RSS

Arquivo da Categoria: Cancun

Cancun – Ano Novo

Bem, Cancun no ano novo não é lá essas coisas não! Eu não tinha muito expectativa quanto a passagem do ano, pois estava viajando com uma criança pequena e o meu objetivo mais era aproveitar os dias de folga e a viagem. Mesmo assim eu esperava um pouco mais!

Como muitas cidades no exterior, não existe comemoração na rua e nada que lembre a famosa comemoração brasileira. Não tem fogos ou gritos e se você não souber que é noite de ano novo, não vai notar muita diferença. Aliás vai sim….vai perceber que é quase impossível conseguir jantar se não pagar para entrar em uma das muitas festas fechadas. O ano novo Cancun é basicamente restrito aos hotéis, restaurantes e bares, que fecham e realizam festas com ceia e música para aqueles que desejarem pagar mais de US$120 (esse foi o menor preço que encontrei).

Como eu estava no ritmo do meu pimpolho, partir para a missão de conseguir um lugar para somente jantar. Depois de quase desistir e achar que teria que passar fome na noite de ano novo, pois não havia mercado aberto e a cozinha do hotel já estava fechada, consegui finalmente descobrir que o Outback estava funcionando normalmente. Ufa!!! Não era exatamente a ceia de ano novo que eu esperava, pois desejava uma experiência diferente, mas a comida é boa e atendeu satisfatoriamente a minha fome.

O Outback fica localizado na Plaza Flamingo na Blvd. Kukulcán Km. 11,5 e lá você pode encontrar outras cadeias americanas, como o Bubba Gump e Pat´O´Brien´s, além da Margaritaville.

Imagino que as festas fechadas em alguns dos bares sejam boas, mas não tive como experimentar. A minha sugestão para quem passar a virada do ano seria em Playa del Carmen e não em Cancun. Estive lá na parte da tarde e a preparação dos bares e o clima jovial pareciam bem propícios para a festa. Não pude ficar por lá para confirmar as minhas impressões, mas com certeza seria a minha primeira opção. Os bares também cobram uma tarifa pela ceia e festa, mas as tarifas são bem mais acessíveis que Cancun.

Outros links da viagem a Cancun:
Cancun – Informações Úteis
Cancun – Xcaret
Playa Del Carmen
Cozumel
Cancun – Final

 
3 Comentários

Publicado por em Abril 22, 2009 em Cancun, México

 

Etiquetas: ,

Cancun – Xcaret

Depois do descanso na chegada, no segundo dia de viagem é que realmete partimos para conhecer os pontos turísticos. Alugamos um carro na Avis por um ótimo preço via internet e partimos para a estrada. O nosso destino foi o parque Xcaret (US$69 – adultos, US$34,50 – crianças), que é um parque estilo disney voltado para o ecoturismo. Sabíamos que o parque era grande e cansativo e por isso não queríamos deixá-lo para o final da viagem, quando estaríamos mais cansados.

img_2553

Uma dica para quem estiver com crianças. Eles informam que crianças não pagam se forem menores que 40 inches, mas não existe verificação na entrada. Se o seu filho estiver próximo dessa altura, não precisa se preocupar.

O parque fica logo depois de Playa del Carmen (cerca de 7 quilômetros ao sul) e a estrada é boa (toda em pista dupla) e bem tranquila. Essa estrada seria a nossa principal via nos próximos dias também, pois liga Cancun a todos os principais destinos, como Play del Carmem, Cozumel e Tulum.

O parque é grande e tem bastante atrações, como mergulho, rio subterrâneo, animais, shows e cultura Maia, mas sinceramente não gostei muito! É tudo meio artificial e caro! Nos pontos de mergulho a água não é tão boa e não existem quase peixes para se observar. Você ainda tem que pagar por um armário para guardar os seus pertences e também para alugar pé de pato e máscara.

img_25341

img_2547

O rio subterrâneo é realmente uma experiência diferente, mas deixa a desejar em termos de vida marinha. Eles fornecem o colete gratuitamente e os seus pertences são embalados em sacolas para serem devolvidos ao final do percurso. Recomendo fortemente o alguel de pé de pato, pois o percurso é grande.

Entrada do Rio subterrâneo

Entrada do Rio subterrâneo

As opções de alimentação são bem reduzidas, limitadas aos self-services caros (US$30) e de baixa qualidade ou a lojas de sanduíches.

O show a noite é bastante interessante e demonstra vários itens da cultura maia, mas é bastante repetitivo em alguns pontos.

img_2571

img_2569

img_2589

No geral, o parque é interessante, mas não compensa o custo-benefício. Se você tiver pouco tempo de viagem, sugiro deixar Xcaret de lado, mas é apenas uma opinião pessoal.

Outros links da viagem a Cancun:
Cancun – Informações Úteis
Playa Del Carmen
Cozumel
Cancun – Ano Novo
Cancun – Final

 
14 Comentários

Publicado por em Abril 8, 2009 em Cancun, México

 

Etiquetas: ,

Cancun – Informações úteis

Chegamos em Cancun no início da tarde e o nosso transfer para o Hotel ocorreu conforme o combinado. No desembarque do aeroporto você é atacado por vários vendedores oferecendo os mais variados descontos em passeios e transportes, sendo que em troca você deve assistir uma palestra em determinado local e horário. Na verdade todos estão interessados em te conquistar para vender um pacote de timeshare e se você não tem tempo sobrando e não está interessado nesse tipo produto, passe o mais rápido possível por eles. 

Quando estávamos planejando essa viagem, ficamos em dúvida sobre o local de hospedagem: Cancun ou Playa del Carmem? Baseado nos relatos e experiências que ouvimos e lemos em diversos blogs, optamos pela infra de Cancun em virtude de estarmos viajando com uma crinaça pequena. Apesar da ótima experiência que tivemos no hotel Fiesta Americana Condesa, na próxima oportunidade pretendemos nos hospedar em Playa del Carmem, por ser um local mais autêntico e melhor centralizado. No posto sobre Playa del Carmem, vocês entenderão o que quero dizer.  

Bem, o primeiro impacto na chegada a Cancun é a cor da água! Que azul é esse???

img_2595-2

O hotel fica bem de frente para a praia, como a maioria, mas a faixa de areia não é muito grande.

img_25931

O hotel é bem grande e lembra muito os resorts do nordeste.

img_2607

Vista do nosso quarto, que ficava no térreo….

img_2775

Como estávamos muitos cansados da viagem, descansamos um pouco do hotel e depois fomos passear um pouco no La Isla Mall, um shopping bem agradável a céu aberto e voltado para o lado da lagoa. Escolhemos um restaurante lá mesmo e aproveitamos para experimentar um pouco da culinária mexicana. O restaurante não era dos melhores, mas serviu para o gasto.

Os ônibus é uma boa opção para os deslocamentos na Blvd. Kukulkán, avenida onde ficam todos os principais hotéis, restaurantes e shoppings de Cancun. Eles são baratos (10 pesos) e frequentes.

Um dica importante é procurar sempre trocar seus dólares por pesos na recepção do hotel ou em outro local onde a taxa de câmbio seja boa. Apesar de o dólar ser aceito na maioria dos locais, o a taxa de câmbio que eles utilizam é sempre desvantajosa e você acaba perdendo dinheiro.

Muito importante também caso você alugue um carro, os postos são de uma bandeira só (estatal mexicana) e não aceitam dólares ou cartão de crédito, portanto sempre tenha pesos em mãos para não ficar sem gasolina no meio da estrada.  Apesar disso, a gasolina é muito mais barata do que o Brasil e você pode rodar bastante sem gastar muito.

Optamos por alugar um carro para fazermos nossos próprios horários (importante quando se está com criança) e roteiros, além de ficar livres das chateações de excursões em grupo. Essa opção acabou se provando a melhor, além de mais barata, pois o preço dos passeios era muito caro e a patir de 3 pessoas o preço do carro compensa, mesmo com todos os seguros inclusos.

No próximo post eu começo a falar sobre os passeios em si. Até lá.

Outros links da viagem a Cancun:
Cancun – Xcaret
Playa Del Carmen
Cozumel
Cancun – Ano Novo
Cancun – Final

 
60 Comentários

Publicado por em Março 25, 2009 em Cancun, México

 

Etiquetas: ,