RSS

Salamanca

08 Fev

O nosso último destino da viagem foi a cidade de Salamanca. Assim como Segóvia, os trens partem da estação Chamartin em Madri, só que nesse caso levam 2h45 até o destino final. Os bilhetes custam €19,90 (cada trecho) e podem ser adquiridos no site da Renfe ou na própria estação, lembrando sempre daquela recomendação de chegar cedo ou comprar de véspera para não correr o risco de perder a viagem. Para Salamanca não existem trens com preços diferentes, como acontece com Segóvia, portanto é só escolher o melhor horário e partir. Os trens também são rápidos e modernos, só que infelizmente a cidade é longe mesmo! Em virtude do longo tempo de viagem, o bate-volta acaba sendo cansativo.


No caminho até Salamanca o trem também passa por Ávila, que é uma cidade murada bem interessante, mas que infelizmente não tivemos tempo para visitar dessa vez. Do trem é possível ver o muro ao longe e ter um gostinho.


Chegando à Salamanca, o trem para em 2 estações, portanto isso gera uma certa confusão! Eu não sabia disso e na hora ficamos em dúvida em qual saltar. Consultando o fiscal do trem, ele nos indicou saltar na estação Salamanca Alamedilla, que é mais próxima do centro, e foi o que fizemos. Apesar de ser realmente mais próxima, ela é meio secundária e você acaba saindo em um local escondido na Av. Parque de la Alamedilla. Demorei um pouco para entender como chegar ao centro, pois lá não passa táxi e não tem nenhuma placa, mas depois de perguntar para alguns pedestres, conseguimos nos entender e vimos que era bem fácil. Dá para ir andando até o centro sem problemas. Na volta, fomos até a estação central mesmo, que é bem mais estruturada e muito bonita, tendo inclusive uma praça de alimentação bem grande e com várias lojas. Na estação tem também uma filial da Cervecería 100 Montaditos, que eu mencionei nos posts de Madri e tem sanduíches bem gostosos. Ótima opção para matar a fome depois de um dia inteiro de passeio, ou comprar um lanche para comer no trem.


Salamanca é uma cidade universitária bem vibrante e você já sente isso logo na chegada. Ela é bem maior do que Segóvia, com muito mais comércio e vida. O público na rua também é bastante jovem e achei a cidade bem agradável para se passear. Da estação de trem seguimos pela Calle del Toro, que é uma rua comercial bem movimentada, até a famosa Plaza Mayor. A praça é um dos cartões postais e lembra muito a sua homônima em Madri. Muito bonita e um ótimo local para se sentar e apreciar!


Da praça até as outras atrações, não deixe de passear um pouco pelas ruelas e apreciar a arquitetura da cidade. Uma das mais famosas é Calle de Rua Mayor, mas não achei a mais bonita.


Outra grande atração da cidade é a Universidade de Salamanca, que tem prédios bastante suntuosos e bonitos. Alguns prédios estão espalhados, como o da Biblioteca Universitária o de Filosofia, que fica bem em frente a Catedral.


Visitamos também a Casa de las Conchas com seu belo pátio interno bem em frente à Universidade. Identificá-la é bem fácil, pois a fachada é toda repleta de conchas.


Seguindo mais adiante você se depara com a imensa Catedral de Salamanca, que teve sua construção iniciada em 1513 nos estilos barroco e gótico. Na fachada existem várias figuras esculpidas, sendo que uma delas é de um astronauta, que ficou famoso e é procurado por todos que passam por ali. Você deve estar pensando: “o que um astronauta está fazendo na fachada de uma catedral histórica?”. A explicação é bem simples. Durante uma reforma recente na catedral, realizada em 1993, os restauradores resolveram seguir uma tradição e adicionar uma figura contemporânea a fachada, daí o astronauta! No entanto, ele é tão pequeno que você nem percebe se não souber.


O interior da catedral é imenso e muito bonito também. A visita definitivamente vale a pena!


Para terminar o passeio, fomos visitar o Convento de San Esteban, que fica em uma região mais baixa da cidade. O convento realmente nos surpreendeu com sua beleza.


Se não bastasse a fachada bem trabalhada, seu interior também impressiona. O pátio interno é charmoso e a igreja é lindíssima.




Leia também:

Madri: Informações Práticas
Uma volta por Madri
Madri: Onde comer
Segóvia
Barcelona

Anúncios
 
18 Comentários

Publicado por em Fevereiro 8, 2011 em Espanha, Salamanca

 

Etiquetas: , ,

18 responses to “Salamanca

  1. Mari Campos

    Fevereiro 8, 2011 at 10:50 pm

    Que delícia ver Salamanca aqui!!! Mas, Ale, fazer Salamanca como bate-e-volta eu não recomendo, é mesmo muito puxado! Sem falar que não dá tempo de ver nem metade das coisas legais da cidade: as duas universidades são maravilhosas por dentro, tem dois museus super legais, el puente romano lindo, uma plaza de toros super legal, a casa de las conchas… isso sem falar dos parques e praças cheios de história (e algumas fábulas também :mrgreen: ). Da próxima vez, tomara que vcs fiquem pra dormir; até porque, à noite, Salamanca é outra cidade, com bares de tapas baratíssimos e maravilhosos em cada esquina 😉

     
    • Alessandro A.

      Fevereiro 8, 2011 at 10:56 pm

      Concordo com você Mari! Realmente fazer Salamanca em um bate-volta foi bem puxado e deveríamos ter dormido na cidade, mas não queríamos ficar trocando de hotel com malas. Acabamos priorizando algumas atrações e o restante fica para a próxima. Valeu pelas dicas!

      Abraços!

       
  2. Valéria V.

    Fevereiro 10, 2011 at 5:57 pm

    Oi Alessandro!
    Quanta beleza, é de cair o queixo, como dizemos aqui. Concordo com a Mari, que fica corrido, mas dá para aproveitar um pouco. Da próxima já vai sabendo, não é?

     
  3. Natalie

    Fevereiro 13, 2011 at 12:25 pm

    Eu prometi pra Mari que não vou deixar de visitar Salamanca quando voltar à Espanha. A cidade parece ser muito bonita e interessante. Sem contar os valores super acessíveis dos bares de tapas na região… 😉 😀

     
    • Alessandro A.

      Fevereiro 14, 2011 at 9:31 am

      Eu não tive a oportunidade de experimentar as tapas por lá, mas por ser uma cidade universitária, imagino que sejam em conta mesmo. Fica pra próxima!!! 😀

       
  4. paula

    Março 6, 2012 at 7:04 pm

    me ajude como compro passagem de salamanca para paris urgente, agradeço paula

     
    • Alessandro A.

      Março 6, 2012 at 9:34 pm

      Para essa distância normalmente eles não vendem uma passagem direta e você tem que quebrar em trechos. O melhor é ir de avião, pois o tempo vai ser muito grande.

       
  5. Luffi

    Outubro 28, 2012 at 1:56 am

    Óptimo post sobre Salamanca a cidade dos estudantes espanhola, as duas fotos estão muito boa e retratam bem o espirito da cidade que há noite é uma animação. No meio de tanta igreja e convento de estilos da época o que mais me surpreendeu na cidade foi uma casa em estilo art déco toda em vidro chegou a visitar? eu infelizmente esqueci do nome mas achei incrivel. Parabens pelo seu blog

     
    • Alessandro A.

      Outubro 28, 2012 at 11:42 am

      Oi Luffi,

      Infelizmente não visitei. Salamanca realmente é uma cidade muito bonita!

      Abraços!

       
  6. Elisama

    Novembro 16, 2012 at 12:29 pm

    Gente, acabei de ganhar uma bolsa p/ ir estudar nessa universidade belíssima aí…hehehe Mas, gostaria de saber como faço, quanto custa, ir a Paris e a Portugal (sei que fica bem pertinho). abraços. aguardo.

     
    • Alessandro A.

      Novembro 16, 2012 at 4:59 pm

      Oi Elisama,

      Para ir a Paris, eu recomendo um avião, pois é muito longe. Já para Portugal você pode alugar um carro ou pegar ônibus.

      Abraços!

       
  7. Ana Silvia Mota

    Novembro 2, 2013 at 11:30 pm

    Oi Alessandro,
    Estou planejando fazer um curso de espanhol (3 semanas) em Salamanca (maio/2014). Li o seu comentário no Turomaquia..e vim atrás de vc.. Lindas fotos….Eu já estava animada, e a cada vez que encontro comentários e fotos de quem já foi, fico mais decidida a ir.
    Um abraço.
    Ana

     
    • Alessandro A.

      Novembro 4, 2013 at 8:58 am

      Oi Ana Silvia,

      Obrigado pelo comentário e tenho certeza que você vai adorar a cidade. Boa sorte no seu curso!

      Abraços!

       
  8. Theresinha Neves

    Março 1, 2015 at 3:47 pm

    Ana Silvia Mota. Por onde você conseguiu arrumar o curso de espanhol em Salamanca? Gostaria de fazer esta mesma experiência sua.
    Abraços

     
  9. Lu

    Abril 19, 2015 at 2:10 pm

    Oi, Alessandro, aqui a Lu do VnV. Td bem contigo?
    Peguei uma promo relâmpago pela TAP p/Madrid. Como td q se decide rápido, pequei na qtidade de dias: 7 dias, sem contar chegada e saída. Queria fazer Andaluzia, mas, pelo roteiro do Riq, já vi q vai ficar apertado. Tem uns 30 anos q fui a Madrid, então queria ficar uns dias p/curtir a cidade. Tenho a possibilidade de mudar a volta já q a TAP tá de novo fazendo promo, mas são 210 US a mais e ñ sei se vale a pena.

    Queria saber qual foi o seu roteiro (e qtos dias em cada lugar).

    Já li q Salamanca é melhor dormir. Se tivesse q escolher entre Salamanca (2 dias) e Segovia (bate e volta), qual escolheria?

    Da Andaluzia, vc fez só Sevilha e Córdoba? Achei legal a ideia de fazer Córdoba como um bate e volta de Sevilha em vez de para no caminho de Madrid p/Sevilha (por menor q seja a bagagem, sempre atrapalha). Talvez seja uma opção fazer só essas 2 e usar o trem em vez de alugar carro. Qtas dias em Sevilha? 2 lá e 1 em Córdoba?

     
    • Alessandro Ayres

      Abril 20, 2015 at 8:48 am

      Oi Lu,

      Realmente com 7 dias fica bem apertado. Eu gastei isso só na Andaluzia e além de Sevilha e Córdoba, fiz também Ronda e Granada. Eu fiz bate-volta até Salamanca e não achei necessário dormir, mas é mais cansativo, pois são mais de 2 horas de trem. Infelizmente você terá que escolher, pois tem muita cidade interessante. Com tão pouco tempo eu optaria por Segóvia ou Toledo perto de Madri, sendo essa última a minha preferida. Se for para o sul, tem que ficar pelo menos 2 dias em Sevilha e 1 em Córdoba. Granada já é logisticamente mais complicada pelo fato de não ter trem rápido. Ronda só de carro.

      Espero não ter deixado mais confusa! 🙂

      Abraços!

       
      • Lu

        Abril 20, 2015 at 9:32 am

        Claro q n me deixou confusa. Pelo contrário, ajudou mto! È q pensei q vc tinha feito só Córdoba e Servilha. Mas ja vi q qdo for praquelas bandas melhor aproveitar p conhecer td.
        Acho q vou ficar c Salamanca em 2 dias, Avila e Segóvia como bate e volta(ja q ja fui a Toledo), e ainda me sobram 3 dias inteiros em Madrid.
        Andaluzia fica pra próxima!
        Valeu! Nos vemos em maio. Bjs

         

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: