto que atravessa a ilha (a BR-363, a menor do país – 7 Km), os acessos as praias são feitos por estradas de terra extramamente esburacadas e com muita pedra, ou seja, somente passa bugre. Existem ônibus públicos que percorrem a BR, mas eles não saem do asfalto, portanto você tem que caminhar um bom pedaço até as praias se tiver sem bugre.

Bugue do seu Rocha

Bugue do seu Rocha


Outra opção para quem está sem tempo é fazer o passeio ilha tour, que pode ser combinado com qualquer bugueiro da região. Esse passeio dura o dia inteiro e o guia de te leva para conhecer as principais praias da ilha, só que é tudo muito rápido e você tem pouco tempo para curtir, potanto só recomendo para quem só vai passar 1 dia na ilha, ou quer conhecer um pouco de tudo no primeiro dia para voltar com calma nas praias que mais gostou nos dias restantes.

Aliás, se o seu roteiro só prevê 1 dia inteiro na ilha (muitos pacotes de operadora são assim), arranje mais tempo ou não vá, pois você vai pagar caro e não vai aproveitar. Sugiro pelo menos 3 a 4 dias inteiros para poder aproveitar.

A Vila dos Remédios é bem pequena e só existe um banco Real na ilha, portanto leve um pouco de dinheiro, pois alguns restaurantes e passeios não aceitam cartão de crédito.

Banco Real

Banco Real


Como chegamos no final da tarde, só deu tempo para dar uma volta pela vila e depois curtir o lindo pôr-do-sol na barraca da praia da conceição, que fica de frente para o morro do pico. A paisagem com o sol se pondo na água ao lado do morro é imperdível!!! Até hoje foi o pôr-do-sol mais bonito que já vi! O que poderia ser melhor do que essa recepção?

IMG_0744

Copia IMG_0529

Copia IMG_0531

Nos próximos posts eu conto um pouco mais sobre as praias e passeios de Noronha.

Outros posts de Fernando de Noronha:
Passeio de Barco em Noronha
Praia do Sancho e Baía dos Porcos
Praia da Atalaia
Noronha além das praias

Anúncios
 
4 Comentários

Publicado por em Maio 22, 2009 em Brasil, Fernando de Noronha

 

Etiquetas: , , , ,

4 responses to “Fernando de Noronha – Parte 1

  1. sandra pinheiro

    Junho 2, 2010 at 9:55 pm

    favor mandar preço aluguel de bugre chegada 16,hs 10/06 aeroporto saida 13/06 16,hs aeroporto 3 diarias

     
    • Alessandro A.

      Junho 6, 2010 at 9:21 pm

      Sandra, eu não sei te dar essa informação. Entre em contato com a sua agência ou pousada que eles tem condição de te responder melhor.

       
  2. Guilherme Marconi

    Outubro 10, 2011 at 11:55 pm

    Alessandro, vou à Noronha em Novembro, e ficarei oito dias na Ilha. Minha dúvida é quais os passeios que vale a pena contratar os guias locais, e quais eles são dispensáveis. Eu tenho total disposição para pegar trilha por conta própria e sair desbravando tudo. Só que tenho receio de perder alguns detalhes da ilha por não contratar algum guia. Você tem noção disto? Muito obrigado!

     
    • Alessandro A.

      Outubro 11, 2011 at 5:46 pm

      Oi Guilherme,

      O único passeio que eu recomendo um guia são as trilhas mais complicadas, como a que liga o centro até a praia do Atalaia. Acho até que só é possível acessá-la com um guia, mas não tenho certeza. Os outros passeios, como praias e trilhas mais tranquilas, podem ser feitos sem guia mesmo. Não acho que compense fazer um lha tour, pois é muito mais gostoso fazer por conta própria alugando um bugre. Além disso, você faz com muito mais calma e aproveita muito melhor.

      Abraços!

       

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: